Formação do pesquisador e sofrimento mental: um estudo de caso

The research formation and mental suffering: a case study

Neste trabalho foram investigadas as relações entre formação de pesquisadores e sofrimento psíquico. Trabalhamos com relatos de um grupo de 21 pós-graduandos inscritos num programa de excelência, na área biomédica, numa universidade pública brasileira. Utilizamos metodologia qualitativa (método biográfico e observação participante). O material encontrado revelou que, neste grupo, o sofrimento psíquico faz parte do percurso acadêmico, aparece nomeado de diversas formas e em diferentes graus de intensidade. Na maior parte dos relatos o sofrimento foi relacionado a dificuldades institucionais (financiamento, por exemplo) na condução do projeto de pesquisa, na divulgação de trabalhos e no processo de "tornar-se pesquisador independente".

graduate studies; researchers; mental suffering


Universidade Estadual de Maringá Avenida Colombo, 5790, CEP: 87020-900, Maringá, PR - Brasil., Tel.: 55 (44) 3011-4502; 55 (44) 3224-9202 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: revpsi@uem.br