Grupos focais: conceitos, procedimentos e reflexões baseadas em experiências com o uso da técnica em pesquisas de saúde

Focal groups: concepts, procedures and reflections based on practical experiences of research works in the health area

Nas duas últimas décadas, constata-se um incremento significativo da utilização de grupos focais como instrumento de coleta de dados em pesquisas no campo da Saúde Coletiva no Brasil. Seja ocupando a função de técnica principal, ou como estratégia complementar de tipo qualitativa, sua adoção atende invariavelmente ao objetivo de apreender percepções, opiniões e sentimentos frente a um tema determinado num ambiente de interação. A regularidade quanto à finalidade no emprego do grupo focal contrasta com a variação observada no tocante aos requisitos e procedimentos práticos referidos. Este artigo apresenta conceitos, finalidades e procedimentos relativos à técnica de grupos focais e problematiza sua operacionalização prática na pesquisa, particularmente no campo da saúde. Com base neste objetivo, o trabalho integra uma revisão da literatura sobre grupo focal com uma reflexão derivada de experiências de utilização da técnica em estudos de avaliação em saúde, conduzidos ou orientados pela autora.

grupos focais; conceitos; procedimentos metodológicos; potencialidades; avaliação qualitativa


IMS-UERJ PHYSIS - Revista de Saúde Coletiva, Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro - UERJ, Rua São Francisco Xavier, 524 - sala 6013-E- Maracanã, 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ, Tel.: (21) 2334-0504 - ramal 268 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br