Accessibility / Report Error

Evaluation of 880 patients diagnosed with acute pancreatitis according to the Revised Atlanta Classification: A single-center experience

Omer Burcak Binicier Hatice Cilem Binicier Sobre os autores

RESUMO

OBJETIVO

A Classificação de Atlanta revisada (RAC) é cada vez mais usada na avaliação de pacientes diagnosticados com pancreatite aguda (PA). Em nosso estudo, objetivamos avaliar a etiologia, a gravidade da doença e as taxas de mortalidade de pacientes diagnosticados com PA em nosso centro nos últimos seis anos.

MÉTODOS

Foram avaliados pacientes diagnosticados com PA entre 2013 e 2018. Avaliaram-se a etiologia da PA, os dados demográficos, a gravidade da doença e as taxas de mortalidade de acordo com a RAC.

RESULTADOS

Um total de 880 pacientes foi incluído no estudo. Quinhentos e dezoito (59%) pacientes eram do sexo feminino e 362 (41%) do sexo masculino. Na etiologia, 474 (53,9%) pacientes apresentaram PA biliar (PAB), 71 (8,1%) PA hiperlipidêmica (PAH) e 44 (5%) PA alcoólica (PAA). De acordo com a RAC, 561 (63,7%) pacientes estavam em PA leve (MAP), 268 (30,5%) estavam em PA moderadamente grave (MSAP) e 51 (5,8%) estavam em grupos de PA grave (SAP). A taxa de mortalidade foi de 4,8% no grupo MSAP e de 49% no grupo SAP. A mortalidade foi vista como 2,3 vezes em pacientes acima de 65 anos e 3,7 vezes em pacientes com cardiopatia isquêmica.

CONCLUSÕES

Em nosso país, o PAB ainda é a principal etiologia da pancreatite aguda. Ao longo dos anos, observamos uma diminuição nos casos de PAB e PA idiopática, enquanto houve um aumento nos casos de PAH devido a fatores como mudança de estilo de vida e nutrição gordurosa. Descobrimos que a mortalidade estava associada à gravidade da doença, idade avançada (>65 anos), hipertensão e cardiopatia isquêmica, independentemente da etiologia.

Pancreatite/etiologia; Pancreatite necrosante aguda; Índice de gravidade de doença

Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br