Avaliação da dinâmica familiar e posição depressiva familiar: contribuição de métodos projetivos

O autor propõe trabalhar, a partir de uma aproximação grupal-familiar, as condições sobre as quais se estabelece, no plano de funcionamentos psíquicos, a dinâmica familiar. A partir da noção de posição depressiva familiar defendida pelo autor (Roman, 1999), se tratará de apreender a especificidade da economia psíquica do grupo familiar. Se o método projetivo autoriza uma aproximação do funcionamento psíquico de cada membro da família, torna-se pertinente, então, colocar em perspectiva as produções projetivas no seio da família a fim de especificar a especificidade da configuração da posição depressiva familiar. A apresentação de uma situação clínica permite ilustrar as proposições teóricas e metodológicas contidas neste artigo.

dinâmica familiar; métodos projetivos; transmissão psíquica; posição depressiva familiar; adolescente


Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, 70910-900 - Brasília - DF - Brazil, Tel./Fax: (061) 274-6455 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistaptp@gmail.com