Accessibility / Report Error

Tromboprofilaxia: recomendações médicas e programas hospitalares

O tromboembolismo venoso (TEV) é a principal causa evitável de óbito hospitalar. O TEV hospitalar está relacionado a mais de 50% dos episódios de TEV, podendo ocorrer durante ou após a hospitalização. A tromboprofilaxia, em pacientes selecionados, é a abordagem recomendada para pacientes internados. A seleção de pacientes para tromboprofilaxia requer a estratificação do risco de TEV, que inclui a doença básica acrescida de fatores adicionais de risco ou modelos padronizados de avaliação de riscos (RAM). As categorias de risco orientam a seleção da tromboprofilaxia, que pode incluir medidas gerais, mecânicas, medicamentosa ou combinada. Embora os protocolos tromboprofiláticos existam há décadas, muitos pacientes em risco (20% a 75%) continuam a não receber a tromboprofilaxia recomendada. O objetivo deste estudo é alertar sobre a importância do tema e orientar a formulação de estratégias para a organização de programas de tromboprofilaxia hospitalar, em nosso meio.

Tromboembolia venosa; fatores de risco; hospitalização; prevenção primária


Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br