Sarcoma de aplicação felino: avaliação da densidade tomográfica e das dimensões tumorais por diferentes métodos

Karen Maciel Zardo Lucas Petri Damiani Julia Maria Matera Ana Carolina B.C. Fonseca-Pinto Sobre os autores

RESUMO:

O sarcoma de aplicação felino (SAF) é uma neoplasia maligna que geralmente apresenta projeções digitiformes para planos musculares adjacentes, dificilmente reconhecidos ao exame físico, o que pode comprometer a real identificação das suas margens. Este estudo comparou as dimensões tumorais de 32 SAFs mensurados por diferentes métodos (exame físico e por imagens de tomografia computadorizada) e avaliou a densidade tomográfica em unidades Hounsfield de 10 dessas neoplasias, com base em histogramas. As medidas no eixo craniocaudal foram maiores quando obtidas após reconstrução multiplanar de imagens tomográficas, tanto na fases pré como após administração de meio de contraste (p=0,049 e p=0,041, respectivamente). As medições tomográficas no eixo dorsoventral obtidas na fase pós-contraste também foram maiores, quando comparadas com as imagens pré-contraste (p=0,010). Estimativas do volume tumoral foram maiores após a fase contrastada. Os histogramas das densidades tumorais tenderam a produzir dois picos: o primeiro no intervalo de valores de densidade gordura e o segundo no intervalo correspondente a tecidos moles. As imagens tomográficas pós-contraste com reconstrução multiplanar demarcaram com mais clareza as margens do tumor e definiram de forma mais criteriosa o seu tamanho. Uma tendência de perfil de atenuação comum para o SAF pôde ser descrita com esse estudo.

TERMOS DE INDEXAÇÃO:
Sarcoma de aplicação felino; densidade tumoral; tomografia computadorizada; dimensões tumorais

Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Pesquisa Veterinária Brasileira, Caixa Postal 74.591, 23890-000 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel./Fax: (55 21) 2682-1081 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: pvb@pvb.com.br