Estratégias de aprendizagem em curso a distância: validação de uma escala

Learning strategies in distance course: validation of a scale

Pesquisas em avaliação de treinamentos a distância são incipientes. O artigo pretende contribuir com a área ao construir e validar estatisticamente o instrumento Estratégias de Aprendizagem. O curso-alvo foi oferecido pelo SEBRAE para alunos do Brasil inteiro. A coleta de dados foi realizada ao final do curso por meio de questionário digitalizado que mede a freqüência com que os participantes utilizam as estratégias ao longo do curso. Foram realizadas análises estatísticas de Componentes Principais (PC) e Fatoriais (PAF) e de consistência interna (alfa de Cronbach). Após a validação estatística, o instrumento apresentou sete fatores: Controle da emoção, 5 itens (a=0,89); Busca de ajuda interpessoal, 6 itens (a=0,89); Repetição e organização, 5 itens (a=0,77); Controle da motivação, 4 itens (a=0,84); Elaboração, 3 itens (a=0,83); Busca de ajuda ao material didático, 2 itens (a=0,75); Monitoramento da compreensão, 3 itens (a=0,82). Os resultados indicam que a escala é estatisticamente válida e confiável.

Educação a distância; Treinamento; Estratégias de aprendizagem


Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia R. Waldemar César da Silveira, 105, Vl. Cura D'Ars (SWIFT), Campinas - São Paulo, CEP 13045-510, Telefone: (19)3779-3771 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistapsico@usf.edu.br