Deficiência intelectual e aquisição matemática: currículo como rede de relações condicionais

Mental retardation and acquisition of mathematics: curriculum as a conditional relation network

Deficiencia intelectual y adquisición matemática: currícula como red de relaciones condicionales

Rosana Aparecida Salvador Rossit Celso Goyos Sobre os autores

O presente estudo teve como objetivo analisar a aquisição de relações matemáticas e apresentar um currículo baseado no paradigma de equivalência de estímulos para ensinar deficientes intelectuais a manusear dinheiro. Participaram 11 pessoas com deficiência intelectual, com idade entre nove a 32 anos, de ambos os gêneros, estudantes de escola de Educação Especial. Os estímulos utilizados foram palavras ditadas, numerais impressos, imagens de moedas e notas, componentes da adição, conjunto de moedas, notas e moedas juntas, preços impressos, moedas e notas verdadeiras. Quatro estudos foram conduzidos para o ensino de diferentes relações. O procedimento de ensino foi conduzido através do programa computacional Mestre®. Os resultados demonstraram a eficácia do currículo como rede de relações e dos procedimentos utilizados, constatada a aquisição de habilidades complexas num período de tempo reduzido. Uma ampla e complexa rede de relações matemáticas foi adquirida a partir do ensino direto de apenas algumas relações.

Matemática; Currículo; Deficiente mental


Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE), Rua Mirassol, 46 - Vila Mariana , CEP 04044-010 São Paulo - SP - Brasil , Fone/Fax (11) 96900-6678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista@abrapee.psc.br