Importância de Cryptosporidium spp. como causa de diarréia em bezerros

Importance of Cryptosporidium spp. as a cause of diarrhea in calves

Francisco L.F. Feitosa Graziele M. Shimamura T. Roberto Luiz Claudio N. Mendes Juliana R. Peiró Flávia C. Féres Fernanda Bovino Silvia H.V. Perri Marcelo V. Meireles Sobre os autores

Avaliou-se a presença de oocistos de Cryptosporidium spp. em amostras de fezes de 14 bezerros e de suas mães até a oitava semana pós parição. A maior taxa de excreção de oocistos foi verificada em bezerros com sete dias de idade. Das vacas, 42,8% foram positivas para Cryptosporidium no período pós-parto. Em outra etapa deste estudo, foram acompanhados 57 bezerros positivos para Cryptosporidium, com até 30 dias de idade, provenientes de 32 propriedades leiteiras, e estudouse o grau de eliminação dos oocistos com a possível ocorrência de diarréia. Em todos os animais positivos para Cryptosporidium foi pesquisada a presença de bactérias enteropatogênicas, vírus (Rotavirus e Coronavirus) e protozoários (Eimeria spp.).

Bezerros; vacas; criptosporidiose; Cryptosporidium spp


Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Pesquisa Veterinária Brasileira, Caixa Postal 74.591, 23890-000 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel./Fax: (55 21) 2682-1081 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: pvb@pvb.com.br