A prática do auto-exame das mamas em mulheres de uma comunidade universitária

Breast self-exam practice in women from an universitary community

Dados estatísticos atuais apontam para elevados índices de prevalência e mortalidade em mulheres acometidas pelo câncer de mama (INCA, 2004), o que poderia ser minimizado pela prática do auto-exame, visto que esta se caracteriza como elemento facilitador de diagnóstico precoce. Esta pesquisa teve como objetivo conhecer a prática do auto-exame das mamas em mulheres representantes da população da PUCRS. Para tanto foi utilizada uma abordagem mista (qualitativa e quantitativa), aplicando-se como instrumento um questionário semi-estruturado, em uma amostra de 215 mulheres. Os resultados mostraram que apenas 25% das mulheres pesquisadas referem adotar a prática do auto-exame das mamas periodicamente como cuidado preventivo. O estudo também evidenciou que todas essas mulheres reconhecem a importância desta prática, porém, muitas vezes não sabem ou não lembram de realizá-la, e outras vezes a praticam de maneira inadequada (com relação à freqüência).

Auto-exame; Câncer de mama; Diagnóstico precoce


Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia R. Waldemar César da Silveira, 105, Vl. Cura D'Ars (SWIFT), Campinas - São Paulo, CEP 13045-510, Telefone: (19)3779-3771 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistapsico@usf.edu.br