O paradigma weberiano da ação social: um ensaio sobre a compreensão do sentido, a criação de tipos ideais e suas aplicações na teoria organizacional

Lúcio Flávio Renault de Moraes Antonio Del Maestro Filho Devanir Vieira Dias Sobre os autores

Este trabalho foi elaborado com o propósito de resgatar e compreender o elo de ligação existente entre o pensamento weberiano e a teoria das organizações ocidentais, fortemente influenciadas pela ética capitalista. Apresenta as conexões causais e os tipos ideais e seu respectivo papel na elaboração de instrumentos de pesquisa em ciências sociais. A teoria weberiana considera as organizações como sistemas burocráticos, que constituem o ponto de partida para sociólogos e cientistas políticos no estudo das organizações. O trabalho aborda também a sociologia compreensiva da ação social e apresenta as características positivas e negativas da burocracia. Enfatiza ainda a dominação ideológica do capitalismo, que vem sendo cada vez mais reforçada pelos programas de treinamento e desenvolvimento nas empresas.

pensamento weberiano; tipos ideais; burocracia; teoria organizacional; hermenêutica


Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração Av. Pedro Taques, 294,, 87030-008, Maringá/PR, Brasil, Tel. (55 44) 98826-2467 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: rac@anpad.org.br