Accessibility / Report Error

Autoconhecimento e liberdade no behaviorismo radical

Self-knowledge and liberty in radical behaviorism

O presente artigo corresponde a um estudo teórico sobre o conceito do autoconhecimento e da liberdade no behaviorismo radical, com o objetivo de discutir a relação entre esses conceitos. Após a discussão sobre a definição do autoconhecimento e sobre sua origem social, a visão de Skinner sobre liberdade é abordada. A existência da liberdade depende do autoconhecimento, e esta é a ligação entre os dois termos. Conclui-se que ninguém pode se libertar do controle, mas com o autoconhecimento é possível modificar o ambiente e trocar controles coercitivos por reforçamento positivo, atingindo melhor qualidade de vida.

Autoconhecimento; Liberdade; Behaviorismo radical


Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia R. Waldemar César da Silveira, 105, Vl. Cura D'Ars (SWIFT), Campinas - São Paulo, CEP 13045-510, Telefone: (19)3779-3771 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistapsico@usf.edu.br