De columbine à virgínia tech: reflexões com base empírica sobre um fenômeno em expansão

From columbine to virgínia tech: empirical based reflections about an expanding phenomenon

Timoteo Madaleno Vieira Francisco Dyonísio Cardoso Mendes Leonardo Conceição Guimarães Sobre os autores

O fenômeno conhecido como school shooting vem chamando a atenção do mundo, principalmente após a tragédia na Columbine High School, na cidade de Littleton, Colorado, nos Estados Unidos, em 1999. Posteriormente, em abril de 2007, o estudante Cho Seung-Hui protagonizou um massacre de proporções ainda maiores ao atirar contra estudantes do Virginia Polytechnic Institute and State University, matando 32 pessoas e se suicidando ao final. O presente artigo reflete sobre o fenômeno chamando a atenção para a sua expansão pelo mundo e traz uma reflexão, baseada em dados empíricos, sobre o desenvolvimento dos protagonistas dos massacres em seus contextos sociais, incluindo o ambiente familiar, a mídia e interações entre colegas nas escolas e universidades.

Ambientes sociais; Violência escolar; Bullying; Desenvolvimento psicossocial; Tiroteios nas escolas


Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Rua Ramiro Barcelos, 2600 - sala 110, 90035-003 Porto Alegre RS - Brazil, Tel.: +55 51 3308-5691 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: prc@springeropen.com