Reinserção social de portadores de sofrimento psíquico: o olhar de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial

Social rehabilitation of patients with psychological distress: the gaze of users of a Psychosocial Care Center

Fernanda Paranhos-Passos Suely Aires Sobre os autores

Com o objetivo de possibilitar o convívio social mais amplo dos portadores de sofrimento psíquico, a Reforma Psiquiátrica preconiza a ruptura do modelo de internação hospitalar e a consequente reinserção social desses sujeitos. Considerando que a reforma encontra-se em processo de construção, são necessárias pesquisas sobre a reinserção social visando contribuir para uma maior eficácia da rede de saúde mental. O presente artigo objetiva analisar a visão dos usuários de um serviço de saúde mental acerca da reinserção social dos portadores de sofrimento psíquico. O estudo contou com a participação de 20 usuários de um CAPS, que responderam a uma entrevista semiestruturada; os dados obtidos foram submetidos a uma análise discursiva. A análise aponta que o serviço é percebido como um local de acolhimento, seguro para os usuários; no entanto, os portadores de sofrimento psíquico ainda são vistos com preconceito por frequentarem um local de assistência psicológica. Além disso, os usuários do serviço não estão inseridos no mercado de trabalho. A partir do exposto, considera-se que o serviço ainda não proporciona plenamente a reinserção social dos usuários. Fica clara a positiva mudança nos modos de tratamento da saúde mental, sendo o CAPS sinônimo de liberdade em seus diversos sentidos. Contudo, a reinserção ainda não atingiu outros espaços que não o próprio CAPS.

Reinserção Social; Centro de Atenção Psicossocial; Reforma Psiquiátrica; Saúde Mental


IMS-UERJ PHYSIS - Revista de Saúde Coletiva, Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro - UERJ, Rua São Francisco Xavier, 524 - sala 6013-E- Maracanã, 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ, Tel.: (21) 2334-0504 - ramal 268 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br