Temperamento, prematuridade e comportamento interativo mãe-criança

Temperament, prematurity and mother-child interactive behavior

Rafaela Guilherme Monte Cassiano Maria Beatriz Martins Linhares Sobre os autores

Este estudo teve por objetivo elaborar e testar um modelo combinado de avaliação do temperamento de crianças, diferenciadas pela idade gestacional, e do comportamento em interação com suas mães. A amostra incluiu 10 crianças, sendo cinco nascidas a termo e cinco nascidas pré-termo, com idade entre 18 a 36 meses, e suas respectivas mães. A coleta de dados foi realizada em seus domicílios, onde foi aplicado com a mãe o The Early Childhood Behavior Questionnaire para avaliação do temperamento das crianças e realizada uma observação sistemática das interações mãe-criança em situação lúdica-livre. A análise de dados da interação focalizou o tipo de inicio dos episódios de contato, dinâmica das atividades, responsividade, sincronia, intrusividade, raiva ou frustração e oposicionismo. Os resultados mostraram que o temperamento das crianças nascidas a termo e pré-termo diferenciou-se quanto à expressão do Controle com Esforço e Extroversão. Os intercâmbios iniciados pela mãe foram os mais frequentes nas interações de ambos os grupos. Houve maior intrusividade materna e raiva e oposicionismo das crianças nascidas prematuras em comparação às nascidas a termo. O modelo de avaliação foi válido para identificar os padrões de comportamento das crianças com desenvolvimento típico e com prematuridade em interação com suas mães.

Temperamento; interação mãe criança; nascimento prematuro


Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Rua Ramiro Barcelos, 2600 - sala 110, 90035-003 Porto Alegre RS - Brazil, Tel.: +55 51 3308-5691 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: prc@springeropen.com