Artes e humanidades na formação de pessoal de saúde e na atenção integral em um hospital universitário

Ana María Medina Ch. María Buitrago Liliana Ramirez Jennifer Clavijo Sobre os autores

Resumo

O objetivo deste artigo é identificar e descrever as múltiplas formas de aplicação das artes e humanidades em contextos hospitalares e de formação profissional nas Faculdades de Medicina e Enfermagem e em um Hospital Universitário da cidade de Bogotá-Colômbia no período de 2008 -2018. A caracterização foi feita a partir de métodos qualitativos, interpretativos, com aplicação de entrevistas semiestruturadas aos atores identificados por bola de neve e autorrelato. A observação participante também foi feita em alguns locais e práticas. Foram investigados os significados e usos das artes e humanidades em relação à saúde e à educação em saúde. Os diversos atores atribuem significados a essas práticas, relacionando-as a uma maior receptividade no processo ensino-aprendizagem, a possibilidade de gerar um sentido de transcendência sobre o que é feito, respondendo a questões existenciais, proporcionando bem-estar às pessoas em condições de hospitalização e em menor. medida para gerar bem-estar próprio ou dos profissionais de saúde. Seu lugar nos contextos explorados ainda é percebido como subalterno, e eles são sustentados principalmente por iniciativas individuais e voluntariado. Deve-se insistir em sua legitimidade para avançar em seu sentido social e emancipatório.

Palavras-chave:
Humanidades; artes; saúde; educação; medicina; voluntários

PHYSIS - Revista de Saúde Coletiva Instituto de Medicina Social Hesio Cordeiro - UERJ, Rua São Francisco Xavier, 524 - sala 6013-E- Maracanã. 20550-013 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel.: (21) 2334-0504 - ramal 268, Web: https://www.ims.uerj.br/publicacoes/physis/ - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: publicacoes@ims.uerj.br
Accessibility / Report Error