Burnout: o impacto da satisfação no trabalho em profissionais de enfermagem

Burnout syndrome: the impact of job satisfaction among nursing personnel

Burnout: el impacto de la satisfacción en el trabajo en los profesionales de enfermería

Adriana Müller Saleme de Sá Priscilla de Oliveira Martins-Silva Bruno Funchal Sobre os autores

O objetivo do artigo é analisar a relação entre fatores de satisfação no trabalho (satisfação com as relações hierárquicas; satisfação com o ambiente físico do trabalho; satisfação com o trabalho e oportunidade de crescimento) e dimensões da Síndrome de Burnout (exaustão emocional, despersonalização e realização profissional) em profissionais de enfermagem de um hospital público. Utilizou-se a abordagem quantitativa. A amostra foi composta por 52 enfermeiros. Os instrumentos aplicados foram: questionário sociodemografico, Maslach Burnout Inventory, Questionário de Satisfação no Trabalho S20/23. Para a análise utilizou-se a regressão linear múltipla dos Mínimos Quadrados Ordinários. Os resultados apresentaram que o fator satisfação com o ambiente reduz a exaustão emocional; o aumento com a satisfação com o trabalho e oportunidade de crescimento reduz as dimensões exaustão emocional e despersonalização; e também aumenta a realização profissional.

Síndrome de Burnout; satisfação no trabalho; enfermagem


Associação Brasileira de Psicologia Social Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), Av. da Arquitetura S/N - 7º Andar - Cidade Universitária, Recife - PE - CEP: 50740-550 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: revistapsisoc@gmail.com