Psiquiatria, saúde mental e biopoder: vida, controle e modulação no contemporâneo

Psychiatry, mental health and bio-power: life, control and modulation in contemporary society

Psiquiatría, salud mental y bio-poder: vida, control y modulación en el contemporáneo

Cristina Rauter Paulo de Tarso de Castro Peixoto Sobre os autores

O trabalho consiste em uma análise sobre os impasses que enfrentam atualmente as instituições de saúde mental no contexto da reforma psiquiátrica brasileira. Os dispositivos de saúde mental podem funcionar como uma nova expansão da psiquiatria no espaço extramuros, agindo com métodos mais sutis de controle e operando tanto a partir das instituições de saúde quanto da própria subjetividade dos usuários. São utilizadas referências do campo da filosofia na construção de uma clínica transdisciplinar capaz de incluir os aspectos políticos envolvidos no atendimento em saúde mental, superando os impasses que levam a práticas redutoras e estigmatizantes.

Subjetividade contemporânea; clínica transdisciplinar; reforma psiquiátrica


Universidade Estadual de Maringá Avenida Colombo, 5790, CEP: 87020-900, Maringá, PR - Brasil., Tel.: 55 (44) 3011-4502; 55 (44) 3224-9202 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: revpsi@uem.br