Influência da bipartição escrotal sobre o rendimento da espermatogênese e eficiência das células de Sertoli em ovinos

Ramon T.G.A. Rodrigues José R.S. Santos Lilianne M.S. Azerêdo Ediane F. Rocha Maria A.M. Carvalho Maria J.I.D. Portal Otávio B. Sousa Danilo J.A. Menezes Sobre os autores

Resumo

Com o objetivo de avaliar o efeito da bipartição escrotal sobre a espermatogênese em ovinos, foram utilizados os testículos de 12 ovinos sem raça definida oriundos de criadouros do município de Patos-PB, Brasil, distribuídos em dois grupos, GI de seis animais com bipartição escrotal e o GII de seis animais sem bipartição escrotal. Realizou-se a aferição da biometria testicular, em seguida, os testículos foram coletados, fixados em Bouin e fragmentos foram processados para obtenção de lâminas histológicas. Foi estimado o rendimento da espermatogênese e eficiência das células de Sertoli contando-se as células da linhagem espermatogênica no estádio I do Ciclo do Epitélio Seminífero, bem como as células de Sertoli. Os resultados foram submetidos à análise de variância pelo programa ASSISTAT v.7.6 e os valores médios foram comparados pelo teste Student-Newman-Keuls (SNK) a 5% de significância. Os parâmetros de biometria testicular não apresentaram diferença estatística (p>0,05) entre os grupos. Os rendimentos meiótico, espermatogênico e a eficiência das células de Sertoli mostraram-se superiores em animais bipartidos (p<0,05), enquanto o rendimento mitótico não diferiu (p>0,05) entre GI e GII. Os resultados indicaram existir superioridade nos parâmetros espermatogênicos de ovinos bipartidos, sugerindo que estes animais apresentam, assim como constatado em caprinos, indicativo de melhores índices reprodutivos.

Termos de Indexação:
Bipartição escrotal; espermatogênese; células de Sertoli; ovinos; reprodução; morfologia; testículo; ovinos

Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Pesquisa Veterinária Brasileira, Caixa Postal 74.591, 23890-000 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel./Fax: (55 21) 2682-1081 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: pvb@pvb.com.br