Medo de falar em público em uma amostra da população: prevalência, impacto no funcionamento pessoal e tratamento

Public-speaking fear in a population sample: prevalence, impact on personnel functioning and treatment

Gustavo J. Fonseca D'El Rey Carla Alessandra Pacini Sobre os autores

O medo de falar em público constitui um subtipo não reconhecido da fobia social em estudos epidemiológicos. Para se verificar a prevalência, o impacto no funcionamento pessoal e a procura por tratamento do medo de falar em público, foi realizada uma pesquisa com 452 residentes da cidade de São Paulo, Brasil. Trinta e dois porcento dos entrevistados reportaram ansiedade excessiva quando falavam para um grande grupo de pessoas. No total, 13% dos entrevistados relataram que o medo de falar em público resultou em grande interferência em seu trabalho, vida social e educação, ou causou sofrimento acentuado. Esta pesquisa apóia a inclusão de formas graves do medo de falar em público no constructo diagnóstico da fobia social e sugere, também, que essa ansiedade de falar em público pode ter um impacto negativo na vida de muitos indivíduos na comunidade.

medo de falar em público; fobia social; prevalência; impacto no funcionamento


Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, 70910-900 - Brasília - DF - Brazil, Tel./Fax: (061) 274-6455 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistaptp@gmail.com
Accessibility / Report Error