O processo de apropriação do espaço e produção da subjetividade

The process of space appropriation and subjectivity production

Neste artigo, relata-se uma pesquisa sobre a (re)apropriação do espaço pelos moradores nativos da comunidade pesqueira de Ibiraquera, situada no município de Imbituba, ao sul de Santa Catarina, dada a recente e gradativa ocupação do local por turistas brasileiros e estrangeiros. Com o foco na compreensão desse processo, considerou-se a produção da subjetividade daqueles sujeitos segundo a perspectiva da Psicologia Ambiental. Para essa abordagem qualitativa, procedeu-se a um estudo de caso, contemplando uma amostra de 10 moradores pertencentes a famílias tradicionais. A principal técnica empregada para a coleta de dados consistiu na realização de entrevistas informais, visando ao relato de suas histórias de vida. As principais categorias de análise foram a auto-estima e o sentimento de pertença, uma vez que se constatou que a referida "invasão" vem interferindo na auto-estima dos nativos daquela comunidade, mas, ao mesmo tempo, reforçando seu sentimento de pertença e amor pelo lugar.

self-esteem; affectedness; space appropriation


Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, 70910-900 - Brasília - DF - Brazil, Tel./Fax: (061) 274-6455 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistaptp@gmail.com