Inteligência empresarial: um novo modelo de gestão para a nova economia

Marcos Cavalcanti Elisabeth Gomes Sobre os autores

Resumos

Neste artigo, apresentamos a idéia de que os modelos econômicos, baseados nos três fatores tradicionais de produção devem ser revistos no sentido de incorporar o Conhecimento como fator essencial da produção econômica. A partir deste re Conhecimento, propomos um novo modelo para a gestão de negócios na Sociedade do Conhecimento: a Inteligência Empresarial, e apresentamos um modelo para a gestão dos capitais do Conhecimento. Apresentamos e discutimos, ainda, algumas idéias de como o Brasil deve se posicionar nessa nova economia.

inteligência empresarial; gestão do conhecimento; inovação e empreendedorismo


In the present article we introduce the idea that the economical models, based upon the three traditional production factors, should be revised regarding the incorporation of the Knowledge as an essential instrument of the economical production itself. Through the necessary recognition of this point-of-view, we propose a new concept for the business administration in the Knowledge Society: the Enterprise Intelligence, and we introduce, as well, a model for the management of the Knowledge capital. We also suggest and would like to discuss a few ideas of how developing countries like Brazil should position itself on this new Economics.

enterprising intelligence; knowledge management; business innovation and enterpreneurship


Inteligência empresarial: um novo modelo de gestão para a nova economia

Marcos CavalcantiI; Elisabeth GomesII

ICOPPE/UFRJ. Professor Adjunto da COPPE/UFRJ. Doutor em Informática pela Université de Paris XI. CRIE - Centro de Referência em Inteligência Empresarial. Area de Inovação Tecnológica e Organização Industrial. Programa de Engenharia de Produção, marcos@crie.coppe.ufrj.br

IICNEN/DPD. Assessora da Diretoria de P&D. MSc em Engenharia Nuclear pela COPPE/UFRJ. Doutoranda em Engenharia de Produção na COPPE/UFRJ-ITOI. Comissão Nacional de Energia Nuclear. Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento, betgomes@cnen.gov.br

RESUMO

Neste artigo, apresentamos a idéia de que os modelos econômicos, baseados nos três fatores tradicionais de produção devem ser revistos no sentido de incorporar o Conhecimento como fator essencial da produção econômica. A partir deste re Conhecimento, propomos um novo modelo para a gestão de negócios na Sociedade do Conhecimento: a Inteligência Empresarial, e apresentamos um modelo para a gestão dos capitais do Conhecimento. Apresentamos e discutimos, ainda, algumas idéias de como o Brasil deve se posicionar nessa nova economia.

Palavras-chave: inteligência empresarial, gestão do conhecimento, inovação e empreendedorismo

ABSTRACT

In the present article we introduce the idea that the economical models, based upon the three traditional production factors, should be revised regarding the incorporation of the Knowledge as an essential instrument of the economical production itself. Through the necessary recognition of this point-of-view, we propose a new concept for the business administration in the Knowledge Society: the Enterprise Intelligence, and we introduce, as well, a model for the management of the Knowledge capital. We also suggest and would like to discuss a few ideas of how developing countries like Brazil should position itself on this new Economics.

Keywords: enterprising intelligence, knowledge management, business innovation and enterpreneurship

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

6. Referencias Bibliográficas

  • DAVENPORT, Thomas H., ECCLES, Robert G. and PRUSAK, Laurence. Information Politics Sloan Management Review 34, no. 2, 1992.
  • DRUCKER, P. Post-capitalist Society, Butterworth-Heinemann. ISBN 0-7506-2025-0, 1993.
  • HAMEL, Gary and. PRAHALAD, C. K. Competing for the Future Boston, MA: Harvard Business School Press, 1994.
  • MINTZBERG, Henry, RAISINGHANI, Duru and THEORET, Andre. The Structure of "Unstructured" Decision Processes, USA, Press Books, 1976.
  • NONAKA, Ikujiro and TAKEUCHI, Hirotaka. Criação de Conhecimento na Empresa: Como as empresas Japonesas geram a dinâmica da Inovação, Rio de Janeiro, Campus, 1997.
  • POLANYI, Michael. The Tacit Dimension London, UK: Routledge & Kegan Paul, 1966.
  • SCHEIN, Edgar H. Organizational Culture and Leadership San Francisco, CA: Jossey-Bass, 1985.
  • SENGE, Peter M. et al. The Fifth Discipline Fieldbook: USA, 1994.
  • CASTELS, M. A Sociedade em Rede São Paulo: Editora Paz e Terra, 1999.
  • SAY, Jean Baptiste. Cours d'Economie Politique, Paris: Flammarion, 1996.
  • EDVINSSON, L., Capital Intelectual: descobrindo o valor real de sua empresa pela identificação de seus valores internos Rio de Janeiro: Makron Books,1998.
  • SVEIBY, K., A Nova Riqueza das Organizações, Campus, 1998.
  • STEWART, T. Capital Intelectual Campus, 1998.
  • ALLEE, V., Novas Ferramentas para uma Nova Economia, Revista Inteligência Empresarial, número 3, abril de 2000.
  • FULD, Leonard., Administrando a Concorrência, Rio de Janeiro: Record, ,1993. 2ş ed.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    19 Out 2010
  • Data do Fascículo
    Dez 2000
Associação Brasileira de Engenharia de Produção Av. Prof. Almeida Prado, Travessa 2, 128 - 2º andar - Room 231, 05508-900 São Paulo - SP - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: production@editoracubo.com.br
Accessibility / Report Error