Habilidades Sociais e Bem-Estar Subjetivo de Crianças Dotadas e Talentosas

Social Skills and Subject Well-Being of Gifted and Talented Children

Habilidades Sociales y el Bienestar Subjetivo de Niños Dotados y Talentosos

Maria Luiza Pontes de França-Freitas Almir Del Prette Zilda A. P. Del Prette Sobre os autores

Resumo

O desenvolvimento socioemocional de crianças dotadas e talentosas ainda é objeto de controvérsias na literatura especializada. Este estudo visou avaliar a relação entre habilidades sociais e bem-estar subjetivo de crianças dotadas e talentosas e identificar o poder preditivo da primeira variável sobre a segunda. Participaram 269 crianças, de ambos os sexos, identificadas como dotadas e talentosas, de oito a 12 anos, que responderam a instrumentos padronizados de medida das habilidades sociais e de bem-estar subjetivo. Os resultados mostraram que um repertório elaborado de habilidades sociais está associado à percepção de maior bem-estar subjetivo, podendo inclusive predizê-lo, ou seja, aumentando a probabilidade de relato de afetos positivos, autoconfiança, autoestima e bom-humor, entre outros aspectos.

Palavras-chave:
habilidades sociais; bem-estar subjetivo; dotação; talento

Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia R. Waldemar César da Silveira, 105, Vl. Cura D'Ars (SWIFT), Campinas - São Paulo, CEP 13045-510, Telefone: (19)3779-3771 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistapsico@usf.edu.br