• O controle glicêmico estrito piora o risco cardiovascular no diabetes tipo 2? Editorial

    Tambascia, Marcos
  • Causas mal definidas de morte e óbitos sem assistência, Brasil, 2003 Editorial

    Menezes, Paulo Rossi
  • A reeducação postural global é uma ferramenta útil no tratamento da incontinência urinária de esforço feminina? Editorial

    Ribeiro, Fernando
  • Esfincterotomia química no tratamento da fissura anal Panorama Internacional

    Ilias, Elias Jirjoss; Kassab, Paulo
  • Apendicite aguda com peritonite: é útil a drenagem da cavidade peritonial? Panorama Internacional

    Tannuri, Uenis
  • Ressuscitação intra-uterina no trabalho de parto: existe factibilidade atualmente no Brasil? À Beira do Leito

    Miyadahira, Seizo; Nomura, Roseli Mieko Yamamoto; Zugaib, Marcelo
  • Qual a importância da análise orçamentária de projetos de pesquisa clínica? À Beira do Leito

    Bueno, Mariana; Nunes, Denise Batista; Dainesi, Sonia Mansoldo
  • Tromboembolismo e câncer de mama: quando indicar a profilaxia medicamentosa? À Beira do Leito

    Oliveira, Vilmar M. de; Aoki, Tsutomu; Aldrighi, José M.
  • Assistência pré-natal: parte II Diretrizes em Foco

  • Parei de fumar! Correspondências

    Stauch, Christian
  • Bronquiolite aguda, uma revisão atualizada Correspondências

    Carvalho, Werther Brunow de
  • Atualização na assistência pré-natal Acreditação

    Melo, Victor Hugo de; Rio, Suzana Maria Pires do; Bernardo, Wanderley Marques
  • Tumor de frantz (tumor sólido-cístico de pâncreas) Imagem em Medicina

    Ilias, Elias Jirjoss; Kassab, Paulo; Castro, Osvaldo Antonio Prado; Vincenzi, Rodrigo; Safatle, Nadim
  • Avaliação do efeito cumulativo do antimoniato de meglumina sobre a prole de camundongos swiss: ensaio biológico Artigos Originais

    Santos, Michelle Rodrigues dos; Krignl, Clarisse Juliana; Nava, Alexandra; Reik, Camila Michele Sabedot; Silva, Fabiana Ernestina Barcellos da; Roman, Silvane Souza

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Avaliar o efeito do antimoniato de meglumina na transferência materno-fetal na geração F1 (prole de matrizes expostas ao composto), e conseqüências em progênies F2. MÉTODOS: Camundongos fêmeas Swiss foram tratados com antimoniato de meglumina, via subcutânea, com administração diária, do sétimo ao 12º dia de gestação (ddg), na dose equivalente a 100mgSb v/kg peso/dia. O grupo controle recebeu apenas o veículo (água destilada). Após o nascimento da prole (geração F1), 59 fêmeas foram examinadas diariamente para determinação do ciclo estral. Quando determinado o ciclo estro, acasalou-se 18 fêmeas com machos da mesma linhagem. No 18º ddg, as fêmeas foram eutanasiadas por câmara de CO2, o abdômen incisado e o útero exposto, quando avaliou-se os sítios de desenvolvimento embrionário e fetal quanto ao número de reabsorções, fetos vivos e mortos. Todos os fetos e placentas foram pesados para calcular o índice placentário. Três placentas de cada ninhada foram separadas para análise microscópica. RESULTADOS: A exposição ao antimoniato de meglumina não interferiu no ciclo estral dos animais tratados, pelo fato de não alterar o intervalo precoital e o índice de fertilidade. Não foram observadas alterações placentárias em progênies F2. CONCLUSÃO: O antimoniato de meglumina não altera a performance reprodutiva das mães expostas cronicamente. Estes dados sugerem que ocorre uma gradual eliminação do antimoniato de meglumina no organismo materno, sem acarretar danos a proles futuras.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: Evaluate the effect of Meglumine Antimoniate on maternal-fetal transference in F1 generations (offspring of dams exposed to the drug), and embryotoxicity in F2 generations. METHODS: Female Swiss mice were treated with daily s.c. injection of Meglumine Antimoniate (100mgSb v/kg bw/day) from day 7 until day 12 of pregnancy. The control group received only the vehicle (distilled water). After birth of offspring (F1 generation), 59 females were examined daily for determination of the estral cycle. When the cycle estrus was determined, males were mated with 18 females of the same lineage. On day 18 of pregnancy, females were euthanasied in a chamber of CO2 and after incision of the abdomen, the uterus was exposed. Then, resorptions as well as living and dead fetuses were evaluated, also the number of embryo/fetal implantation sites. Fetuses and their placenta were weighted to calculate the placental index. Three placentas of each litter were separated for microscopic analysis. RESULTS: Administration of the Meglumine Antimoniate did not interfere in the estral cycle of the treated group, since it did not alter the precoital interval and fertility index. Placenta alterations were not observed in the F2 generations. CONCLUSION: Meglumine Antimoniate did not interfere in the reproductive performance, after chronic exposition of dams. Data suggest that there is a gradual elimination of Meglumine Antimoniate by the maternal organism without damaging the future offspring.
  • Impacto da reeducação postural global no tratamento da incontinência urinária de esforço feminina Artigos Originais

    Fozzatti, Maria Celina Martins; Palma, Paulo; Herrmann, Viviane; Dambros, Miriam

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar os efeitos da reeducação postural global (RPG) nos sintomas de incontinência urinária de esforço (IUE) e a qualidade de vida em um grupo de mulheres incontinentes. MÉTODOS: Ensaio clínico aberto, tipo antes e depois, prospectivo, não randomizado. Foram selecionadas 26 mulheres com queixa clínica e estudo urodinâmico compatível com IUE, do Ambulatório de Uroginecologia do Hospital das Clínicas da UNICAMP. A idade média foi de 50,76 anos (23 a 72 anos). Todas as mulheres foram avaliadas por anamnese, exames clínicos e uroginecológico, avaliação postural. Todas foram submetidas a tratamento com RPG, em sessões individuais de 50 minutos semanais por três meses e quinzenais por mais três meses. As pacientes foram submetidas a posturas de alongamento propostas pela técnica, em que se coloca em tensão as cadeias musculares responsáveis pela postura estática e estrutura do corpo. O trabalho ativo da paciente nas correções, aliado à atuação do fisioterapeuta, levam ao reequilíbrio das tensões musculares e reestruturação do corpo, o que pode favorecer as funções, especificamente as relacionadas ao assoalho pélvico. Ao término do tratamento, e após seis meses, as pacientes foram reavaliadas através do questionário de impressão geral de melhora, dos domínios relacionados à IUE do King's Health Questinnaire: impacto da incontinência, em que se avaliam os prejuízos na qualidade de vida; percepção geral da saúde, qual a classificação que a paciente dá para sua saúde no momento e a presença do sintoma de perda por esforço; avaliação funcional do assoalho pélvico (AFA) e número de trocas de protetores diários. RESULTADOS: No término do tratamento, quatro pacientes (16%) estavam curadas, dezoito (72%) melhoraram significativamente e três (12%) falharam. Após seis meses, seis pacientes (24%) estavam curadas, 16 (64%) melhoraram e três (12%) falharam (p <0,001). Ao avaliarmos a qualidade de vida das pacientes, observamos melhora significativa (p <0,05) em todos os domínios questionados, destacando-se percepção geral da saúde, impacto da incontinência e número de episódios de perda. A avaliação do funcional do assoalho pélvico (AFA) e do teste do absorvente (número de troca/dia) também mostrou melhora significativa (p<0,001) nos diferentes tempos de coleta. CONCLUSÃO: Os resultados mostram que a RPG pode ser uma alternativa para o tratamento da IUE.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the effect of global postural reeducation (GPR) on stress urinary incontinence (SUI) and quality of life in SUI female patients METHODS: The study design was a prospective non-randomized clinical trial. Twenty-six patients with symptoms of SUI were selected from the Urogynecology Outpatient Clinics of the State University of Campinas (Unicamp), state of São Paulo, Brazil. Age ranged from 23 to 72 years old (mean 50.8). All women were submitted to anamnesis, physical exam, postural evaluation and urodynamic testing. Patients were treated by the GPR in individual 50 minute sessions weekly for three months and twice a month for the next three months. All patients were re-evaluated at the end of treatment and six months later by means of General Impression of Improvement, Incontinence Impact, General Perception of Health, Functional Evaluation of the Pelvic Floor, Number of Leaking Episodes and Pad Use. RESULTS: At the end of treatment 4 (16%) of the patients were cured, 18 (72%) had improved significantly and 3 (12%) failed. At 6 months, 6 (24%) were cured, 16 (64%) improved and 3 (12%) failed (p<0.001). Quality of Life questionnaires presented significant improvement (p<0.05) in all domains, with emphasis on General Perception of Health, Incontinence Impact and number of leaking episodes. The Functional Evaluation of the Pelvic Floor and Pad Use also presented significant (p<0.001) improvement. CONCLUSION: These results may demonstrate that GPR is an efficient alternative for treatment of stress urinary incontinence.
  • Causas mal definidas de morte e óbitos sem assistência Artigos Originais

    Santo, Augusto Hasiak

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Este trabalho estuda a distribuição dos óbitos por causas mal definidas no Brasil, no ano de 2003, entre as quais identifica a proporção de mortes sem assistência. MÉTODOS: Os dados provieram do Sistema de Informações Sobre Mortalidade, coordenado pelo Ministério da Saúde. As causas mal definidas de morte compreenderam as incluídas no "Capítulo XVIII - Sintomas, sinais e achados anormais de exames clínicos e de laboratório não classificados em outra parte" da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde, décima revisão, capítulo este no qual a categoria R98 identificava a "morte sem assistência". RESULTADOS: No Brasil, em 2003, a causa básica de 13,3% dos óbitos foi identificada como mal definida, sendo que as proporções maiores ocorreram nas Regiões Nordeste e Norte. Do total de causas mal definidas no país, 53,3% corresponderam a mortes sem assistência, proporção esta que superou 70% nos Estados do Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia, Paraíba e Alagoas. CONCLUSÃO: Dada a estrutura descentralizada para o levantamento dos óbitos no país, identifica-se a maior responsabilidade dos municípios e, em seguida, dos Estados para o aprimoramento da qualidade das estatísticas de mortalidade.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: We studied the distribution of deaths from ill-defined causes that occurred in Brazil during 2003, from which was identified the proportion of unattended deaths. METHODS: Data were obtained from the Mortality Information System, coordinated by the Ministry of Health. Causes of death included in "Chapter XVIII - Symptoms, signs and abnormal clinical and laboratory findings, not classified elsewhere" of the International Statistical Classification of Diseases and Related Health Problems, tenth revision, were considered ill-defined, among which the category R98 identified "unattended deaths". RESULTS: In Brazil during 2003 the underlying causes of 13.3% of deaths were included in the Chapter of ill-defined causes, and the highest proportions of these deaths occurred in the Northeast and North Regions. Considering the total deaths from ill-defined causes, 53 % correspond to unattended deaths. This proportion increased to over 70% in the states of Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia, Paraíba and Alagoas. CONCLUSION: Due to the decentralized structure of data collection in the country, we believe that the municipalities bear the major responsibility, followed by the states, for upgrading the quality of mortality statistics.
  • Conhecimento de adolescentes grávidas sobre anatomia e fisiologia da reprodução Artigos Originais

    Carvacho, Ingrid Espejo; Pinto e Silva, João Luiz; Mello, Maeve Brito de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Verificar o conhecimento sobre alguns aspectos do aparelho genital feminino, da fisiologia da reprodução e sua associação com características sociodemográficas e "escolhas" reprodutivas em adolescentes gestantes. MÉTODOS: Realizou-se um estudo de corte transversal com 200 adolescentes primigestas, durante a primeira consulta de pré-natal no Ambulatório da Mulher de Indaiatuba, São Paulo. Foram feitas entrevistas face a face, com questionário estruturado e um modelo feminino tridimensional confeccionado artesanalmente para coleta dos dados. Os dados foram analisados utilizando-se os testes Qui-quadrado de Pearson, ou Exato de Fisher, e por regressões logísticas múltiplas, para verificar associações entre indicadores do conhecimento sobre anatomia dos órgãos genitais femininos, fisiologia dos órgãos e da reprodução com características sociodemográficas e "escolhas" reprodutivas. RESULTADOS: A maioria tinha conhecimento insatisfatório sobre anatomia (55,5%), com os órgãos externos sendo identificados com maior facilidade e melhor localizados do que os internos; fisiologia dos órgãos (61%); e aspectos fisiológicos da reprodução (76,5%). Algumas associações significativas foram estabelecidas entre o conhecimento e a idade dos parceiros, diferença de idade do casal, manutenção do vinculo após ocorrência da gravidez, filiação religiosa e escolaridade da adolescente. Não houve associação entre os indicadores de conhecimento estudados com a utilização de método anticoncepcional na primeira relação sexual e a intenção de ter um filho naquele momento. CONCLUSÃO: Este estudo faz emergir a complexidade da relação entre o conhecimento sobre anatomia e fisiologia reprodutivas e a temática da gravidez na adolescência, evidenciando a necessidade de abordagens mais contextualizadas dos conteúdos de programas de educação sexual, quando seu foco for a redução da gravidez precoce.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: To study knowledge of some aspects of the female reproductive anatomy and physiology and their association with socio-demographic and reproductive "choices" of pregnant adolescents. METHODS: A cross-sectional study was performed with 200 first time pregnant adolescents who attended a public women's health clinic in the municipality of Indaiatuba, Sao Paulo, Brazil. During their first prenatal care visit, face-to-face interviews were conducted using a structured questionnaire and a three-dimensional handmade female model. Bivariate data analyses were performed using Person's Chi-square or Fisher Exact test. Data were also analyzed using multivariate logistic regression models to test for associations of indicators of knowledge of female reproductive anatomy, physiology of female reproductive organs and physiology of reproduction with socio-demographic characteristics and reproductive "choices". RESULTS: The majority had little knowledge of anatomy (55.5%), with external organs more easily identified and placed than the internal; of physiology of reproductive organs (61.0%), and of physiology of reproduction (76.5%). Associations were found between knowledge and age of partner, couple difference of age, maintenance of the relationship with partner after pregnancy, religious affiliation, and level of education. No association was found between indicators of knowledge with use of contraceptives at first intercourse and with intention of having the baby at that time. CONCLUSION: This study addressed the complexity of the relationship between knowledge of reproductive anatomy and physiology and the theme of adolescent pregnancy, and emphasized the need for more contextualized approaches of programmatic contents on sexual education, in view of the intention to reduce early pregnancy.
  • Caracterização da dor crônica e métodos analgésicos utilizados por idosos da comunidade Artigos Originais

    Dellaroza, Mara Solange Gomes; Furuya, Rejane Kiyomi; Cabrera, Marcos Aparecido Sarria; Matsuo, Tiemi; Trelha, Celita; Yamada, Kiyomi N.; Pacola, Lílian

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Caracterizar a dor crônica e os métodos analgésicos utilizados por idosos residentes na área de abrangência de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), localizada na região norte da cidade de Londrina (PR). MÉTODOS: Estudo transversal descritivo com todos os indivíduos com 60 anos ou mais residentes na área de abrangência da UBS, através de inquérito domiciliar. Utilizou-se como critério de dor crônica a dor de duração mínima de seis meses. Os idosos foram questionados sobre as características da dor quanto à localização, duração, freqüência, intensidade, fatores de melhora e de piora, assim como o impacto da dor na vida do indivíduo e descrição dos métodos analgésicos utilizados. RESULTADOS: Foram entrevistados 172 idosos (101 mulheres e 71 homens). A presença de dor crônica foi observada em 107 (62,21%); no sexo feminino esta prevalência foi de 69,3% e no masculino 52,1% (p = 0,004). Os idosos mais velhos - 80 anos ou mais - apresentaram maior referência de dor crônica (p = 0,01), assim como os idosos com depressão (p<0,001). Os locais de maior prevalência de dor foram membros inferiores e região dorsal, com 31,25% cada, sendo que grande número de idosos referiam dor diária, contínua e de alta intensidade. Em relação aos métodos analgésicos, houve predomínio dos métodos farmacológicos, referidos por 86 idosos (80,37%), e com maior utilização de analgésicos simples (32,6%). CONCLUSÃO: Os dados mostram que há uma grande prevalência de dor crônica nessa população de idosos, principalmente nas mulheres com 80 anos ou mais e nos indivíduos depressivos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To characterize chronic pain and analgesic approaches in community- dwelling elderly of the northern district of Londrina - Brazil. METHODS: Cross-sectional study with individuals 60 years old and more, resident in the local area of a Basic Health Unit (UBS) of Londrina, by home inquiry. Chronic pain was defined as pain lasting for six months or more. The elderly with pain, were questioned about characteristics of the pain as regards location, duration, frequency, intensity, improvement and worsening situations, as well as the impact of pain in the quality of life and also about analgesic approaches. RESULTS: One hundred and seventy two elderly were interviewed (101 women and 71 men). Presence of chronic pain was observed in 107 (62.%) of these 69.3% were female and 52.1% male (p = 0.004). The very old people, 80-year-old or more (p=0.01) and the depressive elderly (p=0.0008) presented higher frequency of chronic pain. Most prevalent pains were in the legs and back, with 31.2% each, and the majority of elderly referred to continuous, daily high intensity pain. Regarding analgesic approaches, the pharmacologic method was mentioned by 86 elderly (80.4%) and simple analgesic (32.6%) was the most used. CONCLUSION: Facts show that there is a high predominance of chronic pain in the population of elderly, mainly in women, in very old people and in depressive individuals.
  • Estudo comparativo dos efeitos da talidomida, da ciclosporina e do diclofenaco na sobrevida de aloenxertos cutâneos em coelho Artigos Originais

    Chaves, Diva Novy Barbosa; Alberti, Luiz Ronaldo; Petroianu, Andy

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Verificar se a talidomida é capaz de evitar a rejeição de aloenxertos de pele em coelhos, como droga isolada, ou melhorar a eficácia de doses subterapêuticas de ciclosporina, comparando seu efeito ao de doses terapêuticas da ciclosporina e também ao papel antiinflamatório do diclofenaco de sódio. MÉTODOS: Foram estudados 42 coelhos, distribuídos nos seguintes grupos (n=6): Grupo 1 - controle com auto-enxerto; Grupo 2 - controle com aloenxerto; Grupo 3 - aloenxerto sob o efeito de talidomida (100 mg/kg/dia); Grupo 4 - aloenxerto sob o efeito de diclofenaco de sódio (2 mg/kg/dia); Grupo 5 - aloenxerto sob o efeito de ciclosporina (10 mg/kg/dia); Grupo 6 - aloenxerto sob o efeito de ciclosporina (5 mg/kg/dia); Grupo 7 - aloenxerto sob o efeito de ciclosporina (5 mg/kg/dia) associada a talidomida (100 mg/kg/dia). Foram retirados enxertos circulares de pele total do dorso de uma das orelhas do animal. Os medicamentos foram administrados por cateter orogástrico, a partir do dia anterior ao transplante. Os enxertos foram trocados entre coelhos de raças diferentes. RESULTADOS: A ciclosporina a 10 mg/kg/dia prolongou a sobrevida dos enxertos de pele, sendo seu efeito comparável ao obtido com a ciclosporina em dose subterapêutica (5 mg/kg/dia) associada a talidomida a 100 mg/kg/dia. A talidomida isoladamente, mesmo em concentração de 100 mg/kg/dia, e o diclofenaco tiveram efeito mínimo na sobrevida média dos aloenxertos cutâneos. O número de eosinófilos no infiltrado inflamatório circunjacente à necrose foi maior nos grupos tratados com diclofenaco e com ciclosporina a 5 mg/kg/dia e menor no grupo em que se associou ciclosporina com talidomida. CONCLUSÃO: A talidomida pode ser uma droga útil para associar-se a baixas doses de ciclosporina no tratamento de aloenxertos cutâneos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Allografting is one of the therapeutic alternatives for extensive burn victims without sufficient skin donor areas. This research studied the effects of cyclosporine, as an immunosuppressor model, and thalidomide and dyclofenac as anti-inflammatory drugs on an experimental skin allograft research. METHODS: Forty-two rabbits were divided in the following groups (n=6): Group 1 - autografting control; Group 2 - allografting control; Group 3 - allografts under thalidomide effect (100 mg/kg/day); Group 4 - allografts under sodium dyclofenac effect (2 mg/kg/day); - Group 5 -allografts under cyclosporine effect (10 mg/kg/day); Group 6 - allografts under cyclosporine effect (5 mg/kg/day); Group 7- allografts under cyclosporine (5 mg/kg/day) plus thalidomide (100 mg/kg/day) effect. Drugs were given via orogastric tube since the day before transplantation and daily during the postoperative period. Circular total skin grafts of the ear were exchanged between California and White New Zealand rabbits. RESULTS: Cyclosporine 10 mg/kg/day increased allograft survival and this effect was comparable to the association of cyclosporine 5 mg/kg/day with thalidomide 100 mg/kg/day. Thalidomide as an isolated drug and dyclofenac had a minimum effect on the average survival of the skin allografts. The number of eosinophils around the necrotic skin was higher in the dyclofenac group and lower in the group receiving cyclosporine associated with thalidomide. CONCLUSION: This study showed that thalidomide may be an useful drug when associated with subtherapeutic doses of cyclosporine for treatment of skin allografts.
  • Doença parenquimatosa renal: correlação histológico-sonográfica Artigos Originais

    Araújo, Nordeval Cavalcante; Rioja, Lilimar da Silveira; Rebelo, Maria Alice Puga

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Este estudo foi planejado para avaliar a correlação da ecografia do rim com as lesões histológicas e com os achados clínico-laboratoriais na doença parenquimatosa renal, por análise de regressão logística multivariada. MÉTODOS: Os dados clínicos, laboratoriais, ecográficos e as biópsias foram avaliados em 154 pacientes. A ecogenicidade cortical foi graduada como menor que grau zero, igual a grau um ou maior que grau dois a do parênquima hepático ou esplênico. As lesões histológicas - proliferação mesangial (PM), permeação leucocitária (PL), crescente e necrose fibrinóide (CNF), infiltrado inflamatório intersticial (II), esclerose glomerular segmentar (ES), obsolescência glomerular (OG), atrofia tubular (AT), fibrose intersticial (FI) e edema intersticial (EI) - foram graduadas de acordo com a extensão, em normal (0%), leve (<25%), moderada (>25% <50%), e grave (>50%). RESULTADOS: a) II, FI, ES, EI e creatinina elevada ocorreram menos no grau 0 de ecogenicidade cortical; b) PM, hipertensão arterial e espessura normal do parênquima foram preditores do grau 1 de ecogenicidade cortical; c) FI, EI, creatinina elevada e parênquima fino foram preditores do grau 2 de ecogenicidade cortical; d) Excluindos os obesos, em jovens com hematócrito baixo, a pirâmide proeminente foi mais comum; e) Creatinina elevada e OG foram preditores de rins pequenos. CONCLUSÃO: A ecogenicidade cortical foi um sensível marcador de doença parenquimatosa renal. Lesões distintas mais do que o grau de severidade da lesão contribuiram para o aumento da ecogenicidade cortical. O EI aumenta exponencialmente o efeito da FI na ecogenicidade cortical.

    Abstract in English:

    PURPOSE: This study was designed to address the correlation between sonography of a kidney with histological lesions and clinical findings in patients with renal parenchymal disease based on a multivariate logistic regression analysis. METHODS: Clinical and laboratory data, sonograms and renal biopsies were evaluated in 154 patients. Cortical echogenicity was graded as less than (0), equal to (1) or greater than (2) liver/spleen parenchyma. Histological lesions - mesangial proliferation (MP), leukocyte permeation (LP), fibrinoid necrosis and crescents (FNC), interstitial infiltrate (II), segmental glomerular sclerosis (SGS), glomerular obsolescence (GO), tubular atrophy (TA) interstitial fibrosis (IF) and interstitial edema (IE) - were graded according to extension and severity as normal (0%), mild (<25%), moderate (>25% <50%), and severe (>50%). RESULTS: a) II, IF, SGS, IE and increased creatinine occurred less in cortical echogenicity grade 0; b) MP, arterial hypertension and normal parenchymal thickness predict cortical echogenicity grade 1; c) IF, IE, increased creatinine and thin parenchyma predict occurrence of echogenicity grade 2; d) Excluding obese patients, both youth and hematocrit accounted for pyramid prominence; e) increased creatinine and GO was probable in patients with small kidneys. CONCLUSIONS: Increased cortical echogenicity was a very sensitive marker of renal parenchymal disease. Different lesions rather than degree of lesion severity accounted for progressive increase of cortical echogenicity. IE exponentially increased the effect of IF on cortical echogenicity.
  • Avaliação da qualidade de vida de aposentados com a utilização do questionário SF-36 Artigos Originais

    Pimenta, Fausto Aloísio Pedrosa; Simil, Fabrícia Fonseca; Tôrres, Henrique Oswaldo da Gama; Amaral, Carlos Faria Santos; Rezende, Camila Farnese; Coelho, Thaissa Oliveira; Rezende, Nilton Alves de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O aumento da população idosa no Brasil justifica a necessidade de avaliar os aspectos que podem interferir na qualidade de vida de aposentados. MÉTODOS: A versão brasileira do questionário SF-36 foi aplicada em 87 aposentados para avaliação da qualidade de vida. Os resultados obtidos foram associados às características demográficas, socioeconômicas, condições de saúde e estilo de vida e foram estudados por meio de análise uni e multivariada. RESULTADOS: A idade média foi de 57,3 anos (desvio-padrão de 8,9 anos) e tempo médio de aposentadoria foi de 7,1 anos. A aposentadoria foi por invalidez em 55,2% da amostra e 23,4% dos aposentados trabalhavam no momento da pesquisa. Os fumantes somaram 11,5% e 5,7% eram dependentes de álcool. A depressão e hipertensão arterial sistêmica foram as doenças mais prevalentes, e 56,3% dos aposentados praticavam algum tipo de atividade física regularmente. Após a análise multivariada, evidenciou-se melhor qualidade de vida apenas nos aposentados que praticavam atividade física regular ou que tinham alguma atividade de trabalho no momento da pesquisa. CONCLUSÃO: O questionário SF-36 foi um instrumento adequado, de aplicação relativamente rápida e de fácil uso para avaliação da qualidade de vida em aposentados. A qualidade de vida na amostra estudada foi associada ao estilo de vida dos pacientes e aponta para a necessidade de ações que contribuam de forma positiva para melhorar o estilo de vida nesta nova fase da vida.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Increase of the elderly in the Brazilian population demands assessment of aspects that interfere with the retirees' quality of life. METHODS: The Brazilian version of SF-36 questionnaire was applied to 87 retirees at their homes. Data on quality of life was associated with demographic data, socioeconomic status, health conditions and life style. Statistical analysis of data was performed using single-variable and multivariate analysis. RESULTS: The mean age was 57.3 years (standard deviation 8.9 years) and the mean retirement time was 7.1 years. Fifty-five percent were early retirements due to disability and 23.4% of those queried were still working when research was carried out. Smokers were 11.5% and 5.7 % were diagnosed as alcohol dependent by CAGE criteria. Depression and arterial systemic hypertension were the most prevalent conditions and 56.3% of the retirees practiced regular physical activity. Multivariate analysis disclosed that regular physical activity and post-retirement occupation were the only variables associated with improved quality of life. CONCLUSION: The SF-36 questionnaire was a suitable instrument, relatively quick and easy to use. The quality of life was associated with life style, as indicated by the practice of physical activities and post-retirement occupation. Actions are needed to enable retirees to improve their life style after retirement.
  • Características mamográficas do câncer de mama associadas aos polimorfismos GSTM1 e GSTT1 Artigos Originais

    Morais, Lívia Martins Tavares Scianni; Cardoso Filho, Cássio; Lourenço, Gustavo Jacob; Shinzato, Julia Yoriko; Zeferino, Luiz Carlos; Lima, Carmen Sílvia Passos; Gurgel, Maria Salete Costa

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: As enzimas do sistema da glutationa S-transferase (GST) modulam os efeitos da exposição a vários agentes citotóxicos e genotóxicos. Os genes GSTM1 e GSTT1 são polimórficos em humanos e suas deleções têm sido associadas ao aumento do risco de várias neoplasias, dentre elas o câncer de mama. OBJETIVO: Comparar a freqüência das deleções dos genes GSTM1 e GSTT1 em mulheres sadias e com câncer de mama e comparar as características mamográficas do câncer entre mulheres portadoras e não portadoras das referidas deleções. MÉTODOS: Foram determinadas as freqüências das referidas deleções por PCR em 100 pacientes portadoras de câncer de mama esporádico tratadas de setembro de 2004 a junho de 2005 e em 169 mulheres sadias doadoras de sangue no mesmo período e comparadas através do odds ratio (OR) com seus respectivos IC 95%. Foram revistos os prontuários e as mamografias das pacientes com câncer e avaliadas características mamográficas (padrão de distribuição do parênquima fibro-glandular, achados mamográficos ao diagnóstico e classificação BI-RADS), correlacionando-as às deleções gênicas através do cálculo da RP (razão de prevalência) com seus respectivos IC 95%. RESULTADOS: O GSTM1 esteve deletado em 40% dos cânceres e em 44,4% dos controles (OR=1,20; IC 95% 0,70-2,04; p=0,5659) enquanto o GSTT1 em 20% e 19,5%, respectivamente (OR=0,73; IC 0,37-1,44; p=0,4124). O padrão mamográfico denso esteve associado à deleção homozigótica do GSTM1 (RP= 2,43; IC 1,11-4,08). Não se observou associação entre as deleções do sistema GST e achados mamográficos ao diagnóstico e classificação BI-RADS. CONCLUSÃO: A deleção homozigótica do gene GSTM1 associou-se ao padrão mamográfico denso.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Enzymes of the Glutathione S-transferase system (GST) modulate the effects of exposure to several cytotoxic and genotoxic agents. The GSTM1 and GSTT1 genes are polymorphic in humans and their deletions have been associated to increased risk of many cancers, including breast cancer. OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of homozygous deletions of the GSTM1 and GSTT1 genes in women with sporadic breast cancer and in women without cancer and to compare breast cancer mammographic features between patients with and without these deletions. METHODS: The study evaluated 100 patients with sporadic breast cancer treated from September 2004 to June 2005 and 169 women without cancer, determining the frequency of the above-mentioned deletions by PCR and calculating the odds ratios and their 95% confidence intervals. Medical files and mammograms of 100 patients with breast cancer were evaluated and correlated with mammographic features such as density, mammographic findings and the BI-RADS classification. These findings were correlated with the genetic deletions by the PR (Prevalence-Ratio) with their respective 95% confidence intervals. RESULTS: The GSTM1 gene was deleted in 40% of the cancers and in 44.4% of controls (OR = 1.20; CI 95% 0.70 - 2.04; p=0.5659) while the GSTT1 gene was deleted in 20% and 19.5%, respectively (OR = 0.73; CI 95% 0.37-1.44; p=0.4124). High mammographic density had been associated with GSTM1 deletion (PR 2.43; CI 1.11 to 4.08). GST deletions were not associated with predominant mammographic findings and the BI-RADS classification. CONCLUSION: GSTM1 homozygous deletion was associated with high mammographic density.
  • Carga viral vaginal de HIV em mulheres brasileiras infectadas pelo HIV Artigos Originais

    Campos, Angela; Amaral, Eliana; Levi, José Eduardo; Portugal, Priscila; Villarroel, Marina; Bezerra, Karina C.; Silva, Marcos T. Nolasco da; Morais, Sirlei Siani

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar os fatores associados à presença de RNA-HIV na vagina. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, em mulheres infectadas por HIV, excluindo-se aquelas com antecedente de histerectomia, as em uso de medicações vaginais nas últimas 48 horas, as que se referiram à relação sexual desprotegida há menos de 72 horas, as gestantes e aquelas com sangramento genital. Após consentimento, coletou-se amostra sanguínea para contagem de linfócitos T CD4 e carga viral plasmática de HIV, além de lavado vaginal com 10mL de solução salina, que foi centrifugado, aliquotado e armazenado em freezer -70°C para posterior quantificação de RNA-HIV livre. A mensuração de carga viral de RNA-HIV livre plasmática e vaginal foi realizada utilizando-se o kit HIV Monitor v1.5 Cobas Amplicor®, Roche. Pesquisou-se a presença de HPV de alto e baixo risco, clamídia e gonococo por Captura Híbrida II®, Digene, em amostra endocervical. Colheu-se amostra vaginal para bacterioscopia com coloração de Gram, utilizando-se os critérios de Nugent. RESULTADOS: Entre as 200 mulheres estudadas, 73,5% usavam terapia anti-retroviral (TARV) com drogas múltiplas. O RNA-HIV foi detectável no lavado vaginal de 18 delas (9%), mas em apenas uma daquelas que tinham carga viral plasmática indetectável (0,5%). A prevalência de HIV vaginal foi 24 vezes maior naquelas em que HIV plasmático era detectável. Carga viral plasmática de HIV, não usar TARV, CD4 reduzido e vaginose bacteriana aumentaram a prevalência de RNA-HIV vaginal, mas apenas a carga viral plasmática se manteve significativa na análise ajustada. CONCLUSÃO: A prevalência de RNA-HIV vaginal foi baixa (9%). A carga viral acima de 1.500 cópias/mL foi a única variável que permaneceu como fator de risco para RNA-HIV vaginal livre.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate factors associated to presence of free RNA-HIV in the vagina. METHODS: Cross-sectional study with HIV-infected women, excluding those who had undergone histerectomy, had used vaginal medication within the last 48 hours, had had unprotected sex less than 72 hours before, were pregnant, or had genital bleeding. After signing an informed consent, blood samples were obtained for T CD4 lymphocytes count and plasmatic viral load, in addition to cervico-vaginal lavage using 10mL of sterile normal saline, later centrifuged, aliquoted and stored at - 70°C to quantify free HIV-RNA. Plasmatic and vaginal viral load were measured using the kit HIV Monitor v1.5 Cobas Amplicor, Roche. Hybrid Capture test Digene was utilized for HPV (high and low risk), clamydia trachomatis and N. gonorrhoae detection from an endocervical sample. Vaginal swab for bacterioscopy by the Gram method, evaluated according to Nugent criteria was obtained. RESULTS: Among 200 women evaluated, 73.5% were using HAART. The RNA-HIV was detectable in the vaginal lavage of 18 (9%), but in only one of those who had undetectable plasma viral load (0.5%). The vaginal prevalence of HIV was 24 times higher among those with detectable plasmatic HIV. Plasma viral load > 1500 copies/mL, no HAART use, reduced CD4 and bacterial vaginosis had increased prevalence of vaginal HIV-RNA, but in the adjusted statistical analysis, only the former remained significant CONCLUSION: Prevalence of vaginal HIV-RNA was low (9%). Plasmatic viral load > 1500 copies/mL, was the only risk factor for free vaginal HIV-RNA.
  • Análise do atraso no diagnóstico e tratamento do câncer de mama em um hospital público Artigos Originais

    Trufelli, Damila Cristina; Miranda, Vanessa da Costa; Santos, Maria Beatriz Brisola dos; Fraile, Natália Moreno Perez; Pecoroni, Priscilla Guedes; Gonzaga, Suzana de França Ribeiro; Riechelmann, Rachel; Kaliks, Rafael; Del Giglio, Auro

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Identificar as possíveis fases de atraso na condução de pacientes com câncer de mama atendidas em um hospital público, desde a suspeita até o diagnóstico e o início do tratamento. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, no qual foram analisados em pacientes com câncer de mama atendidas consecutivamente no Serviço de Oncologia do Hospital Estadual Mário Covas, durante o ano de 2006, os dados relativos aos intervalos de tempo transcorrido entre a suspeita, o diagnóstico e o início do tratamento adjuvante sistêmico. RESULTADOS: Sessenta e oito mulheres foram incluídas. A média de idade foi de 56,3 anos (desvio padrão: 12,2 anos). Entre os intervalos analisados, o maior atraso ocorreu entre a suspeita mamográfica de câncer e a realização da biópsia (mediana de 72 dias, variação de 4 a 1095 dias), sendo este significativamente maior (p<0,001) quando comparado aos demais intervalos analisados. Além disso, considerando particularmente este intervalo, verifica-se que foi significativamente maior nas pacientes com câncer de mama de estadio avançado, comparativamente àquelas de estadio inicial (p=0,014). CONCLUSÃO: Pacientes com câncer de mama tratadas em serviço público sofrem atrasos importantes, principalmente no período de diagnóstico de sua doença. Com base em nossos dados, otimizar o intervalo entre a mamografia e a obtenção da biópsia de lesões suspeitas parece ser a estratégia mais profícua.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: To identify potential delays in the management of patients with breast cancer examined at a public hospital, from time of suspicion until diagnosis and beginning of treatment. METHODS: Retrospective study which analyzed data related to time elapsed in different intervals between suspicion, diagnosis and onset of systemic cancer-directed treatments, of consecutive breast cancer patients cared for at the medical oncology clinic of the Mario Covas Hospital during 2006. RESULTS: Sixty-eight women, with a mean age of 56.3 years (standard deviation: 12.2 years), were included. Of all the intervals, the longest delay occurred between the mammographic suspicion of cancer and performance of biopsy (median of 72 days, range: 4 - 1095 days); this was significantly longer (P<0.001) than in the other intervals analyzed. Furthermore, this interval in particular, was significantly longer in patients with advanced stage breast cancer when compared to those at the initial stage (P=0.014). CONCLUSION: Breast cancer patients treated in a public hospital in Brazil suffer delays, especially during the diagnosis of their disease. Minimizing the time between mammography and biopsy of suspicious lesions appears to be the most crintical step to correct this situation.
  • O pólo inferior do baço de ratos e a oxigenoterapia hiperbárica Artigos Originais

    Paulo, Isabel Cristina Andreatta Lemos; Paulo, Danilo Nagib Salomão; Ferrari, Thiago Antunes; Azeredo, Thiago Caetano Valadão de; Silva, Alcino Lázaro da

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estudar aspectos funcionais e morfológicos do pólo inferior do baço de ratos tratados ou não com oxigênio hiperbárico no pós-operatório. MÉTODOS: Foram operados 79 ratos, Wistar, pesando 248,7g ± 27 , distribuídos em dois grupos: A - Simulação (n= 40), B - pólo inferior (n=39), e divididos em dois subgrupos: 11 e 70 dias. Cada subgrupo foi subdividido em não tratado com oxigênio hiperbárico (nt) (A11nt-n=10, B11 nt-n= 13, A70nt-n= 10, B70nt-n= 9) e tratado (t); A11t-n=10, B11t- n=9, A70 t- n= 10, B70t- n= 8). Foram dosados os lípides e imunoglobulinas e contadas as plaquetas e os corpúsculos de Howell-Jolly no pré e no pós-operatório. O baço e o pólo inferior foram retirados para histologia. RESULTADOS: Houve aumento do colesterol total (p=0,002), VLDL-colesterol e triglicérides (p= 0,003), da LDL-colesterol (p=0,013) no subgrupo B11nt e não houve alteração nos demais subgrupos. A IgM caiu nos subgrupos B11t (p=0,007), B11nt (p= 0,0000), B70nt (p=0,0005) e B70t (p=0,02) e não alterou no grupo simulação. O número de plaquetas aumentou nos subgrupos B11nt (p=0,002), B11t (p=0,01) e não alterou nos demais subgrupos. Os corpúsculos de Howell-Jolly foram menos numerosos no subgrupo B70nt que no B11nt (p=0,019). A viabilidade do pólo inferior foi melhor no subgrupo B11t que no B11nt; no subgrupo B70 que no B11 e não diferiu entre os subgrupos B70t e B70nt. CONCLUSÃO: A função e a viabilidade do pólo inferior remanescente melhoraram tardiamente. Os animais submetidos à oxigenoterapia hiperbárica apresentaram melhor viabilidade e função do pólo inferior precocemente, mas não tardiamente.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To study the functional and morphological features of the lower pole of the spleen in rats submitted, or not, to postoperative hyperbaric oxygen therapy. METHODS: Seventy-nine Wistar rats, weighing 248.7 ± 27 g, divided into two groups [group A - simulation (n=40), group B - lower pole (n=39)] underwent surgery and were subdivided into two groups: 11 and 70 postoperative days. Each subgroup was subdivided into animals not treated (nt) (A11nt, n=10; B11nt, n=13; A70nt, n=10; B70nt, n=9) and treated with hyperbaric oxygen (t) (A11t, n=10; B11t, n=9; A70t, n=10; B70t, n=8). Blood was collected for measurement of lipids and immunoglobulins, platelet and Howell-Jolly body count before and after surgery. The spleen and lower pole were removed for histology. RESULTS: There was an increase of total cholesterol (p=0.002), VLDL-cholesterol and triglycerides (p=0.003) and of LDL-cholesterol (p=0.013) in subgroup B11nt, and no alterations were observed in the other subgroups. IgM decreased in subgroups B11t (p=0.007), B11nt (p=0.0000), B70nt (p=0.0005), B70t (p=0.02), and no change was observed in the simulation group. The number of platelets increased in subgroups B11nt (p=0.002) and B11t (p=0.01) and remained unchanged in the other subgroups. Howell-Jolly bodies were less numerous in subgroup B70nt than in subgroup B11nt (p=0.019). Lower pole viability was better in subgroup B11t than in B11nt and in subgroup B70 than in B11, and did not differ between subgroups B70t and B70nt. CONCLUSION: Function and viability of the remaining lower pole improved during the late postoperative period. Viability and function of the lower pole were better during the early but not during the late postoperative period, in animals submitted to hyperbaric oxygen therapy.
  • Do paradigma molecular ao impacto no prognóstico: uma visão da leucemia promielocítica aguda Artigo de Revisão

    Jácomo, Rafael Henriques; Figueiredo-Pontes, Lorena Lobo de; Rego, Eduardo Magalhães

    Abstract in Portuguese:

    A leucemia promielocítica aguda (LPA) é um modelo da aplicabilidade clínica dos conhecimentos moleculares fisiopatológicos. Caracteriza-se por alterações genéticas recorrentes que envolvem o gene do receptor alfa do ácido retinóico. A conseqüência é uma proteína com sensibilidade reduzida ao ligante, com bloqueio da diferenciação mielóide. Entretanto, doses suprafisiológicas do ácido all-trans-retinóico (ATRA) são capazes de suplantar esta deficiência, e este é o princípio fundamental do tratamento da LPA, permitindo uma sobrevida livre de doença acima de 80% quando adequadamente tratada. Epidemiologicamente, difere dos demais subtipos de leucemia mielóide aguda por apresentar incidência predominante em adultos jovens e, aparentemente, maior incidência em países de colonização "latina". Contrastando com os excelentes resultados observados em países desenvolvidos, a mortalidade por LPA no Brasil ainda é alta, apesar da ampla disponibilidade das medicações no país.

    Abstract in English:

    Acute promyelocytic leukemia (APL) is a model of clinical applicability of the knowledge of molecular physiopathology. It is characterized by recurrent genetic involvement of the retinoic acid alpha receptor. The consequence is a protein with low sensibility to its ligand and a myeloid maturation arrest. However, higher doses of all-trans-retinoic acid (ATRA) are able to supersede this deficiency and this is the mainstay of APL treatment leading to over 80% disease free survival, when adequately treated. Epidemiologically, it differs from other acute myeloid leukemia due to a higher incidence in young adults and in countries of "Latin" colonization. Differing from excellent results observed in developed countries, APL mortality in Brazil is still high, despite the wide availability of drugs.
  • Assistência psicológica ao estudante de medicina: 21 anos de experiência Prática Clínica

    Millan, Luiz Roberto; Arruda, Paulo Corrêa Vaz de

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tem como objetivo relatar a experiência de 21 anos do Grupo de Assistência Psicológica ao Aluno da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (GRAPAL). Inicialmente, é apresentada, de forma sucinta, uma introdução acerca do histórico da assistência psicológica ao estudante de medicina, seguida da criação do GRAPAL, em 1983, e do início de suas atividades, em 1986. São apresentados os principais motivos da procura psicológica pelos alunos, os obstáculos encontrados por parte da instituição, da equipe de trabalho e dos alunos. A seguir, são apresentados alguns trabalhos publicados pelo serviço, que abordam a personalidade do aluno de medicina, a escolha da profissão e o problema do suicídio. Finalmente, são apresentadas sugestões feitas pelos alunos para o aperfeiçoamento dos atendimentos e as providências tomadas pela equipe do GRAPAL para alcançar a realização destas sugestões.

    Abstract in English:

    The purpose of this article is to report on the 21-year experience of the Group of Psychological Assistance to Students at the School of Medicine of the São Paulo University (GRAPAL). First, the authors briefly introduce historical aspects of the psychological assistance provided to medical students, followed by the organization of GRAPAL in 1983 and the beginning of activities in 1986. Major reasons for medical students to seek psychological assistance, obstacles found by the institution, the work team and students are presented. Then, several works published by the Service, which approach the personality traits of medical students, their choice for Medicine and the suicide problem, are listed. Finally, the authors present some suggestions made by students to improve assistance services and measures to be taken by the GRAPAL team to carry out such suggestions.
Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br