Accessibility / Report Error

Tchaikovsky, leitor de Dante: lugar da angústia e imaginação narrativa em Francesca da Rimini op.32 (1876)

Tchaikovsky, reader of Dante: a place of anguish and imaginative narrative in Francesca da Rimini op.32 (1876)

Este texto tem como objetivo discutir a estrutura do poema sinfônico Francesca da Rimini op. 32, composto por Piotr IlyichTchaikovsky (1840-1893) em 1876, inspirado no Canto V do Inferno (1307) da Divina Comédia de Dante Alighieri (1265-1321). Interessa-nos observar como Tchaikovsky parte do texto poético de Dante - usando-o como fonte - e desenvolve uma narrativa musical que abre ao ouvinte outros planos do sensível. Em Francesca, Tchaikovsky não se limita ao relato, mas cria, a partir dele, o seu próprio. Procuramos encontrar a operação-chave da estrutura compositiva da obra que parece ser a mímesis: se Dante descreve o que "vê" no real de sua ficção, Tchaikovsky descreve o que sente no "real" do espaço-tempo musical.

Tchaikovsky; Romantismo na música; música e literatura; representação e mímesis


Escola de Música da UFMG Escola de Música da UFMG. Av. Pres. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha. Cep: 31270-010 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: permusiufmg@gmail.com