Equivalência semântica da versão em português da Escala de Experiência de Quase-Morte

Semantic equivalence of the Portuguese version of the Near-Death Experience Scale

Na literatura internacional, a experiência de quase-morte (EQM) é avaliada principalmente por meio do instrumento The Near-Death Experience Scale (NDE), elaborado por Bruce Greyson, em 1983. O objetivo do presente estudo é verificar a existência de equivalência semântica entre a versão original da escala (em inglês) e a versão traduzida ao português do Brasil, avaliando os significados geral e referencial. Após as diversas etapas de avaliação da equivalência semântica, a escala foi pré-testada em seis pacientes internados após alta de um Centro de Tratamento Intensivo (CTI) de um Hospital Universitário. Na avaliação realizada por dois psicólogos e dois psiquiatras, constatou-se existir equivalência semântica entre a versão final em português e o original. Na aplicação da escala na população-alvo, verificou-se boa compreensão dos itens. Portanto, a escala está adequada à cultura brasileira, podendo ser utilizada para pesquisas sobre Experiências de Quase-Morte neste contexto.

Experiência de Quase-Morte (EQM); Equivalência Semântica; Escala


Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia R. Waldemar César da Silveira, 105, Vl. Cura D'Ars (SWIFT), Campinas - São Paulo, CEP 13045-510, Telefone: (19)3779-3771 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistapsico@usf.edu.br