Integração de práticas culturais e redução da dose do bentazon na cultura da soja: I - efeitos sobre o crescimento da cultura

Integration of cultural practices and reduction of dose of bentazon on soybean crop: I - Effects on the growth of crop

Fernando T. de Carvalho Júlio C. Durigan Sobre os autores

Resumos

O trabalho foi desenvolvido no município de Jaboticabal, SP, no ano agrícola de 1990/91, onde testou-se a integração de práticas culturais e menor dose de herbicida aplicado em pósemergência na cultura da soja, cultivar Paraná. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com dezesseis tratamentos e quatro repetições, no esquema fatorial 4x2x2, sendo quatro tipos de manejos de plantas daninhas: testemunha infestada, 50% da dose recomendada (360 g ia/ha) do herbicida bentazon, dose recomendada do herbicida bentazon (720 g ia/ha) e testemunha capinada; dois espaçamentos entre-linhas: 30 cm e 60 cm; e duas densidades: normal e reduzida (média de 20 e 10 plantas por metro, respectivamente). Observou-se que a quantidade de matéria seca das plantas daninhas por época da colheita da soja, foi significativamente maior nos tratamentos com espaçamento maior e densidade reduzida. O arranjo proporcionado pela densidade normal (média de 20 plantas /m) e menor espaçamento (30 cm) entre-linhas, proporcionou sombreamento mais precoce do solo e foi a melhor opção de controle cultural das plantas daninhas em todos os tratamentos testados. Não foi observado sintomas de intoxicação e nem efeitos negativos sobre a nodulação das plantas de soja, por parte do herbicida aplicado, em ambas as doses testadas.

Planta daninha; controle cultural; herbicida; Glycine max


This research was carried out during the growing season 1990/91, in Jaboticabal/SP. It tested the integration between crop practices and lower herbicide doses, sprayed in post-emergence for soybean crop, cultivar Parana. The experimental design was randomized blocks, with sixteen treatments and four replications, in four different weed management systems: infested control; controlled with 50% of the recommended ( 0,75 l pc /ha) bentazon dose; controlled with the recommended bentazon dose (1,5 l pc /ha) and a control kept clean; two spacings between rows: 30 cm and 60 cm; and two densities: normal and reduced (about 20 and 10 plants per meter, respectively). It was observed that the amount of dry matter of the weeds for time of the crop of the soy was significantly larger in the treatments with larger spacing and reduced density. The arrangement provided by the normal density (average of 20 plants /m) and smaller spacing (30 cm) among-lines provided more precocious shady of the soil and it was the best option of control of the weeds in all the tested treatments. It was not observed intoxication symptoms nor negative effects on the nodulation of the soy plants, on the part of the applied herbicide, in both tested doses.

Weed; cultural control; herbicide; Glycine max


Integração de práticas culturais e redução da dose do bentazon na cultura da soja. I - efeitos sobre o crescimento da cultura1 1 Parte da dissertação do primeiro autor apresentada à FCAVJ para obtenção do título de Mestre em Produção Vegetal.

Integration of cultural practices and reduction of dose of bentazon on soybean crop. I - Effects on the growth of crop

Fernando T. de CarvalhoI; Júlio C. DuriganII

IProfessor Mestre, FEIS/UNESP. Av. Brasil, 56, C.P. 31, Ilha Solteira/SP, CEP: 15385-000

IIProfessor Livre Docente, FCAV/UNESP. Rod. Carlos Tonanni km 5, Jaboticabal/SP, CEP: 14870-000

RESUMO

O trabalho foi desenvolvido no município de Jaboticabal, SP, no ano agrícola de 1990/91, onde testou-se a integração de práticas culturais e menor dose de herbicida aplicado em pósemergência na cultura da soja, cultivar Paraná. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com dezesseis tratamentos e quatro repetições, no esquema fatorial 4x2x2, sendo quatro tipos de manejos de plantas daninhas: testemunha infestada, 50% da dose recomendada (360 g ia/ha) do herbicida bentazon, dose recomendada do herbicida bentazon (720 g ia/ha) e testemunha capinada; dois espaçamentos entre-linhas: 30 cm e 60 cm; e duas densidades: normal e reduzida (média de 20 e 10 plantas por metro, respectivamente). Observou-se que a quantidade de matéria seca das plantas daninhas por época da colheita da soja, foi significativamente maior nos tratamentos com espaçamento maior e densidade reduzida. O arranjo proporcionado pela densidade normal (média de 20 plantas /m) e menor espaçamento (30 cm) entre-linhas, proporcionou sombreamento mais precoce do solo e foi a melhor opção de controle cultural das plantas daninhas em todos os tratamentos testados. Não foi observado sintomas de intoxicação e nem efeitos negativos sobre a nodulação das plantas de soja, por parte do herbicida aplicado, em ambas as doses testadas.

Palavras chave: Planta daninha, controle cultural, herbicida, Glycine max.

ABSTRACT

This research was carried out during the growing season 1990/91, in Jaboticabal/SP. It tested the integration between crop practices and lower herbicide doses, sprayed in post-emergence for soybean crop, cultivar Parana. The experimental design was randomized blocks, with sixteen treatments and four replications, in four different weed management systems: infested control; controlled with 50% of the recommended ( 0,75 l pc /ha) bentazon dose; controlled with the recommended bentazon dose (1,5 l pc /ha) and a control kept clean; two spacings between rows: 30 cm and 60 cm; and two densities: normal and reduced (about 20 and 10 plants per meter, respectively). It was observed that the amount of dry matter of the weeds for time of the crop of the soy was significantly larger in the treatments with larger spacing and reduced density. The arrangement provided by the normal density (average of 20 plants /m) and smaller spacing (30 cm) among-lines provided more precocious shady of the soil and it was the best option of control of the weeds in all the tested treatments. It was not observed intoxication symptoms nor negative effects on the nodulation of the soy plants, on the part of the applied herbicide, in both tested doses.

Key words: Weed, cultural control, herbicide, Glycine max..

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

LITERATURA CITADA

Recebido para publicação em 09/06/99 e na forma revisada em 15/12/98.

  • 1
    Parte da dissertação do primeiro autor apresentada à FCAVJ para obtenção do título de Mestre em Produção Vegetal.
    • BRAZ, B.A., DURIGAN, J.C. Efeitos da reduçăo do espaçamento e dosagens de herbicidas no controle de plantas daninhas, em duas épocas de semeadura da soja (Glycine max). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HERBICIDAS E PLANTAS DANINHAS, 19, 1993, Londrina. Resumos... Londrina: SBHED, 1993. p.97-99.
    • BRAZ, B.A., DURIGAN, J.C. Reduçăo de espaçamento e sub-dosagens de herbicidas aplicados em pós-emergęncia, para o controle de plantas daninhas, em soja (Glycine max). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HERBICIDAS E PLANTAS DANINHAS, 19, 1993, Londrina. Resumos... Londrina: SBHED, 1993. p.96-97.
    • CARVALHO, F.T., DURIGAN, J.C. Integraçăo de práticas culturais e reduçăo da dose do bentazon na cultura da soja. Planta Daninha, v.13, n.1, p.46-49, 1995.
    • CHEMALE, V.M., VARGAS, J.R.N., SCHMIDT, M.M. Efeito de tręs espaçamentos e duas épocas de capina, no controle de plantas daninhas, em tręs cultivares de soja. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HERBICIDAS E PLANTAS DANINHAS, 17, 1988, Piracicaba. Resumos... Piracicaba: SBHED, 1988. p.172.
    • DURIGAN, J.C. Matocompetiçăo e comportamento de baixas doses de herbicidas, na cultura da soja [Glycine max (L.) Merrill]. Piracicaba: USP-ESALQ, 1983. 163 p. Tese Doutorado.
    • GELMINI, G.A., DIEHL, S.R.L. Controle de plantas daninhas na cultura da soja Campinas: CATI, 1983. 23 p. (CATI. Boletim Técnico, 170).
    • LÉGERE, A., SCHREIBER, M.M. Competition and canopy architecture as affected by soybean (Glycine max) row width and density of redroot pigweed (Amaranthus retroflexus). Weed Sci., v.37, n.1, p. 84-92. 1989.
    • MAIA, A.C., REZENDE, A.M., LACABUENDIA, J.P. Efeito do espaçamento e populaçăo de plantas no controle de plantas daninhas na cultura da soja [Glycine max (L.) Merrill] em solo de cerrado. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISA DE SOJA, 2, 1981, Brasília. Anais... Londrina: EMBRAPA - CNPSO, 1981. p.331-338.
    • MARWAT, K.B., NAFZIGER, E.D. Cocklebur and velvetleaf interference with soybean grown at different densities and planting patterns. Agron. J., v.82, n.3, p.531-534, 1990.
    • PITELLI, R.A., DURIGAN, J.C. Terminologia para períodos de controle e de convivęncia das plantas daninhas em culturas anuais e bianuais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HERBICIDAS E PLANTAS DANINHAS, 15, 1984, Belo Horizonte. Resumos... Piracicaba: SBHED, 1984. p.37.
    • RASSINI, J.B. Integraçăo de práticas culturais e baixas dosagens de herbicidas em pósemergęncia, para o controle de plantas daninhas na cultura da soja [Glycine max (L.) Merrill]. Jaboticabal: UNESP-FCAV, 1988. 115 p. Tese Doutorado.
    • SHAW, D.R., BRUFF, S.A., SMITH, C.A. Effect of soybean (Glycine max) row spacing on chemical control of sicklepod (Cassia obtusifolia). Weed Technol., v. 5, n.2, p. 286- 290, 1991.
    • VELINI, E.D. Avaliaçăo dos efeitos de comunidades infestantes naturais, controladas por diferentes períodos, sobre o crescimento e produtividade da cultura da soja [Glycine max (L.) Merrill] Jaboticabal: UNESP-FCAV, 1989. 153 p. Dissertaçăo (Mestrado em Agronomia) - Faculdade de Cięncias Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, 1989.
    • WEBER, C.R., SHIBLES, R.M., BYTH, D.E. Effect of plant population and row spacing on soybean development and production. Agron. J., v.58, p.99-102, 1966.
    • XAVIER, F.E., PINTO, J.J.O. Reduçăo da dosagem de herbicida, em pós-emergęncia, em funçăo da utilizaçăo de menores espaçamentos de semeadura da soja. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HERBICIDAS E PLANTAS DANINHAS, 17, 1988, Piracicaba. Resumos... Piracicaba: SBHED, 1988. p.146-147.
    • WYSE, D.L., YOUNG, F.L., JONES, R.J. Influence of Jerusalen artichoke (Helianthus tuberosos) density and duration of interference on soybean (Glycine max) growth and yield. Weed Sci., v. 2, n. 34, p. 243 - 247, 1986.

    1 Parte da dissertação do primeiro autor apresentada à FCAVJ para obtenção do título de Mestre em Produção Vegetal.

    Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      27 Maio 2010
    • Data do Fascículo
      Ago 1999

    Histórico

    • Aceito
      15 Dez 1998
    • Recebido
      09 Jun 1999
    Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Departamento de Fitotecnia - DFT, Universidade Federal de Viçosa - UFV, 36570-000 - Viçosa-MG - Brasil, Tel./Fax::(+55 31) 3899-2611 - Viçosa - MG - Brazil
    E-mail: rpdaninha@gmail.com
    Accessibility / Report Error