Termômetro de Distress: validação de um instrumento breve para avaliação diagnóstica de pacientes oncológicos

Distress Thermometer: validation of a brief screening instrument to detect distress in oncology patients

A literatura especializada disponibiliza instrumentos de medida de estresse de aplicação geral, os quais vêm sendo empregados em diferentes contextos ocupacionais e em saúde. Mas, desde 1997, a National Comprehensive Cancer Network (NCCN) recomenda a adoção de uma medida específica para pacientes oncológicos. Considerando, portanto, o interesse clínico e científico de desenvolver futuros estudos de meta-análise em Oncologia, que incluam amostras brasileiras, realizaram-se a adaptação e a validação do Termômetro de Distress (TD). A eficácia de avaliação do TD foi verificada por meio da comparação com a Escala de Ansiedade e Depressão (HAD), um instrumento clinicamente estabelecido de avaliação de distress. Para tanto, avaliou-se uma amostra de 83 pacientes, que responderam ao TD e ao HAD. Os dados foram submetidos ao SPSS 15.0. Os resultados indicam uma sensibilidade de 82% e uma especificidade de 98%, o que indica que o TD é viável e eficiente para avaliar o distress psicológico.

Termômetro de Distress; Validade; Estresse; Psico-oncologia


Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia R. Waldemar César da Silveira, 105, Vl. Cura D'Ars (SWIFT), Campinas - São Paulo, CEP 13045-510, Telefone: (19)3779-3771 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistapsico@usf.edu.br