DELINEAMENTOS INTRASSUJEITOS NA AVALIAÇÃO DE PRÁTICAS PSICOEDUCACIONAIS BASEADAS EM EVIDÊNCIA

MODELOS INTRASUJETOS EN LA EVALUACIÓN DE PRÁCTICAS PSICOEDUCATIVAS BASADAS EN EVIDENCIA

Jackeline Joyce de Santana Santos Ana Carolina Sella Daniela Mendonça Ribeiro Sobre os autores

RESUMO

Em diversos países, a educação baseada em evidências (EBE) ocupa um papel central na tomada de decisões acerca dos processos e procedimentos educacionais. No Brasil, a EBE ainda não é muito difundida na educação, mas dado o aumento gradual de publicações e organizações relacionadas a esta temática e dada a sua importância no cenário educacional internacional, é esperado que esta prática passe a ser mais discutida no país, especialmente pelos profissionais que trabalham na interseção entre a psicologia e a educação. Tendo por base o processo de tomada de decisão da EBE, mais especificamente, a necessidade de avaliação sistemática das intervenções educacionais e, tendo como corpo teórico-conceitual a análise do comportamento, os objetivos deste artigo são (a) apresentar como as formas de avaliação diagnóstica e formativa propostas pela análise do comportamento se relacionam a formas tradicionais de implementar avaliações de práticas psicoeducacionais e (b) demonstrar a importância dos delineamentos intrassujeitos como forma de avaliação e monitoramento de intervenções psicoeducacionais na busca por decisões que levem à EBE a partir da literatura da área. As análises realizadas neste manuscrito permitem a conclusão de que delineamentos intrassujeitos podem ser utilizados como avaliações na prática educacional como produtores de evidência.

Palavras-chave:
Métodos experimentais; avaliação; psicopedagogia

Universidade Estadual de Maringá Avenida Colombo, 5790, CEP: 87020-900, Maringá, PR - Brasil., Tel.: 55 (44) 3011-4502; 55 (44) 3224-9202 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: revpsi@uem.br