Accessibility / Report Error

Caracterização do desempenho motor de recém-nascidos em unidade neonatal de nível terciário

Resumo

Objetivo:

caracterizar o desempenho motor de recém-nascidos em unidade neonatal de nível terciário e comparar os resultados com os valores normativos preconizados pelo Test of Infant Motor Performance (TIMP).

Método:

foram incluídos recém-nascidos entre 34 e 416/7 semanas de idade gestacional corrigida, em respiração espontânea e estado de consciência 4 ou 5, segundo Brazelton. Para avaliar o desempenho motor, foi utilizado o TIMP.

Resultados:

os grupos etários de 34-35 e 36-37 semanas apresentaram em média escore TIMP semelhante aos valores de referência; já nos grupos etários 38-39 semanas e 40-41 semanas, os escores TIMP foram estatisticamente menores que os valores de referência (p<0,001 e p=0,018, respectivamente). Os grupos de 34-35 e 36-37 semanas foram classificados como dentro da média, enquanto os grupos 38-39 e 40-41 semanas como média baixa. As classificações abaixo da média e muito abaixo da média não foram observadas.

Conclusão:

os recém-nascidos apresentaram escores dentro da média quando comparados aos valores de referência do TIMP; porém, houve dois grupos cujo desempenho se situou na classificação média baixa. Houve diferença significativa no desempenho motor dos recém-nascidos nos grupos etários de 38-39 e 40-41 semanas. Esse comportamento sugere que a casuística estudada apresenta particularidades que, possivelmente, influenciaram de modo negativo o desempenho motor. Os resultados obtidos mostram que o TIMP é instrumento de grande utilidade e pode ser usado com segurança em unidade neonatal terciária.

Palavras-chave
recém-nascido; desempenho motor; TIMP; prematuro; avaliação de atraso motor

Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br