Pesquisa Veterinária Brasileira, Volume: 31, Issue: 8, Published: 2011
  • Leptospirosis infection in sheep and characterization of the renal inflammatory response Animais De Produção

    Carvalho, Sônia Maria de; Gonçalves, Larissa Maria Feitosa; Macedo, Nicodemos Alves de; Goto, Hiro; Silva, Silvana Maria Medeiros de Sousa; Mineiro, Ana Lys Bezerra Barradas; Kanashiro, Edite Hatsumi Yamashiro; Costa, Francisco Assis Lima

    Abstract in Portuguese:

    As Leptospiroses são zoonoses graves de distribuição mundial que afetam o homem e outros animais. A infecção em animais, geralmente, é inaparente, ou os sintomas quando presentes são similares a outras infecções. Neste estudo foram colhidos soros de 119 ovinos e seus respectivos rins durante abate em feiras livres no município de Teresina-Piauí. Pela técnica de soroaglutinação microscópica (SAM) obtiveram-se 34 amostras sorológicas positivas para um ou mais sorovares de Leptospira spp., com taxa de ocorrência de 28,6% de anticorpos anti-leptospiras, sendo 23 casos de infecção para um único sorovar e 11 com coaglutinações para dois ou mais sorovares. Dentre os sorovares patogênicos, o de maior ocorrência foi o Autumnalis (29,4%). A análise histopatológica de 36 fragmentos de rins revelou alterações túbulo intersticiais em 33 (91,7%) animais soro-reagentes. Lesões tubulares foram observadas em 20 (55,5%) animais soro-reagentes. A presença de leptospiras, pela técnica de Warthin Starry, foi observada em 8 (22,20%) amostras positivas. Pela técnica de imunoperixidase, de 20 casos analisados, foi verificada a presença de leptospira em 12 (60%) de 20 amostras positivas. Nos animais soro-reagentes, o infiltrado inflamatório foi significantemente mais evidente na região córtico-medular e cortical do que na região medular (p=0,000), mas não houve diferença entre animais soro-reagentes e soro não-reagentes. Cilindros hialinos nos túbulos proximais estavam presentes em quantidade significantemente maior nos animais soro-reagentes comparados aos não-reagentes (p=0,0001). Em glomérulos, foi observada lesão discreta. Os resultados deste estudo mostram que ovinos soro-reagentes para leptospiras apresentam lesões renais túbulo intersticiais, com presença de leptospiras nos túbulos, o que confere a esses animais a condição de disseminadores da infecção.

    Abstract in English:

    Lepitospirosis is a serious worldwide distribution disease which affects man and other animals. The infection is generally asymptomatic in animals. In cases whose symptoms are present, symptoms are similar to other infections. In the present study serum samples from 119 sheep and their kidneys were collected during their slaughter in outdoor markets in the city of Teresina, Piauí, Brazil. The Microscopic Agglutination Test (MAT) obtained 34 positive serological samples for one or more Leptospira spp. serovar with occurrence rate of 28.6% of leptospiral antibodies. There were 23 cases of infection for a single serovar, and 11 cases with coagglutination for two or more serovars. Autumnalis had the highest occurrence (29.4%) among the pathogenic serovars. The histopathological analysis of 36 kidney fragments revealed tubulo-interstitial alterations in 33 (91.7%) positive animals. Tubular lesions were observed in 20 (55.5%) positive animals. The Warthin Starry staning revealed the presence of Leptospira in 8 (22.20%) of the 36 positive samples. The immunoperoxidase staining revealed the presence of Leptospira in 12 (60%) of 20 positive samples. The inflammatory infiltrate in the positive animals was significantly more evident in the cortical-medullar and cortical regions than in the medullar region (p=0.000), however, there was no difference between positive and negative animals. The presence of hyaline casts in the proximal tubules was significantly higher in positive animals compared to the negative ones (p=0.0001). Discrete lesion was observed in glomeruli. In conclusion, the results from this study showed that sheep which are positive for Leptospira present tubulo-intersticial renal lesions with the presence of Leptospira in the tubules, conferring to these animals the condition of asymptomatic carriers.
  • Calcinose enzoótica em ruminantes no Brasil Central Animais De Produção

    Guedes, Karla M.R.; Colodel, Edson M.; Castro, Márcio B.; Souza, Marcos A.; Arruda, Laura P.; Dianezi, Daniela M.; Borges, José Renato J.; Riet-Correa, Franklin

    Abstract in Portuguese:

    A calcinose enzoótica é uma enfermidade caracterizada por mineralização de artérias e tecidos moles, osteopetrose, hipercalcemia e hiperfosfatemia. Neste trabalho descreve-se uma calcinose enzoótica em ruminantes no Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Tocantins e no Distrito Federal, em campos onde não foi encontrada nenhuma das plantas calcinogênicas conhecidas. Os primeiros casos foram diagnosticados em 2004, e até 2010 foram necropsiados 86 casos da doença provenientes de 42 propriedades. Trinta e três propriedades foram visitadas, e em 32 os pastos eram caracterizados por moderada a acentuada degradação e invasão por plantas daninhas. A doença foi diagnosticada em ovinos em 19 fazendas, em bovinos em 17, em caprinos em 5 e em uma fazenda foram afetados tanto caprinos quanto ovinos. Animais adultos foram mais acometidos, mas a doença foi observada, também, em animais lactentes. A enfermidade foi observada durante todo o ano, mas a maioria dos surtos ocorreu nos meses de maior índice pluviométrico. Em duas fazendas foram determinados, mensalmente, os níveis séricos de Ca e P observando-se uma elevação significativa dos mesmos durante o período de chuvas. Os principais sinais clínicos observados foram de emagrecimento progressivo, caquexia e flexão de membros anteriores, com andar rígido. As principais lesões macroscópicas e histológicas foram de mineralização das artérias, valvas cardíacas, pulmões e rins. Sugere-se que a doença é provocada por uma planta calcinogênica ainda desconhecida. Mesmo sem conhecer a causa da calcinose recomenda-se evitar o pastejo de ruminantes em áreas degradadas e reformar pastagens degradadas.

    Abstract in English:

    Enzootic calcinosis is a disease characterized by mineralization of soft tissues, osteopetrosis, hypercalcemia and hyperphosphatemia. From 2004 to 2010, 86 cases of enzootic calcinosis were diagnosed in 42 farms in the states of Mato Grosso, Goias, Minas Gerais and Tocantins, and in the Federal District. The pastures were inspected in 33 farms, observing that in 32 outbreaks the disease occurred in degraded pastures invaded with different weeds. Previously known calcinogenic plants were not present. The disease was diagnosed in sheep in 19 farms, in cattle in 17 farms, in goats in five farms, and in sheep and goats in one farm. Adult animals were more affected; but the disease also was observed in lactating animals. The disease occurred all over the year, but most outbreaks were diagnosed during the rainy season. Serum Ca and P concentrations determined monthly in two sheep flocks were significantly higher during the rainy season. Main clinical signs were progressive emaciation followed by cachexia, and stiff gait with flexion of the fore limbs. Gross findings were mineralization of the arteries, cardiac valves, lungs, and kidneys. Histological findings were arterial mineralization, mainly in the medial layer with cartilaginous metaplasia and colagenous deposition between smooth muscle fibers. It is suggested that the disease is caused by an unknown calcinogenic weed present in degraded pastures.
  • Perfil genotípico e antigênico de amostras do vírus da diarréia viral bovina isoladas no Rio Grande do Sul (2000-2010) Animais De Produção

    Bianchi, Eloisa; Martins, Mathias; Weiblen, Rudi; Flores, Eduardo Furtado

    Abstract in Portuguese:

    Isolados do vírus da diarréia viral bovina (BVDV) apresentam grande diversidade genética e antigênica, o que pode dificultar o diagnóstico e a formulação de vacinas. O presente trabalho apresenta um perfil genotípico e antigênico de 20 amostras do BVDV isoladas no Estado do Rio Grande do Sul entre 2000 e 2010. As amostras foram oriundas de uma variedade de condições clínicas, que incluíam doença respiratória ou gastroentérica aguda ou crônica, lesões cutâneas, abortos, animais com crescimento retardado, além de animais persistentemente infectados (PI). A maioria das amostras (19 ou 95%) pertence ao biótipo não-citopático (NCP); enquanto um isolado apresentou uma mistura de vírus NCP e citopático (CP). O sequenciamento e análise filogenética de uma região de 270 nucleotídeos da região 5' não-traduzida do genoma viral permitiu identificar 9 isolados de BVDV-2 (45%) e 8 isolados de BVDV-2 (40%). Três amostras não agruparam filogeneticamente com nenhum dos genótipos, sendo classificados como pestivírus atípicos. Não foi possível associar os genótipos ou subgenótipos com as condições clínicas e, tanto os BVDV-1 quanto os BVDV-2 estavam envolvidos em diferentes síndromes clínico-patológicas. Análise de reatividade com um painel de 19 anticorpos monoclonais (AcMs) revelou uma variabilidade marcante na glicoproteína principal do envelope (E2) entre vírus do mesmo genótipo, e sobretudo, entre vírus de genótipos diferentes. Testes de neutralização viral (SN) com anti-soro de cepas de referência de BVDV-1 e BVDV-2 frente às amostras isoladas revelaram níveis variáveis de reatividade cruzada entre vírus do mesmo genótipo, e reatividade muito baixa ou ausente entre vírus de genótipos diferentes. Esses resultados indicam uma frequência semelhante de BVDV-1 e BVDV-2 na população estudada, confirmam a marcante variabilidade antigênica e reforçam a necessidade de se incluir vírus dos dois genótipos nas vacinas. Finalmente, indicam a presença de pestivírus atípicos circulantes na população bovina do RS.

    Abstract in English:

    Field isolates of bovine viral diarrhea virus (BVDV) display a high genetic and antigenic diversity that may difficult diagnosis and vaccine formulation. The present study presents a genetic and antigenic characterization of 20 BVDV isolates from Rio Grande do Sul, Brazil (2000-2010). The isolates were associated with a variety of clinical conditions that included respiratory or gastroenteric disease, skin lesions, abortions, animals with retarded growth, and persistently infected (PI) animals. Most isolates (19 or 95%) belong to the non-cytopathic biotype (NCP), one isolate (5%) had a mixture of viruses NCP and cytopathic (CP). Nucleotide sequencing of a region of 270 nucleotides of the 5' untranslated region of the viral genome followed by phylogenetic analysis identified nine isolates of BVDV-2 (45%), eight BVDV-1 (40%). Three isolates were not classified in any genotype and were classified as atypical pestiviruses. It was not possible to associate genotypes or subgenotypes with clinical conditions: both BVDV-1 and BVDV-2 were involved in different clinico - pathological syndromes. Analysis of reactivity with a panel of 19 monoclonal antibodies (mAbs) revealed a marked variability in the major envelope glycoprotein (E2/gp53) among viruses of the same genotype, but especially among viruses from different genotypes. Virus neutralization assays (VN) with antisera of BVDV-1 and BVDV-2 reference strains against the isolates revealed variable levels of cross-reactivity between viruses of the same genotype, and lack or very low reactivity between viruses of different genotypes. These results indicate a similar frequency of BVDV-1 and BVDV-2 in the cattle population of Rio Grande do Sul, confirm the remarkable antigenic diversity of BVDV and reinforce the need to include viruses of genotypes BVDV-1 and BVDV-2 in vaccines. In addition, these results indicate the circulation of atypical pestiviruses in the cattle population of RS.
  • Effects of zearalenone in prepubertal gilts Livestock Diseases

    Teixeira, Letícia C.; Montiani-Ferreira, Fabiano; Locatelli-Dittrich, Rosângela; Santin, Elizabeth; Alberton, Geraldo C.

    Abstract in Portuguese:

    Leitoas pré-púbere foram alimentadas com ração contendo 0,75mg/kg de zearalenona (ZEA) durante 21 dias. Os efeitos da micotoxina foram avaliados nos aspectos morfológicos do trato reprodutivo, bem como na hematologia, bioquímica séricas e resposta imune humoral contra hemácias de carneiro. Foi observado aumento significativo (P<0,05) no peso de trato reprodutivo, na área vulvar, na altura das células epiteliais das glândulas endometriais e superficiais da mucosa uterina. Estes resultados demonstraram a capacidade desta micotoxina não esteróide em mimetizar as ações do 17β estradiol na concentração de 0,75mg/kg. Entretanto, apesar das evidentes alterações nos parâmetros estudados no trato reprodutivo, não foram observadas alterações no ganho de peso, bem como nas avaliações hematológicas e bioquímicas sangüíneas e na resposta imune humoral contra hemácias de carneiro.

    Abstract in English:

    Prepubertal gilts were fed with a diet containing zearalenone (ZEA) in a concentration of 0.75 mg/kg for 21 days. The effects of this mycotoxin on morphologic aspects of the reproductive tract as well as on complete blood count (CBC), serum biochemistry analysis (SBA) and humoral immune response against sheep red blood cells (SRBC) were evaluated. There was a significant increase (P<0.05) on the reproductive tract weight, vulvar area, height of the epithelial cells of endometrial glands and uterine mucosa. These results showed the ability of this nonsteroidal mycotoxin in mimicking actions of 17β estradiol at the concentration of 0.75mg/kg. No changes in weight gain, CBC, SBA parameters and humoral response against SRBC were observed.
  • Risk factors associated with the frequency of antibodies against Babesia bovis and Babesia bigemina in cattle in southern Mozambique Livestock Diseases

    Tembue, António A.M.; Silva, Fábio J.M.; Silva, Jenevaldo B.; Santos, Tiago M.; Santos, Huarrisson A.; Soares, Cleber O.; Fonseca, Adivaldo H.

    Abstract in Portuguese:

    Foram avaliados os fatores de risco associados a frequência de anticorpos da classe IgG contra Babesia bovis e B. bigemina em bovinos da região sul de Moçambique. Oitocentos e nove amostras de soros foram coletadas de bovinos em três províncias nomeadamente Maputo, Gaza e Inhambane e testados por ensaio de imunoadsorção enzimático indireto (i-ELISA) para avaliar a resposta imune humoral contra B. bovis e B. bigemina. O teste de Qui-quadrado a 5% de significância foi utilizado para verificar a associação entre as variáveis sexo, faixa etária e origem geográfica com a soropositividade dos animais. A prevalência geral foi de 78,8% (548/695) para B. bovis e 76,0% (528/695) para B. bigemina. A origem dos animais apresentou associação (p<0,05) com a soropositividade a ambos os agentes, enquanto variável sexo não apresentou associação (p>0,05). A província de Maputo apresentou a maior taxa de animais positivos, com 93,7% (118/126) para B. bovis e 97,6% (123/126) para B. bigemina. Na província de Gaza a soropositividade foi de 67,5% (280/415) para B. bigemina e 77,3% (321/415) para B. bovis enquanto que na província de Inhambane a positividade foi de 81,2% (125/257) e 70,8% (109/257) para B. bigemina e B. bovis, respectivamente. Na presente pesquisa, a freqüência de bovinos positivos para B. bovis e B. bigemina aumentou nas faixas etárias superiores, sugerindo que as infecções e as re-infecções persistem mesmo após primo-infecção. A região estudada apresenta-se na condição de estabilidade enzoótica para os agentes estudados.

    Abstract in English:

    The study aimed to evaluate the risk factors associated with the frequency of IgG antibodies against Babesia bovis and B. bigemina in cattle in southern Mozambique. Eight hundred and nine serum samples were collected from cattle in three provinces namely Maputo, Gaza and Inhambane, and tested by indirect enzyme-linked immunosorbent assay (i-ELISA) to assess the humoral immune response towards B. bovis and B. bigemina. The chi-square test at 5% significance was used to determine whether there was an association between gender, age and geographic origin of seropositive animals. The overall prevalence was 78.8% (548/695) for B. bovis and 76.0% (528/695) for B. bigemina. The origin of the animals showed a significant association (p<0.05) with seropositivity to both agents, while gender and age was not associated (p>0.05). Maputo province had the highest rate of positive animals, with 93.7% (118/126) for B. bovis and 97.6% (123/126) for B. bigemina. In Gaza province 77.3% (321/415) of the animals were positive for B. bovis and 67.5% (280/415) for B. bigemina, while in the province of Inhambane the levels of seropositivity were 70.8% (109/154) and 81.2% (125/154) for B. bovis and B. bigemina respectively. In the present study, the frequency of cattle positive for B. bovis and B. bigemina was shown to increase among older age groups, suggesting that infection and re-infection persisted even after the primary infection. Thus, this region is considered to be in a state of enzootic stability with regards to B. bovis and B. bigemina.
  • Avaliação microbiológica e molecular de líquidos articulares e peri-articulares de suínos Animais De Produção

    Faria, Ana Carolina S.; Oliveira Filho, João X. de; Paula, Daphine A.J. de; Brandão, Laila Natasha S.; Dias, Danny Franciele S.; Nakazato, Luciano; Dutra, Valéria

    Abstract in Portuguese:

    No presente estudo coletaram-se 115 amostras de líquido articular e peri-articular de suínos com suspeita clínica de doença articular oriundos de maternidade (30,43%), creche (44,35%) e crescimento/terminação (25,22%) de Sistemas Intensivos de Produção de Suínos (SIPs) para avaliação microbiológica e molecular. Observaram-se 57 (49,5%) amostras positivas em pelo menos uma das técnicas. No isolamento microbiano, 39,13% das amostras foram positivas, sendo Streptococcus spp. (19,72%), Arcabobacterium pyogenes (18,13%) e Escherichia coli (12,68%) os mais frequentes, havendo também a presença de Candida sp. (2,6%). Na técnica de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR), em 20% das amostras foram detectados microrganismos com uma maior ocorrência de Mycoplasma hyosinoviae (34,09%), Erysipelotrix tonsilarum (20,45%) e Haemophilus parasuis (15,90%). Os microrganismos mais frequentemente isolados em animais com artrite, apresentaram distribuição em todas as faixas etárias, entretanto a fase de crescimento/terminação apresentou maior percentual (69%) de amostras positivas. Streptococcus spp. ocorreu em todas as fases sendo o microrganismo mais detectado. M. hyosinoviae foi observado principalmente em animais de creche. Na fase de crescimento/terminação as bactérias predominantes foram A. pyogenes, H. parasuis e E. tonsilarum. Aproximadamente metade dos casos foi negativo o que indica a provável ocorrência de processos degenerativos como a osteocondrose, embora a participação de infecções articulares e peri-articulares possam representar grandes perdas com menor ou maior impacto dependendo da fase de criação. Problemas articulares e/ou peri-articulares de origem infecciosas foram encontrados em todas as propriedades estudadas. O principal agente foi M. hyosynoviae, principalmente na creche, porém não se pode descartar o envolvimento de problemas degenerativos em associação.

    Abstract in English:

    In this study, 115 samples of articular and peri-articular liquid from swine with clinical suspected disease were collected from farrow (30.43%), nursery (44.35%) and growing-finishing (25.22%) phases of Intensive Pig Production Systems (IPPSs) for microbiological and molecular evaluation. A total of 57 (49.5%) samples was positive for at least one test. In bacterial isolation, 39.13% were positive, with highest frequency of Streptococcus spp. (19.72%), Arcanobacterium pyogenes (18.13%) and Escherichia coli (12.68%), and in some cases the fungus Candida sp. (2.6%). In the polymerase chain reaction test, 20% of the samples were positive mostly for Mycoplasma hyosinoviae (34.09%), Erysipelotrix tonsilarum (20.45%) and Haemophilus parasuis (15.90%). Almost all microorganisms were distributed over every growth phase, with a higher percentage of cases in the growing-finishing phase (69%). Streptococcus spp. were the principal microorganisms detected and were frequent in all phases. M. hyosinoviae was predomiant in the nursery phase. In the growing-finishing phase, A. pyogenes, H. parasuis and E. tonsilarum were predominant. About half of the cases were negative, what probably indicates degenerative processes like osteochondrosis; however articular and peri-articular infections still represent great economic losses with more or less impact depending on the growing phase of the pigs. Articular and peri-articular infectious problems were found in all herds analyzed. M. hyosinoviae mainly in nursery phase, however associated with degenerative processes, could not be excluded.
  • Perfil de resistência a antimicrobianos de Staphylococcus spp. isolados de frangos de corte e poedeiras comerciais no estado de Pernambuco Animais De Produção

    Barros, Mércia R.; Costa, Mateus M. da; França, Chirles A. de; Saukas, Tomoe N.; Silva, Leonildo B.G. da; Silva, Vanessa Anny S.; Cavalcante, Raíssa V.; Mota, Rinaldo A.

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo foi realizado com o objetivo de pesquisar Staphylococcus spp. de frangos de corte sadios e frangos de corte e poedeiras comerciais que apresentassem sinais clínicos respiratórios. Foram colhidos swabs dos seios infra-orbitários de 55 frangos de corte sadios, 35 com sinais respiratórios, e 30 poedeiras comerciais também com sinais respiratórios. Cada amostra foi composta por um "pool" de cinco aves, totalizando 24 amostras coletadas de 24 granjas comerciais. Para o isolamento foi utilizado o exame bacteriológico, com posterior avaliação das características morfológicas, tintoriais e bioquímica para determinação da espécie. Verificou-se a produção de hemólise, formação de biofilme em ágar Vermelho Congo (ACR), detecção do gene mecA pela PCR e avaliação da suscetibilidade a 13 drogas antimicrobianas. Das 24 amostras processadas, foram isolados 16 Staphylococcus, cinco isolados foram coagulase-positiva (SCP) e 11 coagulase-negativa (SCN), e nos testes de hemólise e formação de biofilme, três isolados apresentaram-se hemolíticos e seis foram positivos, respectivamente. Na avaliação por meio da PCR, para detecção do gene mecA todos os isolados apresentaram resultados negativo. Observaram-se que 15 isolados foram resistentes a cinco ou mais antibióticos, e que as drogas associadas apresentaram melhor perfil de sensibilidade. A resistência a antimicrobianos e cepas produtoras de biofilme podem interferir na resposta terapêutica de aves que apresentam sinais clínicos.

    Abstract in English:

    This study had the objective of researching Staphylococcus spp. on healthy broilers and commercial broilers and layers, with clinical respiratory signs. Swabs were taken from the infraorbital sinus of 55 healthy broilers, 35 with respiratory signs and 30 commercial layers also with respiratory signs. Each sample was composed of a pool of five birds, totaling 24 collected samples from 24 commercial flocks. The bacteriological exam was used for the isolation, with a later evaluation of the morphological, tintorial and biochemical characteristics to determine the species. The production of hemolysis, formation of a biofilm in Congo Red Agar, detection of the gene mecA by the PCR and susceptibility to 13 antimicrobial drugs, was verified. From the 24 processed samples, 16 Staphylococcus spp. were obtained isolates, five samples were coagulasis-positive (SCP) and 11 coagulasis-negative (SCN). As to hemolysis and the formation of biofilm tests three samples presented themselves to be hemolytic and six were positive, respectively. In the PCR evaluation for the detection of the mecA gene, all isolates showed negative results. It was observed that 15 E coli isolates were resistant to five or more antibiotics, and that the associated drugs presented better sensibility. The resistance to antimicrobials and biofilm productive strains can interfere in the therapeutic response of birds that present clinical signs.
  • Identificação dos níveis séricos do fator de crescimento tipo insulina 1 em potros com osteocondrose Animais De Produção

    Baccarin, Raquel Y.A.; Pereira, Marco A.; Roncati, Neimar V.; Furtado, Priscila V.; Oliveira, Cláudio A.; Hagen, Stefano C.F.

    Abstract in Portuguese:

    A osteocondrose é uma das doenças ortopédicas do desenvolvimento mais comuns em cavalos, e deve ser encarada como uma desordem multifatorial. Caracteriza-se por ser uma doença dinâmica, onde o processo de reparo inicia-se quase que imediatamente após a formação da lesão osteocondral. A intensidade e eficácia deste reparo são fortemente relacionados à idade, e estão associados a reposição dos componentes da matriz cartilagínea. Uma vez que o fator de crescimento tipo insulina-1 (IGF-1) age regulando o crescimento da cartilagem articular, este estudo objetivou descrever os níveis séricos de IGF-I, insulina e glicose em potros Puro Sangue Lusitano hígidos ou com osteocondrose, desde o nascimento até 18 meses de idade. Dos potros acompanhados, 76,08% apresentaram sinais radiográficos de osteocondrose com um mês de idade, porém somente 16,2% mantiveram as lesões aos 18 meses. As concentrações de IGF-1 alcançaram picos entre 14 e 16 meses, equivalente ao início da puberdade. As concentrações de IGF-1 nos potros com osteocondrose foram menores que potros sadios, aos 2 e 5 meses (P<0,05), e os de insulina aos 2 meses (P<0,05). Em criatórios com alta ocorrência de osteocondrose recomenda-se que as mensurações dos níveis séricos de IGF-1 e insulina ocorram durante os primeiros 6 meses de idade, para que haja tempo hábil de se estabelecer medidas profiláticas e de tratamento.

    Abstract in English:

    Osteochondrosis is the most common orthopaedic developmental disorder in horses and has been traditionally defined as a multifactorial disease. The disease had a very dynamic character in which the repair process starts almost immediately after the lesion has formed. The intensity and efficacy of this repair process is strongly age-related and is determined by the turnover rate of the components of the extracellular matrix of the articular cartilage. Since the insulin-like growth factor-I (IGF-1) acts regulating the growth of articular cartilage, this study aimed to describe the serum levels of IGF-1, insulin and glucose in healthy Lusitano foals and foals with osteochondrosis, from birth to 18 months of age. At one month 76.08% of the foals showed radiographic signs of osteochondrosis, but at age of 18 months the percentage dropped to 16.2%. The IGF-1 concentrations reached peak values at age of 14 to 16 months, equivalent to the onset of puberty. The IGF-1 concentrations in foals with osteochondrosis were lower than in healthy 2 to 5-month-old foals (P<0.05), and the insulin at age of 2 months (P<0.05). On farms with high incidence of osteocondrosis is recommended that measurement of serum IGF-1 and insulin occur during the first 6 months of age, to have enough time to establish preventive and therapeutic measures.
  • Curva de anticorpos pós-vacinais em ovinos imunizados com uma ou duas doses de bacterina oleosa anti-leptospirose, produzida com a sorovariedade Hardjo, tipo Hardjoprajitno, estirpe Norma, isolada no Brasil Animais De Produção

    Herrmann, Geder Paulo; Rodrigues, Rogério Oliveira; Vidal, Carlos Eugênio Soto; Machado, Gustavo; Moreira, Élvio Carlos; Leite, Rômulo Cerqueira

    Abstract in Portuguese:

    Foi comparado o nível de anticorpos de ovelhas imunizadas com uma ou duas doses de bacterina oleosa produzida com a sorovariedade Hardjo, tipo Hardjoprajitno, estirpe Norma, isolada da urina de bovino no Brasil. Culturas de 2x10(8) leptospiras/mL foram inativadas com formalina a 0,3%, à concentração final e emulsionada em óleo Emulsigen® 12%. A dose da vacina foi padronizada para a concentração de 1x10(8) leptospiras/mL. Quarenta ovinos adultos, da raça Santa Inês, de um rebanho livre de leptospirose por exames clínicos e sorológicos durante um ano foram escolhidos para o experimento. O grupo A (n=15) recebeu duas doses de 3,0mL da vacina por via subcutânea, com intervalo de 30 dias. O grupo B (n=15) recebeu dose única de 3,0mL, via subcutânea e o grupo C (controle) recebeu uma dose subcutânea de 3,0mL de solução 0,85% de cloreto de sódio. Os títulos de anticorpos pós-vacinação foram mensurados pelo teste de soroaglutinação microscópica (SAM) e um teste imunoenzimático (ELISA) a cada 30 dias durante 120 dias. Os títulos dos grupos A e B na primeira colheita variaram de 80 a 160. No grupo A, após a segunda dose, os títulos aumentaram duas a quatro vezes, até 3.200, enquanto no grupo B os títulos de aglutininas foram menores que 160 e diminuíram uma a duas vezes após 60 dias da vacinação. Utilizando-se dose única, os anticorpos persistiram por somente 30 dias e, com duas doses, com 30 dias de intervalo, os anticorpos foram detectáveis por 60 dias por meio do teste de SAM e 120 dias no teste de ELISA. Assim, o teste de SAM detectou títulos de IgM vacinal somente por 60 dias, enquanto o teste de ELISA foi capaz de detectar anticorpos durante os 120 dias. No grupo controle negativo, ocorreram no ELISA reações inespecíficas de títulos até 80, porém no SAM os títulos dos mesmos animais se mantiveram em zero. O teste de ELISA pode ser utilizado para medir anticorpos vacinais para a sorovariedade Hardjo, tipo Hardjoprajitno, estirpe Norma em ovinos.

    Abstract in English:

    It was compared the level of antibodies of sheep immunized with one or two doses of an oil bacterin produced with serovar Hardjo, type Hardjoprajitno, strain Norma, isolated from cattle urine in Brazil. Cultures of 2x10(8) leptospires/mL were inactivated with formalin 0.3%, final concentration and emulsified in oil Emulsigen® 12%. The vaccine dose was standardized to the concentration of 1x10(8) leptospires/mL. Forty adult sheep, Santa Inês breed from a herd free of leptospirosis by clinical and serological examinations during one year were chosen for the experiment. Group A (n=15) received two subcutaneous 3.0 mL vaccine dose, interval of 30 days. Group B (n=15) received one subcutaneous 3.0 mL vaccine dose. Group C (control) received one subcutaneous dose of 3.0 mL of 0.85% sodium chloride solution. Post vaccination antibody titers were measured by microscopic agglutination test (MAT) and an in house enzyme linked immunosorbent assay (ELISA) every 30 days during 120 days. At 30 days post-vaccination, the titers of the groups A and B ranged from 80 to 160. In group A, after the booster dose, the titers increased two to four times until 3,200, while in the group B the titers were lower than 160 and decreased by one to two times after 60 days after vaccination. Using a single dose, the antibodies persisted for only 30 days, and with two doses with 30 days of interval, the antibodies were detectable for 60 days through the MAT test and 120 days through the ELISA. The MAT test detected IgM titers of vaccine only for 60 days, while the ELISA was able to detect antibodies during the 120 days. In the negative control group, nonspecific reactions occurred in the ELISA up to titer 80, however titers in the MAT of the same animals remained at zero. The ELISA test can be used to assess anti leptospire vaccinal antibody level to the serovar Hardjo, type Hardjoprajitno, strain Norma in sheep.
  • Fatores de risco associados à infecção por Cryptosporidium spp. e Giardia duodenalis em bovinos leiteiros na fase de cria e recria na mesorregião do Campo das Vertentes de Minas Gerais Animais De Produção

    Silva Júnior, Fidelis A.; Carvalho, André H.O.; Rocha, Christiane M.B.M.; Guimarães, Antônio M.

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo observacional do tipo transversal foi realizado com o objetivo avaliar os fatores de risco associados à infecção por Cryptosporidium spp. e Giardia duodenalis em bezerras provenientes de 20 propriedades leiteiras, localizadas na mesorregião do Campo das Vertentes de Minas Gerais. As propriedades foram divididas igualmente em dois grupos de acordo com o tipo de leite produzido: Grupo I = Leite B e Grupo II = Leite cru refrigerado. Amostras fecais de 356 bezerras foram coletadas no período de setembro de 2008 a agosto de 2009 e analisadas utilizando-se os métodos de Ziehl-Neelsen e flutuação em sulfato zinco a 33% para detecção, respectivamente, dos oocistos de Cryptosporidium spp. e cistos de G. duodenalis. Dados sobre práticas de manejo e condições sanitárias de criação dos bovinos foram obtidos por meio de entrevistas durante a visita a cada propriedade, no momento em que foi coletada uma única amostra de fezes de bezerras de 1 dia a 12 meses de idade. A frequência média global de bezerras infectadas por Cryptosporidium spp. foi de 21,62%, sendo a faixa etária de 7- 21 dias de idade a que apresentou o maior número de animais eliminando oocistos. Para G. duodenalis, a frequência média global foi de 25,56% e a faixa etária de 60-90 dias de idade foi a com maior número de animais com cistos nas fezes. Os resultados deste estudo indicam que infecções por Cryptosporidium spp. e G. duodenalis estão amplamente distribuídas entre fêmeas bovinas na fase de cria e recria provenientes de rebanhos leiteiros na mesorregião do Campo das Vertentes de Minas Gerais. Dentre os fatores associados a um maior risco de infecção por Cryptosporidium spp. e G. duodenalis em bezerras, discutidos neste estudo, se destacam os seguintes: a permanência no piquete maternidade por mais de 12h após o nascimento; o fornecimento de colostro a partir de 7h de vida; o primeiro fornecimento de água e concentrado entre 1 e 7 dias de idade; e a manutenção em instalação coletiva e/ou localizada próxima ao curral.

    Abstract in English:

    This cross-sectional observational study was conducted to evaluate the risk factors associated with the infection by Cryptosporidium spp. and Giardia duodenalis in calves of 20 dairy farms located in the mesoregion of Campo das Vertentes in Minas Gerais state, Brazil. The farms were divided equally into two groups according to the type of milk: Group I = B-milk, and Group II = Raw refrigerated milk. Fecal samples from 356 calves were collected from September 2008 to August 2009 and analyzed using the Ziehl-Neelsen stain and fluctuation in 33% zinc sulfate solution to detect, respectively, Cryptosporidium spp. oocysts and G. duodenalis cysts. Data on management practices and health conditions for the cattle rearing were obtained through interviews during the visit to each property at the time when a single sample was collected from feces of calves 1 day to 12 months of age. The overall average frequency of calves infected with Cryptosporidium spp. was 21.62% and the age of 7 to 21 days had the greatest number of animals eliminating oocysts. For G. duodenalis, the overall average frequency was 25.56% and the age group 60 to 90 days had the highest number of calves with cysts in the feces. The results of this study indicate that infection by Cryptosporidium spp. and G. duodenalis is common in calves from dairy cattle in the Campo das Vertentes of Minas Gerais. Among the factors associated with an increased risk of infection by Cryptosporidium spp. and G. duodenalis in calves discussed in this study, the followings stand out: Permanence in the maternity picket for more than 12 hours after birth, colostrum feeding from 7 hours after birth, the first supply of water and concentrate from 1 to 7 days of age, and maintenance in a collective installation and/or one located near the corral.
  • Estudo retrospectivo de lesões em baços de cães esplenectomizados: 179 casos Pequenos Animais

    Bandinelli, Marcele B.; Pavarini, Saulo P.; Oliveira, Eduardo C.; Gomes, Danilo C.; Cruz, Cláudio E.F.; Driemeier, David

    Abstract in Portuguese:

    Alterações de tamanho e forma em baços são frequentemente identificadas em cães e esplenectomia é medida terapêutica usual. Esse trabalho inclui as alterações detectadas em amostras de baços de cães esplenectomizados. Os casos foram avaliados quanto aos dados gerais, clínicos e patológicos. De um total de 9.085 amostras de tecidos caninos, 179 (2%) foram provenientes de baços de cães com esplenectomia total. A idade média dos cães foi 9,9 anos. Do total analisado, obteve-se 173 diagnósticos conclusivos, dos quais 120 (69,3%) corresponderam a doenças neoplásicas e, 53 (30,6%), doenças não neoplásicas. Dentre os diagnósticos neoplásicos, 92,5% (111/120) eram neoplasmas malignos e, 7,5% (9/120), benignos. As principais alterações identificadas foram hemangiossarcoma 44,1% (79/179), hiperplasia linfoide nodular 20,1% (36/179), fibrossarcoma 10,6% (19/179), hemangioma 3,9% (7/179) e doenças hemolíticas imunomediadas 3,9% (7/179), além de etástases de diferentes neoplasias 3,3% (6/179).

    Abstract in English:

    Gross changes in spleen size and shape are frequently recognized in dogs, and splenectomy is the usual measure adopted in such cases. This study includes the changes observed in spleen samples excised from dogs. Cases were evaluated on the basis of general, clinical, and histopathological findings. In the 2000-2010 period, 9085 samples of canine tissues were evaluated, 179 (2%) of which were taken from total surgical spleen removal. The mean age of dogs studied was 9.9 years. A conclusive diagnosis was obtained in 173 spleen samples, of which 120 (69.3%) were neoplastic disorders and 53 (30.6%), non-neoplastic diseases. Malignant changes corresponded to 92.5% (111/120) of the neoplastic cases, and benign ones to 7.5% (9/120). The main changes observed in spleen samples were hemangiosarcoma 44.1% (79/179), nodular lymphoid hyperplasia 20.1% (36/179), fibrosarcoma 10.6% (19/179), hemangioma 3.9% (7/179), and immune-mediated hemolytic diseases 3.9% (7/179), apart of different metastatic neoplasms 3.3% (6/179).
  • Intoxicação espontânea por Senna occidentalis em javalis (Sus scrofa ferus) no estado de Goiás Animais Selvagens

    Sant'Ana, Fabiano J.F. de; Garcia, Edismair C.; Rabelo, Rogério E.; Ferreira Júnior, Cleomar da S.; Freitas Neto, Argemiro P.; Verdejo, Ana C.F.

    Abstract in Portuguese:

    Descreve-se um surto de intoxicação por Senna occidentalis em javalis no Estado de Goiás. De um rebanho de 80 javalis, 15 adoeceram e um morreu. Os sinais clínicos observados foram apatia, prostração, ataxia, tremores musculares, incoordenação, relutância em mover-se, decúbito esternal ou lateral, paresia e paralisia espástica, principalmente dos membros pélvicos. As principais alterações macroscópicas consistiam de palidez moderada a acentuada da musculatura esquelética dos membros pélvicos e torácicos e no lombo, especialmente nos músculos da coxa. Microscopicamente, observou-se degeneração e necrose flocular, multifocal, leve a moderada, monofásica, com fragmentação de fibras na musculatura esquelética. Nos cortes transversais, havia fibras musculares tumefeitas e hipereosinofílicas. Adicionalmente, havia degeneração microvacuolar hepatocelular difusa, leve a moderada. A atividade sérica da CK estava acentuadamente elevada em dois javalis avaliados e da TGO aumentou em um javali afetado.

    Abstract in English:

    An outbreak of poisoning by Senna occidentalis in wild boars in Goiás, Brazil, is described. Out of 80 wild boars, 15 were affected and one died. Clinical signs included apathy, muscle tremors, incoordination, reluctance to move, sternal or lateral recumbence, and paresis and spastic paralysis, especially in the hind limbs. Gross lesions were characterized by moderate to severe paleness of the skeletal muscles of the hind and thoracic limbs and loin, and were marked in the thigh muscles. Histologically, a monophasic, mild to moderate, multifocal floccular muscle degeneration and necrosis with skeletal fiber sarcoplasmic fragmentation was observed. In transverse sections there were multiple swollen and hypereosinophilic muscle fibers. In addition, mild to moderate, diffuse microvacuolar degeneration was seen in the liver. Creatine phosphokinase serum activity was severely elevated in two evaluated wild boars. In one of them, there was elevation of glutamic oxaloacetic transaminase serum activity.
  • Salmonella Yoruba infection in white-tufted-ear marmoset (Callithrix jacchus) Wildlife Medicine

    Knöbl, Terezinha; Rocha, Leliane T.; Menão, Márcia C.; Igayara, Cláudia A.S.; Paixão, Renata; Moreno, Andréa M.

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi descrever um caso fatal de salmonelose em uma fêmea primata não humana (Callithrix jacchus), originária de tráfico ilegal no Brasil. O sagui foi enviado para seção de quarentena do Zoológico Municipal de Guarulhos e morreu após um episódio de diarréia profusa. Achados de necropsia incluíram enterite mucosa, hepatomegalia e necrose do fígado. Fezes e fragmentos do fígado foram coletados para testes bacteriológicos e indicaram a presença de Salmonella sp.; subsequentemente caracterizada como sorotipo Yoruba. O perfil de suscetibilidade mostrou resistência somente à tetraciclina. A cepa foi positiva para os genes que codificam os fatores de virulência investigados (invA, sefC, pefA and spvC). Os resultados indicaram o risco de introdução de sorotipos patogênicos de Salmonella por primatas em cativeiro.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to describe a fatal salmonellosis case in a non-human female primate (Callithrix jacchus), found in the illegal pet trade in Brazil. The marmoset was sent to the quarantine section of the Guarulhos City Zoo and died in the sequence of an episode of profuse diarrhea. Necropsy findings included mucous enteritis, and liver enlargement and necrosis. Feces and liver fragments were collected for bacteriological tests, which indicated the presence of Salmonella sp.; it was subsequently characterized as pertaining to the Yoruba serotype. The susceptibility profile demonstrated resistance to tetracycline only. The strain was positive for genes that encoded the virulence factors investigated (invA, sefC, pefA and spvC). The results indicated the risk of introduction of Salmonella pathogenic serotypes in primates in captivity.
  • Morfologia do funículo espermático em caprinos da raça Bhuj Brasileira Morfofisiologia

    Costa, Luis A.O. P.; Abidu-Figueiredo, Marcelo; Machado-Santos, Clarice; Borelli, Vicente; Pereira, João G. L.

    Abstract in Portuguese:

    Estudamos em 40 caprinos adultos da raça Bhuj Brasileira os aspectos histológicos do funículo espermático. Observamos que este se acha envolvido por uma cápsula de tecido conjuntivo fibroelástico denso, de espessura variável, pregueada em alguns pontos, e revestida por mesotélio que circunda todo o conjunto vásculo-nervoso, e projeta-se para formar o mesoducto deferente. Em posição subcapsular, verifica-se uma camada de tecido conjuntivo fibroelástico frouxo, de espessura variável, que circunda parcialmente o funículo espermático, isolando nas regiões deferencial e abdeferencial, conjuntos vásculo-nervosos, responsáveis pela nutrição do epidídimo. Na região do mesoducto deferente, o tecido subcapsular acompanhado de tecido adiposo constitui a camada interna deste meso, formando a sua adventícia e abrigando vasos e nervos deferenciais. Na região abdeferencial, pequenos acúmulos de tecido adiposo são vistos de permeio aos vasos e nervos desta região. Entre as artérias, veias e nervos testiculares, bem como entre os vasos das regiões deferencial e abdeferencial, observa-se o tecido conjuntivo denso, intervascular, rico em fibras elásticas, que constitui as adventícias contínuas destes vasos. O arranjo vascular mostra que o segmento da artéria testicular, contido no funículo espermático, apresenta trajeto sinuoso. Estando envolvido pelo plexo venoso pampiniforme, formado por veias testiculares desprovidas de válvulas de calibres variados, apresentando amplas comunicações entre si. As veias responsáveis pela drenagem do epidídimo e ducto deferente estão localizadas em posição subcapsular deferencial e abdeferencial e mostram-se providas de válvulas. O trato das artérias testiculares no funículo espermático apresenta como média e desvio padrão 134,6±38,1cm à direita, e 137,0±33,9cm à esquerda, não existindo diferenças estatisticamente significantes ao nível de 5%, quando comparamos a média do segmento da artéria testicular contida no funículo espermático direito em relação ao esquerdo.

    Abstract in English:

    Histological aspects of the spermatic cord were studied in 40 Brazilian Bhuj goats. It was seen that the spermatic cord is involved by a thin capsule of compact connective tissue recovered by mesothelium which forms an expansion, the mesodeferens. Under this capsule is a subcapsular layer of variable thickness, formed by loose elastic fiber connective tissue that mixes with deep layer of the mesodeferens and with the adventitia of ductus deferens. Between the testicular artery and testicular veins exists an intervascular compact elastic fiber connective tissue in continuity with the adventitia of spermatic cord vessels. In the abdeferential region of the spermatic cord exists a neurovascular contingent, the vessels of which generally have inferior calibers and similar constitution and arrangement as the testicular artery and veins; the described contingent is related to nutrition of the initial portion of ductus deferens and part of the epididymis head and body. The vascular arrangement shows that the segment of the testicular artery in the spermatic cord has a sinuous disposition and is totally involved by the venous plexus formed by testicular vein valves with irregular outlines, diverse calibers and large connections. The length of the intra spermatic cord segment of the testicular artery has a medium and standard deviation of 134.6±38.1cm on the right and 137±33.9cm on the left. There were no statistical differences between the right and left medium ranges.
  • Apoptose na maturação placentária de vacas em diferentes estágios de gestação: evidenciação imuno-histoquímica e bioquímica Morfofisiologia

    Meça, Karina K.O.L.; Del Puerto, Helen L; Rodrigues, Luciana V.; Rachid, Milene A.; Pereira, Nubia B.; Cândido, Márcia G.L.; Vasconcelos, Anilton C.

    Abstract in Portuguese:

    Apoptose tem um papel importante na manutenção da homeostase placentária, e o desequilíbrio desse processo pode comprometer a gestação. O objetivo do presente estudo foi avaliar a ocorrencia de apoptose em amostras de placenta de vacas em diferentes fases de gestação. Amostras de placentomos de 15 vacas saudáveis com 4 (n=5), 6 (n=5) e 9 (n=5) meses de gestação foram colhidas e processadas rotineiramente para a histologia, imuno-histoquímica e isolamento de DNA. As lâminas obtidas foram coradas em HE, ou submetidas à análise imuno-histoquímica das proteínas pró-apoptóticas caspase-3 e Bax, e da proteína anti-apoptótica Bcl-2. O DNA isolado foi submetido à eletroforese em gel de agarose para detecção da fragmentação internucleossômica do genoma. Os resultados de histomorfometria revelaram que as células apoptóticas aumentaram progressivamente com o avanço da gestação. Confirmou-se a apoptose pela fragmentação característica do DNA genômico, visualizada pelo clássico "padrão em escada" na eletroforese em gel de agarose. Adcionalmente, a imunoexpressão de caspase-3, Bax e Bcl-2 foram observadas em todas as amostras. Entretanto, a proteína caspase-3 apresentou marcação mais intensa em todos os tempos gestacionais, quando comparada com a marcação das proteínas Bcl-2 e Bax. Esses resultados confirmam e reforçam a importância da apoptose na maturação placentária. Além disto, indica que caspase-3, Bax e Bcl-2 estão envolvidas nos mecanismos de ativação da apoptose pela via intrínseca mitocondrial ao longo da gestação, contribuindo para o equilíbrio fisiológico da celularidade e renovação celular na placenta bovina.

    Abstract in English:

    Apoptosis is important for placental homeostasis maintenance, and a misbalance in this process may compromise the success of pregnancy. The aim of this study is to evaluate apoptosis in bovine placental samples at different stages of pregnancy. Placentome samples from 15 healthy cows, at gestational ages of 4 (n=5), 6 (n=5) and 9 (n=5) months were collected and routinely processed for histological and immunohistochemical analysis, and for DNA isolation. Histopathology sections were stained with HE. Others were submitted to immunohistochemistry, using pro-apoptotic caspase-3 and Bax protein, and anti-apoptotic Bcl-2 specific antibodies. Isolated DNAs were processed for electrophoresis in agarose gel, for detection of internucleosomal fragmentation. Histomorphometry results demonstrated that apoptotic cells gradually increase with the advance of the gestation. Also, the DNA ladder pattern was observed in all groups. In addition, caspase-3, Bax and Bcl-2 were all expressed in the three different gestation periods. However, caspase-3 presented a higher expression in all groups, in comparison to Bcl-2 and Bax. These results confirm the importance of the apoptosis in the placental maturation. Also, these results indicated that caspase-3, Bcl-2 and Bax are involved in apoptotic activation mechanisms by mitochondrial intrinsic pathway during placental maturation, contributing for physiological cellularity and cellular turn over balance in bovine placenta.
Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Pesquisa Veterinária Brasileira, Caixa Postal 74.591, 23890-000 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel./Fax: (55 21) 2682-1081 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: pvb@pvb.com.br