Efeitos da suplementação do ácido ascórbico nos neurônios mientéricos do íleo de ratos diabéticos induzidos por estreptozootocina

Sonia M. Silverio Renata de B. Mari Naianne K. Clebis Juliana R. Scoz Ricardo de M. Germano José A.A. Major Pedro P. Bombonato Sandra R. Stabille Sobre os autores

A exacerbação do estresse oxidativo e da via do poliol que comprometem o plexo mioentérico são alterações metabólicas características do diabetes. O ácido ascórbico (AA) é antioxidante e inibidor da aldose redutase, podendo atuar como neuroprotetor. Verificaram-se os efeitos da suplementação com AA sobre o número e a área do perfil do corpo celular (PC) de neurônios mioentéricos em ratos diabéticos induzidos por estreptozootocina. Formaram-se quatro grupos com cinco animais cada: normoglicêmico (C); diabético (D); diabético tratado com AA (DS); e normoglicêmico tratado com AA (CS). Três vezes por semana administrou-se 50mg de AA para cada animal (grupos DS e CS). Após 90 dias e eutanásia com tiopental, o íleo foi coletado e processado para a técnica da NADPH-diaforase. Não se observaram diferenças (P>0,05) na densidade neuronal entre os grupos. A área do PC foi menor (P<0,05) para os grupos DS e CS, com incidência maior de neurônios com área do PC superior a 200µm² para os grupos C e D. Concluiu-se que o AA não influenciou a densidade neuronal do íleo, mas foi neuroprotetor prevenindo o aumento na área do PC e possibilitando maior incidência de neurônios com área de PC inferior a 200µm².

Vitamina C; diabetes; intestino; plexo mientérico


Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Pesquisa Veterinária Brasileira, Caixa Postal 74.591, 23890-000 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel./Fax: (55 21) 2682-1081 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: pvb@pvb.com.br
Accessibility / Report Error