Primary infratentorial diffuse large b-cell lymphoma: a challenging diagnosis in an immunocompetent patient

Gabriel Laverdi Beraldo Angelo Borsarelli Carvalho Brito Márcia Torresan Delamain Carmino Antonio de Souza Carmen Silvia Passos Lima João Felipe Leite Bonfitto Luciano de Souza Queiroz Fabiano Reis Sobre os autores

RESUMO

Descrevemos o caso de uma paciente do sexo feminino, de 52 anos, apresentando história de tontura e perda da coordenação motora do lado esquerdo há duas semanas. A RM (ressonância magnética) de crânio revelou uma lesão hiperintensa nas imagens ponderadas em T2, sem restrição à difusão, localizada no pedúnculo cerebelar médio esquerdo. A espectroscopia demonstrou pico de lipídeos, sem elevação do volume sanguíneo cerebral relativo (rCBV) à perfusão. A paciente foi submetida à biópsia a céu aberto, estabelecendo o diagnóstico de linfoma difuso de grandes células B (DLBCL). Houve remissão dos sintomas após o início do tratamento com dexametasona endovenosa, seguida de quatro ciclos de metotrexato associado à citarabina. Após três meses, a paciente retornou apresentando rebaixamento do nível de consciência, e a RM de crânio revelou uma nova lesão de origem linfomatosa no giro frontal superior direito. A paciente faleceu após cinco dias.

PALAVRAS-CHAVE:
Cerebelo; Linfoma difuso de grandes células B; Espectroscopia de ressonância magnética; Pedúnculo cerebelar médio

Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br