Gravidez do primeiro filho: papéis sexuais, ajustamento conjugal e emocional

First child pregnancy: sex roles, marital and emotional adjustment

Esta investigação examinou as relações entre papéis sexuais, ajustamento conjugal e emocional de mulheres no período de gravidez da transição para a parentalidade. Participaram 135 mulheres recrutadas na rede pública de saúde (SUS). As gestantes estavam esperando os seus primeiros filhos e coabitavam com seus parceiros, independentemente de serem formalmente casadas. Os instrumentos utilizados foram o Bem Sex-Role Inventory (Bem, 1974), a Dyadic Adjustment Scale (Spanier, 1976) e a Escala Fatorial de Neuroticismo (Hutz & Nunes, 2001). A coleta foi individual e, em geral, os instrumentos foram preenchidos na presença do entrevistador. Um número pequeno de questionários foi respondido no domicílio dos sujeitos e, posteriormente, devolvido aos pesquisadores. Os resultados mostraram relações significativas entre Papéis Sexuais e Ajustamento Conjugal. Os dados são discutidos à luz da Teoria de Esquema de Gênero e do conhecimento produzido na linha de pesquisa da transição para a parentalidade.

gravidez; papéis sexuais; transição para a parentalidade; ajustamento conjugal; ajustamento emocional


Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, 70910-900 - Brasília - DF - Brazil, Tel./Fax: (061) 274-6455 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: revistaptp@gmail.com