O efeito do 1-metil-4-fenil-1,2,3,6 tetrahidropiridina (MPTP) na morfologia do miocárdio de camundongo

Tais H.C. Sasahara Marcia R.F. Machado Sobre os autores

RESUMO:

Estudos têm demonstrado a desnervação simpática cardíaca no modelo da administração do MPTP em camundongo. A toxicidade do MPTP causa lesão ao nervo simpático e depleção da norepinefrina. As avaliações dos danos na inervação do coração são baseadas em métodos de imagem, eletrofisiológico e bioquímico. Contudo, estes estudos carecem de informações provenientes de análises morfoquantitativas. Assim, objetivou-se aplicar métodos estereológicos para avaliar as alterações morfoquantitativas do miocárdio após o tratamento com a neurotoxina MPTP no camundongo C57/BL. Nossos resultados mostraram que o MPTP causa redução no número de cardiomiócitos no ventrículo esquerdo.

TERMOS DE INDEXAÇÃO:
Metil; fenil; tetrahidropiridina; MPTP; morfologia; miocárdio; camundongo; coração; roedor; estereologia

Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Pesquisa Veterinária Brasileira, Caixa Postal 74.591, 23890-000 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel./Fax: (55 21) 2682-1081 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: pvb@pvb.com.br