REDES SOCIAIS E CAPITAL SOCIAL DE CATADORES ASSOCIADOS

REDES SOCIALES Y EL CAPITAL SOCIAL DE COLECTORES ASSOCIADOS

SOCIAL NETWORKS AND SOCIAL CAPITAL OF ASSOCIATED STREET WASTE COLLECTORS

Natalia Lopes Braga Regina Heloisa Maciel Renata Guimarães de Carvalho Sobre os autores

Resumo

O artigo objetivou investigar a formação de redes sociais de trabalho, e o consequente fomento de capital social, entre membros de uma associação de catadores de materiais recicláveis. Através de entrevistas e do uso de softwares especializados, foi realizado um mapeamento das redes sociais de seis catadores. Os resultados mostraram que as redes dos associados caracterizam-se por um elevado nível de homofilia de parentesco, com a presença sobretudo de laços fortes e com alto índice de localismo. A família, amigos e vizinhos oferecem mais benefícios do que o fato de ser associado, estando nessas relações a maior fonte de apoio e recursos dos catadores. As características das redes sociais dos associados, a saber, com significativo localismo, homofilia, pouca diversificação e sem interação entre os trabalhadores, revelam um contexto de trabalho que não oferece subsídios para a diminuição da situação de vulnerabilidade social e laboral dos sujeitos.

Palavras-chave:
catadores de materiais recicláveis; análise de redes sociais; capital social; trabalho; associação de trabalhadores

Associação Brasileira de Psicologia Social Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), Av. da Arquitetura S/N - 7º Andar - Cidade Universitária, Recife - PE - CEP: 50740-550 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: revistapsisoc@gmail.com