Sofrimento psíquico no trabalho contemporâneo: analisando uma revista de negócios

Psychic suffering in the contemporary work: analyzing a business magazine

No presente artigo analisou-se como uma revista popular de negócios tem abordado o sofrimento psíquico no trabalho contemporâneo, a partir de uma pesquisa exploratório-descritiva. Para tanto, tomou-se como material de análise doze edições da Revista Você S/A veiculadas no período de julho de 2005 a junho de 2006. Da análise empreendida (Minayo, 1994) emergiram três categorias centrais à temática: as causas do sofrimento; suas consequências para os indivíduos e as organizações; e os indicadores de prevenção e manutenção da saúde. Como resultado da pesquisa, ressalta-se que os indivíduos têm sido apresentados como os responsáveis únicos pelo sofrimento no trabalho. Sob esse enfoque, questões relativas às vivências dos sentimentos de insegurança e incertezas, do aumento da competitividade e da hipersolicitação têm sido apresentadas em diversas reportagens que enaltecem dicas prescritivas sobre como superar o sofrimento sem, entretanto, discutir suas causas fora dos indivíduos.

contemporary work; psychic suffering; business-oriented magazine


Associação Brasileira de Psicologia Social Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), Av. da Arquitetura S/N - 7º Andar - Cidade Universitária, Recife - PE - CEP: 50740-550 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: revistapsisoc@gmail.com