Prevalência e distribuição geográfica de euritre-matose bovina em animais abatidos no norte do Estado do Paraná

Um estudo retrospectivo de bovinos abatidos no norte do Paraná durante o ano de 2000 foi realizado para determinar a prevalência e a distribuição geográfica da euritrematose bovina (EB), identificada pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF). Bovinos foram originários de todas as localizações geográficas do Estado do Paraná; todas as regiões apresentaram gado parasitado por Eurytrema spp. EB foi identificado em 12,1% (12.534/10.3411) de todos os animais abatidos. A prevalência dos animais parasitados por Eurytrema spp variou entre 8,3% (Região G, São João do Caiuá; 1.069/12.914) e 40,5% (Região R, Ponta Grossa; 225/555). EB foi mais prevalente durante o mês de março (1,6) e marcadamente reduzida em maio (-2,0). Uma possível predominância sazonal foi identificada: comparativamente poucos casos ocorreram durante os meses de abril a agosto, enquanto um pico foi observado entre dezembro a março. Este estudo indicou que a euritrematose bovina ocorre em quase todas das regiões geográficas e está hipoendêmica no Estado do Paraná. A prevalência no Estado é variável e pode está diretamente relacionada aos fatores do ciclo biológico do trematódeo, a particularidade de cada região e dos fatores ambientais.

Bovinos; euritrematose; epidemiologia; parasitologia


Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Pesquisa Veterinária Brasileira, Caixa Postal 74.591, 23890-000 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel./Fax: (55 21) 2682-1081 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: pvb@pvb.com.br