Acesso e qualidade da atenção secundária e da assistência em estomatologia no Brasil

Access and quality of secondary care and stomatology assistance in Brazil

Rhuan Vitor Sodré Leal Danielle Tupinambá Emmi Marizeli Viana De Aragão Araújo Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

analisar a assistência especializada em saúde bucal nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) do Brasil, com ênfase em Estomatologia, tendo em vista o aumento de novos casos de câncer de boca no país.

Metodologia:

análise de dados secundários do 1º ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade dos CEO (PMAQ-CEO), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde (DAB-MS).

Resultados:

somente 13,98% dos municípios brasileiros são cobertos por CEO, sendo a Estomatologia uma das especialidades mais deficientes, presente em somente 65,55% dos CEO participantes do PMAQ-CEO. A realização da biópsia ocorre em 82,3% dos CEO, mas em 60% dos serviços resultado do exame ainda é demorado e o suprimento de recursos materiais é insuficiente.

Conclusão:

o retrato da Estomatologia no Brasil compromete o acesso ao diagnóstico, tratamento e contribui para afecções e morbidades bucais, como o câncer bucal.

Palavras-chave:
Avaliação de serviços de saúde; Atenção Secundária à Saúde; Saúde bucal; Câncer bucal

IMS-UERJ PHYSIS - Revista de Saúde Coletiva, Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro - UERJ, Rua São Francisco Xavier, 524 - sala 6013-E- Maracanã, 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ, Tel.: (21) 2334-0504 - ramal 268 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br