Efeito imunomodulador da suplementação de Bacillus toyonensis BCT-7112 em cachorros vacinados contra o parvovírus canino

Helen C. Franz Neida L. Conrad Francisco D.S. Santos Vitória S. Gonçalves Renata N. Fonseca Carolina L. Brasil Silvia de O. Hübner Fábio P.L. Leite Sobre os autores

RESUMO:

Bacillus toyonensis é um micro-organismo probiótico que há décadas é utilizado na nutrição animal em todo o mundo. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito imunomodulador da suplementação oral de B. toyonensis em cães vacinados contra o parvovírus canino. Os filhotes foram selecionados aleatoriamente e divididos em dois grupos, um recebeu B. toyonensis na concentração de 2 × 108 esporos viáveis por dia e outro grupo sem suplementação como controle. Os filhotes foram vacinados contra o parvovírus canino tipo 2. A suplementação com B. toyonensis foi eficiente em estimular IgG específica para parvovírus com títulos de 2, 3 e 2,5 vezes maior que os controles aos 7, 21 e 35 dias pós-vacinação, respectivamente. Células mononucleares do sangue periférico (PBMCs) de cães foram cultivadas e estimuladas com DNA de B. toyonensis, células vegetativas e esporos. A transcrição do mRNA das citocinas IL-4, IL-17 e IFN-γ foi modulada pelos estímulos. Assim, concluímos neste estudo que a suplementação com B. toyonensis pode amplificar a resposta imune da vacina contra o parvovírus canino.

TERMOS DE INDEXAÇÃO:
Efeito imunomodulador; suplementação; Bacillus toyonensis; BCT-7112; cachorros; vacina; parvovírus canino; probiótico; adjuvanticidade; caninos

Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Pesquisa Veterinária Brasileira, Caixa Postal 74.591, 23890-000 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel./Fax: (55 21) 2682-1081 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: pvb@pvb.com.br