Teoria de Resposta ao Item na análise de uma prova de estatística em universitários

Item Response Theory to analyze a statistics test in university students

Claudette Maria Medeiros Vendramini Anelise Silva Dias Sobre os autores

Este estudo objetivou aplicar a Teoria de Resposta ao Item na análise das 15 questões de múltipla escolha de uma prova de estatística apresentada na forma de gráficos ou de tabelas estatísticas. Participaram 413 universitários, selecionados por conveniência, de duas instituições da rede particular de ensino superior, predominantemente do curso de Psicologia (91,5%). Os universitários foram 80% do gênero feminino e do período diurno (69,8%), com idades de 16 a 53 anos, média 24,4 e desvio padrão 7,4. A prova é predominantemente unidimensional e os itens são mais bem ajustados ao modelo logístico de três parâmetros. Os índices de discriminação, dificuldade e correlação bisserial apresentam valores aceitáveis. Os resultados mostram as dificuldades apresentadas pelos estudantes com relação aos conceitos matemáticos e estatísticos, dificuldades essas observadas em outras pesquisas desde o ensino fundamental. Sugere-se que esses conceitos sejam tratados mais profundamente no ensino superior.

Representação tabular e gráfica; Dificuldades matemáticas; Estudantes de psicologia


Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia R. Waldemar César da Silveira, 105, Vl. Cura D'Ars (SWIFT), Campinas - São Paulo, CEP 13045-510, Telefone: (19)3779-3771 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistapsico@usf.edu.br