Accessibility / Report Error

Relações Afetivas entre Irmãos em Situação de Acolhimento Institucional

Resumo

O objetivo deste artigo é compreender as relações de afeto preservadas pelos irmãos crianças/adolescentes institucionalizados numa mesma instituição. A coleta de dados foi realizada em duas irmãs acolhidas em Brasília-DF, por meio do diário de campo, roteiro de análise documental, desenho-história com tema, colagem e entrevistas semiestruturadas. A partir dos resultados foram levantados os indicadores que orientaram a organização de duas das zonas de sentidos, baseada na metodologia desenvolvida por Gonzalez Rey: a) Memórias afetivas sobre a família de origem; b) Institucionalização e afeto na relação fraterna. Identificou-se a importância do grupo de irmãos para o estabelecimento do sentimento de segurança, proteção e pré-disposição para atitudes mais positivas e resilientes.

Palavras-chave:
relação fraterna; criança acolhida; acolhimento institucional

Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, 70910-900 - Brasília - DF - Brazil, Tel./Fax: (061) 274-6455 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistaptp@gmail.com