Correlação entre o estresse do cuidador e as características clínicas do paciente portador de demência

Correlation between burden on caregiver and clinical characteristics of patients with dementia

OBJETIVOS: Relacionar estresse dos cuidadores de pacientes dementes com características dos pacientes e cuidadores. MÉTODOS: Análise de prontuários. Variáveis do paciente: sóciodemográficas, comorbidades, medicamentos (atual e prévio), tempo de história e diagnóstico, tipo da demência e gravidade (cognitiva e funcional), sintomas neuropsiquiátricos e comportamentais. Variáveis do cuidador: sóciodemográficas, vínculo com paciente, tempo de cuidado e se residia com paciente. Sobrecarga avaliada pelo questionário de Zarit. RESULTADOS: Sessenta e sete pacientes (76,8 anos (± 6,2), 53,7% mulheres). Oitenta e dois por cento dos cuidadores são mulheres. Relação direta entre estresse e sintomas comportamentais (p<0,001), prejuízo funcional (p=0,003), tempo de história (p=0,016) e de cuidado (p<0,001), diagnóstico prévio (p=0,016) e fato de residir com paciente (p=0,002). Pontuações nos testes cognitivos (Mini Mental e CAMCOG) inversamente proporcionais à sobrecarga (p=0,005 e p=0,023). Cuidadores negros apresentaram menor estresse (p=0,012). CONCLUSÃO: Relacionou-se o estresse aos sintomas neuropsiquiátricos e comportamentais, comprometimento funcional e cognitivo, e tempo de história, cuidado e convivência. Encontrada menor sobrecarga em cuidadores negros.

Demência; Cuidador; Estresse


Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br