Sentidos de doença mental em um grupo terapêutico e suas implicações

Implications of mental illness meanings in a therapeutic group

Carla Guanaes Marisa Japur Sobre os autores

Este estudo adota uma perspectiva construcionista social, que focaliza o modo como as pessoas constroem sentidos de si mesmas e de mundo em suas práticas discursivas. Enfatizando o caráter performático da linguagem, objetivou-se, nesta pesquisa, descrever alguns sentidos de doença mental produzidos em um grupo terapêutico realizado em um ambulatório de saúde mental, e as implicações do uso destes sentidos para as conversações grupais. Baseada na transcrição das 16 sessões do grupo, a análise da produção de sentidos permitiu a descrição de alguns sentidos de doença mental, bem como a construção de relações entre estes sentidos, a visão de mudança e os modos de interação por estes favorecidos. Através dessa análise, apontamos a utilidade de refletir sobre as implicações do uso de determinados sentidos de doença mental em terapia de grupo, como uma forma de potencializar as trocas dialógicas entre os participantes e a construção conversacional da mudança.

construcionismo social; terapia de grupo; saúde mental


Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, 70910-900 - Brasília - DF - Brazil, Tel./Fax: (061) 274-6455 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistaptp@gmail.com
Accessibility / Report Error