Accessibility / Report Error

Atividade física e função sexual em mulheres de meia idade

Objetivo

Avaliar uma possível relação existente entre a prática de atividade física e a função sexual em mulheres de meia idade.

Métodos

Estudo de corte transversal com 370 mulheres entre 40 e 65 anos, atendidas em unidades públicas de saúde em uma cidade brasileira de médio porte. Foi utilizado questionário para avaliar características sociodemográficas, clinicas e comportamentais, o IPAQ (International Physical Activity Questionnaire) para avaliar nível de atividade física e o FSFI (Female Sexual Function Index) para avaliar sexualidade.

Resultados

A média de idade das mulheres estudadas foi de 49.8 anos (± 8.1), 67% delas apresentaram algum grau de disfunção sexual (FSFI ≤ 26.55). Mulheres sedentárias apresentaram maior prevalência de disfunção sexual (78.9%) quando comparadas as mulheres ativas (57.6%) e moderadamente ativas (66.7%) (p = 0.002). Mulheres fisicamente ativas obtiveram maiores escores do FSFI total (20.9) e em todos os domínios (desejo, excitação, lubrificação, orgasmo, satisfação e dor) quando comparadas as moderadamente ativas com escore total de 18,8 e sedentárias de 15,6 (p <0.05), indicando melhor função sexual das fisicamente ativas quando comparadas as sedentárias.

Conclusão

A atividade física parece influenciar favoravelmente a função sexual de mulheres de meia idade.

atividade física; sexualidade; mulheres de meia-idade; menopausa


Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br