Tradução, adaptação cultural para o Brasil e validação do questionário sobre qualidade de vida em úlceras venosas de membros inferiores (VLU-QoL-Br)

Renata Boldrin de Araújo Maria Rita Parise Fortes Luciana Patrícia Fernandes Abbade Hélio Amante Miot Sobre os autores

Objetivo:

traduzir o instrumento Venous legulcer quality of life questionnaire (VLU-QoL), adaptá-lo culturalmente para o português do Brasil e validá-lo com pacientes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB) da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Métodos:

o questionário foi traduzido por um tradutor profissional e por dois dermatologistas especialistas na área de úlceras venosas (UV), sendo reformulado em reunião com os três tradutores. O constructo (VLU-QoL-Br) foi submetido a pré-entrevista com 10 portadores de UV para a adaptação da linguagem. Posteriormente, foi aplicado em pacientes do HC-Unesp, e como teste-reteste para verificação de sua reprodutibilidade.

Resultados:

foram avaliados 82 pacientes, sendo 56 (68%) do sexo feminino. A idade média foi de 67,3 anos. O questionário foi traduzido, adaptado e aplicado aos pacientes. O constructo apresentou alta consistência interna (alfa= 0,94) e adequada correlação item-total. Quando avaliados os 32 retestes, observou-se correlação intraclasse para concordância de 0,78 (p < 0,01), indicando boa reprodutibilidade do constructo. A análise fatorial confirmatória corroborou as dimensões do questionário original: atividades, psicológico e sintomas. Escores do VLU-QoL-Br se associaram, independentemente, à área total das úlceras e a menor escolaridade dos sujeitos (p < 0,01).

Conclusão:

a tradução, a adaptação e a validação do questionário VLU-Qol-Br demonstrou boa performance psicométrica, permitindo seu uso clínico no Brasil. É importante avaliar seu desempenho em outras regiões e em diferentes amostras de indivíduos.

úlcera da perna; insuficiência venosa; úlcera varicosa; qualidade de vida; estudos de validação


Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br