• Classificação dos periódicos no Sistema Qualis da Capes: a mudança dos critérios é urgente! Editorial

  • Tratamento operatório das hérnias incisionais com videocirurgia, a morbidade e a mortalidade são aceitáveis? À Beira do Leito

    Leme, Pedro Luiz Squilacci; Turatti, Rodrigo Carvalho
  • A metodologia probe pode ser considerada uma alternativa aos estudos randomizados duplo-cegos? À Beira do Leito

    Dainesi, Sonia Mansoldo
  • A associação de caspofungina e anfotericina em crianças imunossuprimidas com infecção fúngica produz melhores resultados do que quando essas drogas são utilizadas isoladamente? À Beira do Leito

    Sano, Érica Tsuha; Madureira, Bruno Del Bianco; Pitta, Paola Guazzelli; Gómez, Camila Martin; Godoy, Heitor Franco de; Kelmann, Gizela; Bernardo, Wanderley Marques
  • Tabagismo: parte I Diretrizes em Foco

  • Atualização de hirsutismo: diagnóstico Acreditação

  • Uso de telas na cirurgia da hérnia inguinal Correspondências

    Trindade, Eduardo Neubarth; Trindade, Manoel Roberto Maciel
  • Prestação de saúde e inclusão de minorias na medicina Correspondências

    Marta, Gustavo Nader; Marta, Taís Nader
  • Pneumatose intestinal Imagem em Medicina

    Loureiro, Jarbas Faraco Maldonado; Corrêa, Paulo Alberto Falco Pires; Averbach, Marcelo; Rossini, Giulio F.; Paccos, José Luiz; Cavalcante, Rafael Torres Melo; Ilias, Elias Jirjoss
  • Albuminemia e terapia medicamentosa no prognóstico de idosos hospitalizados Artigos Originais

    Salgado, Fabiana Xavier Cartaxo; Vianna, Lucy Gomes; Giavoni, Adriana; Melo, Gislane Ferreira de; Karnikowski, Margô Gomes de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: O presente estudo teve por objetivo investigar a relação entre os níveis de albumina sérica, medicamentos utilizados, tempo de internação e número de doenças com o prognóstico de indivíduos idosos hospitalizados. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal e retrospectivo por meio de revisão de prontuários. Foram coletadas variáveis tais como: doença motivadora da internação, albuminemia, medicamentos utilizados e sua afinidade com a albumina e tempo de internação em uma população de idosos de um hospital público brasileiro. Foi utilizada a regressão múltipla para avaliar se a idade, dias de internação, medicamento com e sem afinidade a albumina, número de doenças motivadoras da internação foram preditores do óbito. A relação entre a variável dependente e as independentes foi analisada por Two-way ANOVA. RESULTADOS: A amostra constituiu-se de 277 idosos, sendo 151 com hipoalbuminemia e sob uso de em média 6,6±3,80 medicamentos diferentes cuja maioria apresentava afinidade pela albumina (4,96 ± 2,64). Os resultados demonstraram que o número de medicamentos com afinidade a albumina, a albuminemia e o período de internação foram preditores do óbito (r=0.47; R2= 0.224), (F(8.170) = 6.13; p=0.001). A relação entre a variável dependente e as independentes resultou na equação matemática: (óbito= 0,545 - 0,374 (albuminemia) - 0,195 (dias de internação) + 0,175 (número de medicamentos com afinidade à albumina)). CONCLUSÃO: A equação obtida para este estudo demonstrou que a albuminemia e os dias de internação foram inversamente correlacionados ao óbito e diretamente correlacionados com o elevado número de medicamentos ligados à albumina.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study aimed to investigate the relationship between serum albumin levels, drugs used, length of hospitalization and number of diseases with the prognosis of hospitalized elderly. METHODS: A descriptive cross-sectional and retrospective study was carried out using a review of medical charts. Variables collected were disease motivating admission, albumin, drugs used and their affinity for albumin and length of stay in an elderly population of a Brazilian public hospital. We used multiple regression to assess whether age, length of stay, medication with or without affinity to albumin and number of drugs motivating admission were causes of death. The relation between dependent and independent variables was analyzed by two-way ANOVA. RESULTS: The sample consisted of 277 elderly, 151 with hypoalbuminemia and those using an average of 6.6 ± 3.80 different prescription drugs most of which had affinity for albumin (4.96 ± 2.64). Results showed that the number of drugs with affinity for albumin and hospital stay were predictors of death (r = 0.47, R2 = 0.224), (F(8.170) = 6.13; p=0.001). The relation between dependent and independent variables resulted in the mathematical equation: (death= 0.545 - 0.374 (albumin) - 0.195 (days of hospitalization) + 0.175 (number of drugs with affinity for albumin)). CONCLUSION: The mathematical equation obtained by this study demonstrated that albumin and days of hospitalization were inversely correlated with death and directly correlated with the number of drugs bound to albumin.
  • Como tornar os termos de consentimento mais fáceis de ler? Artigos Originais

    Araujo, Diego Vinicius Pacheco de; Zoboli, Elma Lourdes Campos Pavone; Massad, Eduardo

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Reconhecer o nível de alfabetismo funcional de usuários do ambulatório do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCMFUSP) com a finalidade de identificar recomendações para adequar a redação do TCLE ao nível de alfabetismo dos usuários, pois estes podem vir a ser sujeitos de pesquisa. MÉTODOS: Estudo transversal quantitativo com 399 sujeitos. A amostra foi intencional, selecionada entre usuários dos ambulatórios do HCFMUSP. A coleta de dados utilizou instrumento que continha um texto em prosa compatível para a avaliação das habilidades de leitura necessárias para a compreensão de um TCLE. RESULTADOS: Mais de 46,6% dos entrevistados foram classificados como analfabetos funcionais. Desses, 12,7% sequer foram capazes de entender a tarefa proposta no texto lido. Apesar disto, quase 50% dos entrevistados declararam ter ao menos iniciado o ensino médio. CONCLUSÃO: Os resultados e as orientações para a redação de texto centrada no leitor permitiu que elaborássemos recomendações para tornar os termos de consentimento mais fáceis de ler. Recomendamos que o pesquisador elabore o TCLE como um texto em estrutura narrativa, dirigido ao leitor, usando palavras e termos familiares, ou seja, termos comuns à linguagem dos sujeitos e à linguagem médica. Além de contribuir para melhorar a relação entre o sujeito e o pesquisador, acredita-se que estas recomendações possam contribuir para a diminuição do tempo de tramitação de projetos de pesquisa. Já que os problemas na redação do TCLE motivam boa parte das pendências que retardam este andamento.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Define the literacy level of Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCMFUSP) outpatients, for the purpose of identifying recommendations to adapt writing of the informed consent form to the outpatients literacy level, since these can become the subject of research. METHODS: Quantitative cross sectional study with 399 subjects. The sample was intentional, selected from different outpatient care units of HCFMUSP. Data collection used an instrument that contained a text with prose compatible for assessment of reading skills needed for comprehension of the consent form. Results. More than 46.6% of the interviewees were classified as functionally illiterate, of these, 12.7% were even unable to understand the proposed task in the text they read . Nevertheless , nearly 50% of the interviewees reported having at least started high school . CONCLUSION: The results and the orientations for the text writing centered on the reader allowed us to make recommendations to render the consent form easier to read . We recommend that the researcher modifies the text to a structural narrative, addressed to the reader, using terms that are familiar., In other words, with terms common to the subjects' and to the medical language. In addition to improving the relationship between the subject and researcher, it is believed that these recommendations may reduce the time taken for the proceeding of research projects, since problems in the wording of consent forms contribute significantly to project delays.
  • Desconhecimento da diretriz de prevenção da aterosclerose na infância e adolescência por pediatras em São Paulo Artigos Originais

    Grosso, Adriana Ferreira; Santos, Raul D.; Luz, Protásio L. da

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Relatar a extensão do conhecimento de pediatras de São Paulo sobre a diretriz. MÉTODOS: Durante eventos de pediatria ou nos locais de trabalho, pediatras responderam um questionário contendo informações sobre o tempo de formação, local de trabalho, dedicação dentro da área de pediatria, atuação em área acadêmica e questões de múltipla escolha com informações retiradas da diretriz. As diferenças de expressão e associações foram consideradas significantes estatisticamente quando p<0,05. Todas as análises foram realizadas usando teste de Quiquadrado e teste de Quiquadrado de tendência linear por meio dos Softwares Primer of Biostatistics ou SPSS for Windows. RESULTADOS: Dos 370 pediatras entrevistados, 65,7% afirmaram não ter tido conhecimento prévio da diretriz. O valor de corte para os acertos foi maior ou igual a 70% (maior ou igual a cinco questões corretas). Apenas 136 pediatras (36,7%) alcançaram tal valor e dentre esses não havia relação no conhecimento da diretriz quanto aos sexos (p=0,25). Dos 187 profissionais envolvidos em atividades acadêmicas, 45 (24%) acertaram o valor de corte e dos 183 não participantes de atividades acadêmicas, 23 (12,7%) acertaram maior ou igual a cinco questões (p<0,001). Pediatras do setor público apresentaram melhor conhecimento da prática preventiva da aterosclerose (46,1%; p=0,01). O desconhecimento da diretriz foi independente do tempo de formação. CONCLUSÃO: A meta da diretriz de servir como referência para o estabelecimento de estratégias individuais e populacionais no controle dos fatores de risco para a aterosclerose desde a infância não foi alcançada na cidade de São Paulo. A divulgação mais adequada e cursos de educação médica continuada em que o conhecimento da diretriz se torne mais efetivo são sugeridos para corrigir tais achados.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To report the extent of knowledge of pediatricians in São Paulo concerning the Guidelines. METHODS: At pediatric events or hospitals, pediatricians were given a questionnaire about the time of training, work, dedication in the area of pediatrics, and academic performance for reply to multiple choice questions with information drawn from the Guidelines. The Chi -square and the Chi -square of linear trend tests were chosen for statistical calculations. RESULTS: Among 370 pediatricians surveyed, 65.7% had no previous knowledge of the Guidelines. The cut-off for the hits was > or = 70% (> or = 5 correct replies). Only 136 pediatricians (36.7%) reached the cut-off and no gender differences were found in knowledge (p = 0.25). Among 187 professionals involved in academic activities, 45 (24%) hit the cut-off and about 183 participants from non-academic activities, 23 (12.7%) reached > or = 5 hit points (p <0.001). Pediatricians in the public sector had better knowledge about preventive measures for atherosclerosis risk factors (46.1%, p = 0.01). Awareness of the Guidelines was independent from training time. CONCLUSION: The majority of pediatricians in the city of São Paulo were not familiar with the Guidelines for Prevention of Atherosclerosis in Childhood and Adolescence and individual strategies were rarely found. Medical education and adequade disclosure of the Guidelines are necessary for active control of populational risk factors.
  • A importância das quedas no mesmo nível entre idosos no estado de são paulo Artigos Originais

    Gawryszewski, Vilma Pinheiro

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Analisar as características das quedas no grupo etário com 60 anos ou mais, com ênfase nas quedas no mesmo nível, residentes no Estado de São Paulo, a partir da análise das diferentes fontes de informação oficiais. MÉTODOS: Foram analisadas as 1.328 mortes registradas no SIM em 2007, 20.726 internações no SIH/SUS em 2008 e os 359 atendimentos realizados em 24 UEs do Estado de São Paulo em 2007. Um teste de regressão logística foi utilizado para testar associações entre variáveis nos atendimentos em emergências. RESULTADOS: O sexo masculino preponderou nas mortes (51,2 %) enquanto o sexo feminino preponderou nas internações (61,1%) e atendimentos em emergências (60,4%). O coeficiente de mortalidade foi 31/100.000 habitantes, aumentando com a idade e atingindo o valor de 110,7/100.000 habitantes na faixa de 80 anos e mais. As quedas no mesmo nível foram responsáveis pela maior proporção de mortes definidas (35%), nas internações (47,5%) e também nas emergências (66%), crescendo de importância com o aumento das faixas etárias. A residência foi o local de ocorrência em 65,8% dos casos atendidos nas emergências. Os traumatismos de cabeça assumem importância nas mortes; as fraturas de fêmur foram as lesões mais frequentes nas internações e emergências. Nas emergências, as mulheres foram 1,55 vezes significativamente mais prováveis de serem atendidas por uma queda do que pelas outras causas externas que os homens. Comparativamente à faixa de 60 a 69 anos, os indivíduos na faixa de 70 a 79 anos foram 2,10 vezes e os indivíduos de 80 anos e mais foram 2,26 vezes significativamente mais prováveis de serem atendidos por uma queda do que pelas outras causas externas. Não houve diferença estatisticamente significante quanto ao sexo ou faixa etária quando se comparou os indivíduos que sofreram quedas no mesmo nível e outros tipos de queda. CONCLUSÃO: Recomenda-se que a prevenção das quedas entre idosos entre na pauta de discussão das políticas públicas sem mais demora.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To analyze characteristics of fall related injuries, with emphasis on falls on the same level, of those with 60 years or more of age,, resident in the state of Sao Paulo, based on three official information sources. METHODS: A total of 1,328 deaths registered in the Information Mortality System in 2007, 20,726 hospital admissions registered in the Hospitalization Information System in 2008 and 359 visits to 24 different emergency departments (ED) in 2007 were analyzed. A logistic regression model was used to test associations between some variables. RESULTS: B More fatal fall victims were male (51.2%), while females were predominant among hospital admissions (61.1 %) and ED visits (60.4 %). The mortality rate was 31.0/100,000, reaching 110.7/100,000 among those aged 80 years or more. Falls on the same level were responsible for the largest proportion of definite deaths (35.0 %), hospital admissions (47.5 %) and also ED visits (66.0 %), increasing with the age groups. Residences were the place of occurrence for 65.8 % of the cases in EDs. Head trauma was important among deaths; femur fractures were the most frequent injuries for hospital admissions and ED visits. Compared to men, women were 1.55 times significantly more likely to be attended for a fall than other external causes. Comparatively In comparison to people aged 60 to 69 years, those aged 70 to 79 years and 80 years old or more were 2.10 and 2.26 times, respectively more likely to be fall victims than victims of other external causes. There was no statistically significant difference among people who suffered falls on the same level and other types of falls, for gender and age groups when one compared individuals CONCLUSION: It is urgent to implement fall prevention programs forto the elderly.
  • Qualidade de vida relacionada à saúde de crianças obesas Artigos Originais

    Poeta, Lisiane Schilling; Duarte, Maria de Fátima da Silva; Giuliano, Isabela de Carlos Back

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de crianças obesas. MÉTODOS: A pesquisa é do tipo descritiva e de corte transversal. A amostra foi composta por 131 crianças com idades entre 8 e 12 anos, sendo 50 crianças obesas (grupo de estudo) e 81 eutróficas (grupo controle). Todas as crianças participaram da avaliação antropométrica (massa corporal e estatura) para verificação do Índice de Massa Corporal, utilizando os critérios do NCHS-CDC para caracterização do estado nutricional. Para a avaliação da qualidade de vida foi utilizado o questionário PedsQL - versão genérica para crianças, validado para a população brasileira. Foi utilizada a estatística descritiva, o Teste U de Mann Whitney e o teste t de Student não pareado, com nível de significância p < 0,05. RESULTADOS: O grupo de crianças obesas apresentou qualidade de vida inferior em todos os quatro domínios em relação às crianças eutróficas, com diferença significante nos domínios físico, emocional, social, psicossocial e na qualidade de vida geral. De um total de 100 pontos, a mediana da qualidade de vida geral das crianças obesas foi 69,9 enquanto que das eutróficas foi 82,2. CONCLUSÃO: Na nossa amostra, as crianças obesas apresentaram pior qualidade de vida relacionada à saúde quando comparadas às crianças eutróficas, o que sugere ser um aspecto relevante no planejamento de ações para o controle desta doença.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the health-related quality of life of obese children. METHODS: This is a descriptive and cross-sectional study. The sample consisted of 131 children, aged 8 and 12 years, 50 obese children (study group) and 81 with normal weight (control group). All children underwent anthropometric assessment (weight and height) to obtain the body mass index. The criterion of the NCHS-CDC was used to determine nutritional status. Quality of life was assessed by the PedsQL - generic version for children, validated for the Brazilian population. We used descriptive statistics, the U test, the Mann Whitney and unpaired Student t tests, with a significance level of p < 0.05. RESULTS: The group of obese children had a lower quality of life in all four areas when compared to normal children, with a significant difference in the physical, emotional, social, psychosocial and overall quality of life. From a total of 100 points, the median of overall quality of life of obese children was 69.9 while that of normal weight was 82.2. CONCLUSIONS: Obese children had a poorer quality of life related to health when compared to normal children, which should be taken into account when planning for control of obesity.
  • Depressão e comportamento suicida em pacientes oncológicos hospitalizados: prevalência e fatores associados Artigos Originais

    Fanger, Priscila Caroline; Azevedo, Renata Cruz Soares de; Mauro, Marisa Lúcia Fabrício; Lima, Daniela Dantas; Gaspar, Karla Cristina; Silva, Viviane Franco da; Nascimento, Wagner Tadeu Jurevicius do; Botega, Neury José

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Determinar as prevalências de depressão e de comportamento suicida em indivíduos com câncer internados em um hospital geral universitário e fatores associados a essas condições. MÉTODOS: O rastreamento de 5357 pacientes consecutivamente internados utilizou a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HAD) e a seção comportamento suicida do Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). Análises univariadas, com ajustes para sexo e faixa etária, foram feitas tomando-se depressão e comportamento suicida como variáveis dependentes. RESULTADOS: Nos 675 pacientes com câncer, a prevalência de depressão foi 18,3% (IC95% = 15,4 - 21,4). O risco para suicídio estimado pela respectiva seção do MINI foi de 4,7% (IC95% = 3,2 - 6,7). A prevalência de depressão foi maior entre pacientes com câncer do que nos demais pacientes internados (13,2%; p = 0,0009). Associaram-se à depressão (p < 0,05): sexo feminino, menor escolaridade, maior tempo da doença, dor, uso de psicofármaco e risco de suicídio. Associaram-se ao risco de suicídio: dor e depressão. CONCLUSÃO: As prevalências de depressão e de risco de suicídio em pacientes com câncer aconselham o uso de instrumentos simples de rastreamento e a inclusão, na anamnese, de perguntas mais específicas sobre essas condições clínicas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To determine prevalence rates of depression and suicidal behavior among cancer inpatients and factors associated with these conditions. METHODS: A total of 5357 patients consecutively admitted to a university hospital were assessed by means of the Hospital Anxiety and Depression Scale (HAD) and the suicide risk section of the Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). Univariate analyses adjusted for gender and age groups were performed with depression and suicide risk as dependent variables. RESULTS: Of those assessed, 675 had cancer. The prevalence rates for depression and suicide risk were 18.3% (95%CI = 15.4 - 21.4) and 4.7% (95%CI = 3.2 - 6.7) respectively. Depression was more frequently found in cancer bearers than in the other inpatients (13.2%; p = 0.0009). Female gender, low schooling level, long time of disease, pain, use of psychotropic drugs and suicide risk were associated with depression (p < 0.05). Pain and depression were associated with suicide risk. CONCLUSION: Because prevalence rates of depression and suicide risk are high among cancer inpatients, simple screening instruments and specific questions during interviews are needed to detect these clinical conditions.
  • Construção de sentido nas narrativas de doentes crônicos Artigos Originais

    Junges, José Roque; Bagatini, Tatiane

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Entender o modo como os doentes crônicos ressignificam a vida por meio de suas práticas discursivas. MÉTODOS: Foram selecionadas seis entrevistas de um total de 17 realizadas com doentes crônicos de um hospital público da região metropolitana de Porto Alegre. As entrevistas gravadas e transcritas produziram narrativas sobre a situação existencial ante à doença, as perspectivas de futuro, a compreensão do diagnóstico e da terapêutica e o papel dos profissionais na ressignificação. As falas foram divididas em repertórios linguísticos sobre o diagnóstico e sobre a terapêutica. RESULTADOS: Nos primeiros, as narrativas de sentido estão construídas ao redor da causa da doença de fundo genético (destino) ou devido ao estilo de vida (culpa). Nos repertórios sobre a terapêutica as narrativas de reconfiguração da identidade pessoal (self) dependem da autonomia ou da heteronomia diante da palavra do médico como mediador de salvação, da percepção do corpo como fator de relação, da representação social do medicamento e da situação emocional. CONCLUSÃO: A autosatisfação depende de encontrar o fio para costurar os elementos da existência a partir de um novo molde de sentido possibilitando uma nova identidade. O profissional precisa estar atento às narrativas de reconstrução da identidade para que os meios terapêuticos produzam o efeito esperado e o enfermo se sinta sujeito do processo, assumindo com autonomia as mudanças necessárias em sua vida.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Understand how chronically ill persons reframe life through their discursive practices. METHODS: Six interviews were selected from the original seventeen made with chronically ill persons from a public hospital in the metropolitan region of Porto Alegre. Recorded and transcribed interviews produced narratives concerning the existential situation in the face of disease, perspectives for the future, a comprehension of diagnosis and of therapy as well as the role of professionals for the reframing. Talks were divided in linguistic repertoires concerning diagnosis and therapy. RESULTS: In the first, the narratives of meaning are structured around cause of the disease from a genetic background (destiny) or due to the style of life (fault). In the repertoires about therapy, narratives of the self identity reconfiguration depend on the autonomy or heteronomy in relation to the physician's words as mediator of salvation, on perception of the body as a factor of relation, on the social representation of medication and on emotional situation. CONCLUSION: Self -satisfaction relies on finding the thread to bring together the elements of existence based on a new model permitting a new identity. The professional must be involved in the narratives of identity reconstruction enabling therapy to produce the expected effect and for the patient to feel as a participant of the process, assuming with autonomy the necessary changes in life.
  • Potential economic impact of the 21-gene expression assay on the treatment of breast cancer in brazil

    Bacchi, Carlos Eduardo; Prisco, Flavio; Carvalho, Filomena M.; Ojopi, Elida B.; Saad, Everardo D.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O índice de recorrência (IR), também conhecido como painel de 21 genes, pode apoiar decisões com relação ao uso de quimioterapia (QT) no câncer de mama precoce. Procuramos investigar o impacto potencial da incorporação do IR na prática privada no Brasil, a partir da perspectiva das fontes pagadoras. MÉTODOS: Conduzimos uma pesquisa com 30 oncologistas brasileiros (de um total de aproximadamente 700), que foram estratificados por Estado de acordo com a proporção de pacientes com câncer de mama e com cobertura pelo sistema de saúde suplementar. Avaliamos o tratamento de primeira escolha para pacientes com câncer de mama com axila negativa e expressão positiva do receptor de estrógeno, independente do estado menopausal. Os entrevistados não estavam cientes do objetivo do estudo. As respostas permitiram uma avaliação quantitativa dos padrões de cuidado, considerando o uso de diferentes regimes de QT, o tipo de pré-medicações, o uso de fatores de crescimento e o tratamento hospitalar da neutropenia febril. Calculamos o custo dos medicamentos usando o Brasíndice, e o custo do IR foi fixado em R$ 3.900,00 (MammaGene®). Outras despesas médicas diretas, custos médicos indiretos e custos não-médicos não foram considerados. RESULTADOS: Numa corte hipotética de 100 pacientes sem acesso ao teste de IR, 84 iriam receber quimioterapia. Reclassificando a elegibilidade das pacientes para QT de acordo com o IR, esse número cairia para 49. Para uma coorte hipotética de 100 pacientes com acesso ao IR, seriam economizados R$ 134.915,00 em despesas médicas diretas. CONCLUSÃO: Considerando o preço atual para avaliação do IR no Brasil, nossa análise econômica sugere que este teste economizaria custos, pela perspectiva das fontes pagadoras do setor privado. Além disso, o uso otimizado de recursos poderia requerer o emprego do painel de 21 genes de forma racional.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The 21-gene expression assay may support the decision regarding use of chemotherapy in early breast cancer. We sought to investigate the potential impact of incorporating the 21-gene expression assay into private practice in Brazil, from the perspective of third party payers. METHODS: We conducted a web-based survey with 30 (of a total of approximately 700) Brazilian medical oncologists, who were stratified by State according to the proportion of patients with breast cancer and private health insurance. We evaluated the possible treatment of first choice for patients with lymph-node-negative, estrogen-receptor-positive breast cancer, regardless of menopausal status. Interviewees were not aware of the objective of the study. Responses permitted a quantitative assessment of the care patterns regarding use of different chemotherapy regimens, type of premedication, use of growth factors, and use of intravenous antibiotics for febrile neutropenia. We calculated medication costs using the manufacturer's recommended prices. Other direct medical expenses, indirect medical costs, and non-medical costs were not included. RESULTS: Considering a hypothetical cohort of 100 patients without access to the 21-gene expression assay, the survey showed that 84 patients would receive chemotherapy. Reclassifying patient eligibility for chemotherapy according to the 21-gene expression assay would lower this number to 49. For a hypothetical cohort of 100 patients with access to the test, US$ 79,361.43 would be saved in main direct medical costs. Such results, however, would greatly vary according to tumor size: the 21-gene expression assay could increase direct medical costs in T1 tumors, and decrease costs in cases with T >2 cm. CONCLUSION: Considering the current price for the 21-gene expression assay in Brazil, our economic analysis suggests that such testing is an overall cost-saving, from the perspective of third party payers. Further, optimal use of resources would entail targeted use of the 21-gene expression assay.
  • Prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes da cidade de Maceió Artigos Originais

    Mendonça, Maria Roseane Tenorio; Silva, Maria Alayde Mendonça da; Rivera, Ivan Romero; Moura, Adriana Ávila

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Estabelecer a prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes de Maceió (Alagoas, Brasil) e verificar associação destes fatores com gênero, idade e tipo de escola. MÉTODOS: Estudo epidemiológico descritivo, transversal. Avaliou jovens de 7 a 17 anos de idade, sorteados das 396 escolas públicas e particulares de Maceió. Após a randomização, os dados foram coletados por meio de questionário e medidas antropométricas (Índice de Massa Corporal = peso: altura²). Sobrepeso e obesidade foram definidos como Índice de Massa Corporal superior ao percentil 85 e igual ou superior ao percentil 95 para idade e sexo, respectivamente. RESULTADOS: A amostra final foi constituída de 1253 estudantes (706 do gênero feminino). Identificados 116 estudantes com sobrepeso e 56 estudantes com obesidade. Houve associação significante entre obesidade e estudantes com idade de sete a nove anos quando comparados com os de 10 a 13 anos (p<0,04) e com os de 14 a 17 anos (p<0,02). Estudantes das escolas particulares apresentaram o dobro de chance de terem sobrepeso (OR=2,2; IC95%:1,36-3,32) e aproximadamente cinco vezes mais chances de apresentarem obesidade (OR=4,7; IC95%:2,32-9,34) em relação aos das escolas públicas. CONCLUSÃO: As prevalências do sobrepeso e obesidade foram de 9,3% e 4,5% respectivamente, sendo significantemente mais elevadas em estudantes das escolas particulares.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To establish prevalence of overweight and obesity in children and adolescents from the city of Maceió, Alagoas, Brazil, and investigate the association of risk of overweight and obesity with gender, age and type of school. METHODS: This was a cross-sectional study. Students between 7 and 17 years of age were selected from 396 public and private schools of Maceió. After randomization, data were collected by questionnaire. Weight and height were measured (body mass index = weight:height2). Overweight and obesity were defined, respectively, as body mass index greater than the 85th percentile and equal or greater than the 95th percentile for age and gender. RESULTS: The final sample included 1253 students (706 females). One hundred sixteen students were overweight and fifty six students were obese. Obesity was significantly associated with students between 7 and 9 years of age, when compared to the 10 and 13 year olds (p<0.04) and the 14 and 17 year olds (p<0.02). Private school students were more likely to be overweight (OR=2.2; CI95%:1.36 - 3.32) and more likely to be obese (OR=4.7; CI95%:2.32 - 9.34) than students CONCLUSION: The prevalence of overweight and obesity were, respectively, 9.3% and 4.5%. Overweight and obesity were significantly more frequent among private school students.
  • Impacto de um programa para profilaxia de tromboembolismo venoso em pacientes clínicos em quatro hospitais de Salvador Artigos Originais

    Rocha, Ana Thereza C.; Paiva, Edison Ferreira de; Araújo, Danilo Miranda de; Cardoso, Dulceane Natyara; Pereira, Aline Cristina da Hora; Lopes, Antônio Alberto; Darzé, Eduardo S.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Implementar um programa hospitalar de profilaxia de TEV através da criação de uma comissão, da realização de palestras e da distribuição de algoritmos baseados na Diretriz Brasileira para Profilaxia de TEV em Pacientes Clínicos e avaliar seu impacto na adequação da utilização de profilaxia em quatro hospitais de Salvador, Bahia. MÉTODOS: Foram realizados dois estudos de corte-transversal, um antes e um depois da implementação do programa, e comparadas as proporções de pacientes em risco de TEV e as mudanças na adequação da profilaxia. RESULTADOS: Foram avaliados 219 pacientes clínicos antes e 292 depois do programa. As taxas daqueles com pelo menos um fator de risco para TEV e daqueles com contra indicação (CI) para heparina foram semelhantes nos dois grupos: 95% vs. 98% (p=0,13) e 42% vs. 34% (p=0,08), respectivamente. Nos dois estudos, 75% vs. 82% (p=0,06) eram candidates para profilaxia, e 44% vs. 55% (p =0,02) eram candidatos sem qualquer CI para heparina. Após o programa, utilizou-se mais profilaxia mecânica, 0,9% vs. 4,5% (p=0,03) e menos profilaxia farmacológica, 55,3% vs. 47,9% (p=0,04), embora tenha havido um aumento significativo na utilização das doses corretas das heparinas, 53% vs. 75% (p<0,001). CONCLUSÃO: A profilaxia de TEV é subutilizada nos hospitais brasileiros. Aulas de educação continuada e distribuição passiva de algoritmos de profilaxia de TEV são insuficientes para melhorar a utilização, mas melhoram a adequação da profilaxia.

    Abstract in English:

    There is a discrepancy between guideline recommendations and practice of venous thromboembolism (VTE) prophylaxis in hospitals worldwide. OBJECTIVE: To implement a program using a risk-assessment tool (RAT) for VTE and educational lectures based on the Brazilian Guidelines for VTE Prophylaxis for Medical Patients and to evaluate the impact of these tools on adequacy of VTE prophylaxis in 4 hospitals in Salvador, Bahia. METHODS: We performed two cross-sectional surveys before and after the implementation of the program to compare the proportion of patients at-risk of VTE and the changes in the adequacy of VTE prophylaxis. RESULTS: We compared the data of 219 medical patients before with 292 patients after the program. The rates of patients with at least one risk factor for VTE and with contraindications (CI) for heparins were similar: 95% vs. 98% (p=0.13), and 42% vs. 34% (p=0.08), respectively. In both studies, 75% vs. 82% (p=0.06) were candidates for prophylaxis, and 44% vs. 55% (p =0.02) were candidates for prophylaxis and had no CI for heparin. After the program there was an increase in the use of mechanical prophylaxis 0.9% vs. 4.5% (p=0.03) and a decrease in pharmacological prophylaxis, 55.3% vs. 47.9% (p=0.04). However, there was a significant increase of use of the recommended doses of heparins, 53% vs. 75 (p<0.001). CONCLUSION: There is underutilization of VTE prophylaxis in Brazilian hospitals. Strategies based on passive distribution of RAT and educational lectures were not sufficient to improve the practice of prophylaxis, but improved the adequacy of VTE prophylaxis in hospitalized patients.
  • Estimativa de peso ao nascimento utilizando a ultrassonografia bidimensional e tridimensional Artigos Originais

    Nardozza, Luciano Marcondes Machado; Araújo Junior, Edward; Vieira, Marcio Fragoso; Rolo, Liliam Cristine; Moron, Antonio Fernandes

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a acurácia de uma fórmula utilizando o volume do braço (VolBra), da coxa (VolCox) e parâmetros bidimensionais [circunferência abdominal (CA) e comprimento do fêmur (CF)] fetais na predição de peso ao nascimento. MÉTODOS: Realizou-se um estudo do tipo corte transversal envolvendo 78 gestações únicas de fetos vivos, euploides e sem malformações estruturais, dentro de 48 horas antes do nascimento. O VolBra e o VolCox foram aferidos por meio da ultrassonografia tridimensional utilizando-se o modo multiplanar a intervalos de 5 mm. A CA e o CF foram aferidos por meio da ultrassonografia bidimensional. Foram realizadas análises de regressão linear e polinomial para determinação da melhor fórmula para predizer o peso fetal com base no VolBra, VolCox, CA e CF. Os erros obtidos com essas fórmulas foram comparados com os obtidos com as fórmulas de Shepard e Hadlock por meio de ANOVA. RESULTADOS: A melhor fórmula que estimou o peso ao nascimento foi uma linear simples (Peso= -1486,1 + 60,5CA + 140,57CF + 16,6VolBra + 4,8VolCox), com R2= 0,932. O erro (E), erro absoluto (EA), erro percentual (EP) e erro percentual absoluto (EPA) da fórmula que utiliza os parâmetros bi e tridimensionais foram 0 g, 0,2%, 112,2 g e 3,7%, respectivamente. Em relação às fórmulas bidimensionais, a nova equação apresentou menores E, EA, EP e EPA que a fórmula de Shepard, e menores EA e EPA em relação à fórmula de Hadlock. CONCLUSÃO: A fórmula de predição de peso utilizando o VolBra, VolCox, CF e CA se mostrou superior às fórmulas que utilizam apenas parâmetros bidimensionais.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Assess and compare accuracy of birth weight prediction using a combination of two-dimensional (abdominal circumference - AC and femur length - FL) and three-dimensional parameters (fetal arm -VolArm and thigh -VolTh volumes). METHODS: A cross sectional study was carried out involving 78 singleton, live, euploid fetuses without structural malformations born within 48 hours after ultrasonography. VolArm and VolTh were obtained by three-dimensional ultrasound using the multiplanar mode at 5 mm intervals. AC and FL were measured by two-dimensional ultrasound. Linear and polynomial regressions were calculated to determine the best formula to predict birth weight using VolArm, VolTh , CA and FL. ANOVA was used to compare errors in birth weight prediction using this formula and those obtained using the Shepard and Hadlock formulae. RESULTS: The best formula for prediction of birth weight was a simple linear regression (Weight = -1486.1 + 60.5AC + 140.57FL + 16.6VolArm + 4.8VolTh), R2= 0.932. The error (E), absolute error (AE), percent error (PE) and absolute percent error (APE) for this new formula were 0 g, 0.2%, 112.2 g and 3.7%. This new formula had smaller E, AE, PE and APE than the Shepard formula and smaller AE and APE than Hadlock´s formula. CONCLUSION: A formula using VolArm, VolTh, AC and FL was more accurate for prediction of birth weight than formulae using only two-dimensional parameters.
  • Variação dos níveis de hemoglobina de pacientes em hemodiálise tratados com eritropoetina: uma experiência brasileira Artigos Originais

    Ammirati, Adriano Luiz; Watanabe, Renato; Aoqui, Cristiane; Draibe, Sergio Antonio; Carvalho, Aloisio Barbosa; Abensur, Hugo; Drumond, Soraia Stael; Moreira, João; Bevilacqua, José Luis; Silva, Anita CM; Tatsch, Fernando; Canziani, Maria Eugenia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a variabilidade dos níveis de hemoglobina (Hb) em pacientes em hemodiálise (HD) tratados com eritropoetina. MÉTODOS: Foram coletados dados retrospectivos de 249 pacientes que estavam em HD e apresentavam, nos três meses anteriores, média de Hb entre 10,5 g/dL e 12,5 g/dL. O período de observação total foi de 36 meses. A cada mês de coleta, classificaram-se os valores de Hb em: < 10,5g/dL, 10,5g/dL< Hb< 12,5g/dL (intervalo alvo), ou Hb >12,5g/dL. Além disto, os pacientes foram divididos em seis categorias de variabilidade da Hb: baixo persistente (<10,5g/dL), alvo persistente (10,5 a 12,5 g/dL), alto persistente (>12,5g/dL), flutuação de baixa amplitude com Hb baixo, flutuações de baixa amplitude com Hb alto e flutuações de alta amplitude. RESULTADOS: Mês a mês, a média da proporção de pacientes com Hb dentro da faixa alvo foi de 50% (variação, 42% a 61%). A proporção de valores de Hb médios acima da faixa alvo (30%) foi mais frequente que a proporção abaixo do alvo (20%). Durante os períodos de seis, 12, e 36 meses, a proporção de pacientes com Hb baixa persistente se reduziu de 3,6% para 0%; de 31,7% para 2,8% naqueles com Hb alta persistente; de 7,6% para 0% naqueles com baixa amplitude com Hb baixo; e de 41,3% para 8,3% nos pacientes com baixa amplitude com Hb alto. Entretanto, houve aumento na proporção de pacientes (de 21,5% a 88,9%) com alta amplitude de Hb. Portanto, à medida que o tempo de observação se alongou observou-se maior variabilidade dos valores de hemoglobina. Nenhum paciente manteve os níveis de Hb dentro do alvo durante todo o período do estudo. CONCLUSÃO: A manutenção da Hb dentro da faixa alvo é difícil, especialmente em períodos longos e a variabilidade ocorre mais frequentemente para valores mais elevados de Hb.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Correction of anemia using epoetin decreases morbidity and increases survival and quality of life in end-stage renal disease. Maintaining hemoglobin levels within the range proposed by guidelines has become a major challenge, with hemoglobin cycling affecting more than 90% of patients undergoing hemodialysis. The variability of hemoglobin levels over time was assessed in our patients. METHODS: Data were retrospectively collected on 249 patients undergoing hemodialysis over a 3-year period at seven centers in Brazil. Hemoglobin was measured at least monthly, and target levels were those between 10.5 g/dL and 12.5 g/dL. Patients were grouped into six categories of variability consistently low (<10.5g/dL), consistently target range (10.5 to 12.5 g/dL), consistently high (>12.5g/dL), low amplitude fluctuation with low hemoglobin levels, low amplitude fluctuation with high hemoglobin levels and high amplitude fluctuation. None of the patients maintained stable hemoglobin levels for the entire 36-month period. RESULTS: The mean monthly proportion of patients that had hemoglobin levels within the target range was 50% (range, 42% to 61%). Mean levels above the target (30%) were more frequent than those below it (20%). During 6, 12, and 36 months, proportions of patients with consistently low levels of hemoglobin decreased from 3.6% to 0%, from 31.7% to 2.8% for those with consistently high, from 7.6% to 0% for those with low amplitude fluctuation with low hemoglobin levels and from 41.3% to 8.3% for those with low amplitude fluctuation with high hemoglobin levels. However, the proportions of patients with high amplitude fluctuation increased from 21.5% to 88.9%. CONCLUSION: Maintaining hemoglobin levels within the target range is difficult, especially for longer periods of time. Missing the target seems more often due to levels above it, but high-amplitude fluctuations eventually occur in the majority of patients.
  • Hemoglobinúria paroxística noturna: da fisiopatologia ao tratamento Artigos de Revisão

    Arruda, Martha Mariana de Almeida Santos; Rodrigues, Celso Arrais; Yamamoto, Mihoko; Figueiredo, Maria Stella

    Abstract in Portuguese:

    Hemoglobinúria paroxística noturna (HPN) é uma anemia hemolítica crônica adquirida rara, de curso clínico extremamente variável. Apresenta-se frequentemente com infecções recorrentes, neutropenia e trombocitopenia, e surge em associação com outras doenças hematológicas, especialmente com síndromes de falência medular, como anemia aplásica e síndrome mielodisplásica. É considerada ainda um tipo de trombofilia adquirida, apresentando-se com tromboses venosas variadas, com especial predileção por trombose de veias hepáticas e intra-abdominais, sua maior causa de mortalidade. A tríade anemia hemolítica, pancitopenia e trombose faz da HPN uma síndrome clínica única, que deixou de ser encarada como simples anemia hemolítica adquirida para ser considerada um defeito mutacional clonal da célula-tronco hematopoética (CTH). A mutação ocorre no gene da fosfaditilinositolglicana classe-A, e resulta no bloqueio precoce da síntese de âncoras de glicosilfosfaditilinositol (GPI), responsáveis por manter aderidas à membrana plasmática dezenas de proteínas com funções específicas. A falência em sintetizar GPI madura gera redução de todas as proteínas de superfície normalmente ancoradas por ela. Dentre elas estão o CD55 e o CD59, que controlam a ativação da cascata do complemento. Assim, na HPN há aumento da susceptibilidade de eritrócitos ao complemento, gerando hemólise. Revisa-se aqui sua fisiopatologia, curso clínico, os tratamentos disponíveis com ênfase para o transplante de células-tronco hematopoéticas alogênicas e para o eculizumab, um anticorpo monoclonal humanizado que bloqueia a ativação do complemento terminal no nível C5 e previne a formação do complexo de ataque à membrana, a primeira droga a demonstrar eficácia no tratamento da HPN.

    Abstract in English:

    Paroxysmal nocturnal hemoglobinuria (PNH) is a rare disorder, an acquired chronic hemolytic anemia, often associated with recurrent nocturnal exacerbations, recurrent infections, neutropenia, thrombocytopenia, and episodes of venous thrombosis. Its clinical course is highly variable. It frequently arises in association with bone marrow failure, particularly aplastic anemia and myelodysplastic syndrome. It is also an acquired thrombophilia, presenting with a variety of venous thrombosis, mainly manifested with intra-abdominal thrombosis, here the major cause of mortality. The triad of hemolytic anemia, pancytopenia, and thrombosis makes a truly unique clinical syndrome of PNH, which was reclassified from a purely acquired hemolytic anemia to a hematopoietic stem cell mutation defect of the phosphatidyl inositol glycanclass-A gene. This mutation results in an early block in the synthesis of glycosylphosphatidylinositol (GPI) anchors, responsible for binding membrane functional proteins. Among these proteins are the complement inhibitors, especially CD55 and CD59, that play a key role in protecting blood cells from complement cascade attack. Therefore, in PNH occurs an increased susceptibility of red cells to complement, and consequently, hemolysis. We here review PNH physiopathology, clinical course, and treatment options, especially eculizumab, a humanized monoclonal antibody that blocks the activation of terminal complement at C5 and prevents formation of the terminal complement complex, the first effective drug therapy for PNH.
  • Cuidados pré-operatórios em hepatopatas Artigos de Revisão

    Barbosa, Fabio Colagrossi Paes; Ferreira, Fabio Gonçalves; Ribeiro, Mauricio Alves; Szutan, Luiz Arnaldo

    Abstract in Portuguese:

    Cirurgias realizadas em pacientes com reserva funcional hepática reduzida podem apresentar altos índices de morbi-mortalidade. Uma triagem pré-operatória ideal visa detectar a doença hepática pré-existente, sem necessidade de métodos invasivos. A história clínica e o exame físico fornecem pistas importantes. A quantificação da função hepática de rotina não é necessária, a menos que exista alguma alteração na história ou exame físico. A doença hepática causa diversos efeitos na cirurgia e anestesia. A indução anestésica, hemorragias, hipoxemia, hipotensão, drogas vasoativas e até a posição do paciente na mesa cirúrgica podem provocar diminuição na oxigenação e maior risco de disfunção hepática no intra e pós-operatório. A cirurgia de emergência é um grande preditor de mau prognóstico assim como a sepse e as reoperações. Para uma correta preparação pré-operatória, deve-se levar em consideração a natureza da doença hepática, sua gravidade e o tipo de cirurgia a ser realizada. Algumas ações devem ser tomadas no pré-operatório para diminuir as chances de complicações em pacientes portadores de hepatopatias submetidos a procedimentos cirúrgicos. O combate à coagulopatia, encefalopatia, ascite, disfunção renal e pulmonar, peritonite bacteriana espontânea e varizes de esôfago deve ser precoce e agressivo. Doentes Child-Pugh C e MELD > 15 não devem ser submetidos a cirurgias eletivas. Doentes Child-Pugh B e com MELD de 10 a 15 podem ser submetidos a pequenos procedimentos cirúrgicos em caso de extrema necessidade e com cautela. Finalmente doentes Child-Pugh A e MELD < 10 podem ser operados.

    Abstract in English:

    Patients with impaired hepatic functional reserve when submitted to surgeries may have high rates of morbidity and mortality. Pre-existing liver disease should be detected without need for invasive METHODS. Clinical history and physical examination provide important clues. Laboratory liver function is not necessary unless there are changes in history or physical examination. Liver disease has many effects on surgery and anesthesia. A decrease in oxygenation and increased risk of liver dysfunction can be caused by anesthesia, hemorrhage, hypoxemia, hypotension, vasoactive drugs or the patient's position on the operating table during and after surgery. Emergency surgery is a major predictor of poor prognosis as well as sepsis and reoperations. The nature of liver disease, severity and type of surgery to be performed should take into account for a correct preoperative preparation. Some actions must be taken at preoperative to decrease chances of complications in patients with liver disease undergoing surgical procedures. Very close attention should be given to coagulopathy, encephalopathy, ascites, renal and pulmonary dysfunction, spontaneous bacterial peritonitis and esophageal varices. Patients with Child-Pugh score C and MELD>15 should not undergo elective surgery. Patients with Child-Pugh score B and MELD 10 to 15 may undergo minor surgical procedures with care in cases of extreme necessity. Patients with Child-Pugh score A and MELD<10 may be submitted to elective surgery.
  • Artrite reumatoide inicial: conceitos Artigos de Revisão

    Mota, Licia Maria Henrique da; Laurindo, Ieda Maria Magalhães; Santos Neto, Leopoldo Luiz dos

    Abstract in Portuguese:

    A generalização do conceito de artrite reumatoide - AR inicial e da existência de uma janela de oportunidade terapêutica - período de tempo no qual a instituição de terapia adequada para a doença determinaria melhora clínica - firmaram a noção de que diagnóstico e tratamento precoces modificam o curso da doença. Atualmente, almeja-se avaliar um paciente com sintomas articulares na primeira oportunidade possível e a definição da fase inicial da AR compreende as primeiras semanas ou meses de sintomas (em geral, menos de 12 meses), destacando-se como período crítico as primeiras 12 semanas de manifestações como a AR muito inicial ou muito precoce. Embora todos os pacientes necessitem de avaliação e tratamento precoces, há razões específicas pelas quais é necessário o pronto envolvimento do especialista na avaliação de pacientes com diagnóstico de AR precoce, uma vez que a inflamação que caracteriza a doença deve ser suprimida o mais rápido possível. Não diagnosticar ou não tratar de forma adequada um paciente com AR em fase bem inicial da doença aumenta o risco de evolução com inflamação persistente e dano articular progressivo. Por outro lado, tratar agressivamente pacientes com artrite leve, que provavelmente não progredirão para formas erosivas é igualmente danoso - expõe o paciente a riscos sem benefício comprovado e representa o oposto do tratamento precoce efetivo. Portanto, dentro do conceito atual de janela de oportunidade, é essencial fazer o diagnóstico precoce da AR e estabelecer o mais rapidamente possível quais pacientes evoluirão para formas mais graves, e, portanto, necessitarão de terapia mais agressiva.

    Abstract in English:

    Generalization of the concept of early rheumatoid arthritis -RA and existence of a window of therapeutic opportunity, the period when appropriate therapy for this disease would determine clinical improvement, led to the concept that early diagnosis and treatment can change the disease's course. Currently, the goal is to evaluate patients with joint symptoms at the earliest opportunity. Definition of the initial phase of RA includes the first few weeks or months of symptoms (usually less than 12 months), and the first 12 weeks of symptoms of very early or initial RA are considered to be the critical period. Although all patients require early assessment and treatment, there are specific reasons for the involvement of a specialist soon in the evaluation of patients with early RA, since the inflammation that characterizes the disease should be treated as soon as possible. Failure to diagnose or treat a patient with RA at the very early stage of the disease increases the risk of progression to persistent joint inflammation and damage. On the other hand, aggressively treating patients with mild arthritis, which probably will not evolve to erosive forms is equally damaging. It exposes patients to risk without proven benefits and represents the opposite of effective early treatment. Therefore, within the current concept of a window of opportunity, early diagnosis of RA is essential and to establish, as soon as possible those patients who will progress to more severe forms, and therefore require more aggressive therapy.
  • Intolerância à lactose: mudança de paradigmas com a biologia molecular Artigos de Revisão

    Mattar, Rejane; Mazo, Daniel Ferraz de Campos

    Abstract in Portuguese:

    Na maioria dos mamíferos a atividade da enzima lactase diminui na parede intestinal após o desmame, caracterizando a hipolactasia primária que provoca sintomas de intolerância à lactose. A intensidade dos sintomas de distensão, flatulência, dor abdominal e diarreia variam, dependendo da quantidade de lactose ingerida, e aumentam com o passar da idade. A hipolactasia é determinada geneticamente, porém uma mutação ocorreu para que fizesse parte da humanidade tolerar o leite na idade adulta. O diagnóstico é feito por teste de tolerância, empregando a lactose como desafio. Com a descoberta dos finlandeses do polimorfismo associado com a persistência da lactase, principalmente no norte da Europa, o exame genético passou a ser outra ferramenta diagnóstica mais confortável para o intolerante. No Brasil, 43% dos brancos e dos mulatos têm alelo de persistência da lactase, sendo a hipolactasia mais frequente entre os negros e japoneses. Entretanto, na prática clínica indivíduos com hipolactasia podem ser orientados a consumir alguns derivados do leite e alimentos contendo lactose sem apresentar sintomas de intolerância, enquanto que outros terão que fazer restrição de lactose na dieta.

    Abstract in English:

    In most mammals, lactase activity declines on the intestinal wall after weaning, characterizing primary hypolactasia that provokes symptoms of lactose intolerance. The intensity of symptoms of distention, flatulence, abdominal pain and diarrhea varies, according to the amount of ingested lactose, and increases with age. Hypolactasia is genetically determined; nonetheless, a mutation occurred that had made a part of mankind tolerate milk in adulthood. Diagnosis is made by a tolerance test, using the lactose challenge. With the discovery made by the Finns of polymorphism associated with lactase persistence, mainly, in Northern Europe, the genetic test was incorporated as a more comfortable diagnostic tool for the intolerant. In Brazil, 43% of Caucasian and Mulatto groups have lactase persistence allele, with hipolactasia more frequently found among Blacks and Japanese. However, in clinical practice people with hypolactasia may be advised to consume certain dairy products and food containing lactose without developing intolerance symptoms, whereas others will need a lactose restriction diet.
  • Estadiamentos pré-operatório e patológico do CPNPC: análise retrospectiva de 291 casos Artigos de Revisão

    Younes, Riad Naim; Schutz, Fabio Augusto Barros; Gross, Jefferson Luiz

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia do estadiamento clínico pré-operatório com tomografia computadorizada com o estadiamento patológico. MÉTODOS: Entre 1990 e 2005, foram revisados retrospectivamente os prontuários dos pacientes com câncer de pulmão não-pequenas células (CPNPC). O estágio clínico foi baseado em exames pré-operatórios de imagem. Tomografia por emissão de pósitrons não foi incluída na rotina de exames pré-operatórios. Lesões suspeitas, que contra-indicassem a ressecção cirúrgica curativa, foram confirmadas patologicamente. O estágio patológico foi considerado aquele baseado na análise patológica pós-operatória ou em biópsia de lesão suspeita. Foi gerada uma tabela de correlação entre estágio clínico e patológico. Foram calculados o índice kappa de Cohen, a sensibilidade, a especificidade, o valor preditivo positivo e negativo, e a acurácia. RESULTADOS: 291 prontuários de pacientes foram revisados. Os estágios Ia, Ib, IIa, IIb, IIIa, IIIb e IV foram encontrados em 8,9%, 31,9%, 0,3%, 18,6%, 25,4%, 11% e 3,8%, respectivamente. Estágio patológico foi diferente do estágio clínico em 33% dos pacientes (15% foram sobre-estadiados e 18% sub-estadiados). Sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e negativo, e acurácia foram 78%, 69%, 82%, 64% e 67%, respectivamente. O índice kappa de Cohen foi de 0,574 (P < 0,001). CONCLUSÃO: O estadiamento clínico pré-operatório apresenta eficácia limitada no estadiamento dos pacientes com CPNPC.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the accuracy of preoperative clinical staging with computed tomography in predicting the correct pathological stage. METHODS: Medical records of non-small cell lung cancer (NSCLC) patients treated, from 1990 to 2005 were reviewed. Clinical stage was based on routine preoperative clinical and imaging evaluation. Positron emission tomography was not routinely performed. Suspected lesions, that would preclude a surgical resection, were pathologically confirmed. The pathological stage was based on final postoperative or biopsy pathological assessment. A correlation table between clinical and pathological stages was generated. Cohen's kappa index, sensitivity, specificity, positive and negative predictive values and accuracy were calculated. RESULTS: Records of 291 patients were reviewed. Clinical stages Ia, Ib, IIa, IIb, IIIa, IIIb and IV were found respectively in 8.9%, 31.9%, 0.3%, 18.6%, 25.4%, 11% and 3.8%. Pathological staging was different from clinical staging in 33% (15% were upstaged and 18% downstaged). Sensitivity, specificity, positive and negative predictive values and accuracy for clinical staging were 78%, 69%, 82%, 64% and 67%, respectively. Cohen's kappa index was 0.574 (P < 0.001). CONCLUSION: Preoperative clinical staging presents limited efficacy for the correct staging of NSCLC patients from this sample of Brazilian population.
  • Alterações cognitivas na infecção pelo HIV e Aids Artigos de Revisão

    Christo, Paulo Pereira

    Abstract in Portuguese:

    Dentre as complicações neurológicas primária da Aids temos déficits cognitivos como a demência associada ao HIV e formas mais leves, como o transtorno cognitivo/motor menor, sendo que ambas podem alterar as atividades da vida diária e reduzir a qualidade de vida dos pacientes. Infecção pelo HIV-1 é a mais comum, previsível e tratável causa de déficits cognitivos em indivíduos com menos de 50 anos. A despeito do avanço no conhecimento das características clínicas, patogênese, aspectos neurobiológicos e ao amplo uso de terapia antirretroviral altamente ativa (HAART), complicações neurológicas e déficits cognitivos ainda persistem levando a graves consequências pessoais e socioeconômicas tornando-se um grande desafio terapêutico. Na era pré- HAART, a demência era uma complicação comum da infecção, entretanto na era HAART a incidência da demência diminuiu, mas a prevalência tem aumentado principalmente das formas mais leves devido ao aumento do número de pessoas infectadas e ao aumento da expectativa de vida. Alterações cognitivas associadas ao HIV são tipicamente subcorticais e podem estar associadas a comprometimentos comportamentais e motores. Estas síndromes são de diagnóstico clínico, sendo que testes neuropsicológicos, neuroimagem e líquido cerebrorraquidiano corroboram no diagnóstico. Esta revisão faz uma atualização do estado atual da epidemiologia, características clínicas e diagnóstico das complicações cognitivas no curso da infecção pelo HIV.

    Abstract in English:

    Primary neurological complications of AIDS include cognitive deficits such as HIV-associated dementia and milder forms such as cognitive/motor disorders, which cause changes in daily activities and reduce the quality of life of patients. Infection with HIV-1 is the most common, predictable and treatable cause of cognitive deficits in individuals with less than 50 years of age. . Despite advances in the understanding of clinical characteristics, pathogenesis and neurobiological aspects and widespread use of highly active antiretroviral therapy (HAART), neurological complications and cognitive deficits still persist with serious personal and socioeconomic consequences, thus representing a great therapeutic challenge. In the pre-HAART era dementia was a common complication of infection whose incidence declined during the HAART era. However, prevalence of dementia has increased, especially that of milder forms due to the increased number of infected individuals and increased life expectancy. Cognitive alterations associated with HIV are typically sub cortical and can be associated with behavioral and motor disorders. These syndromes are clinically diagnosed by neuropsychological tests, while neuroimaging and analysis of cerebrospinal fluid contribute to diagnosis. This review is an update on current epidemiological status, clinical characteristics and diagnosis of cognitive complications observed during the course of HIV infection.
  • Doença renal crônica: frequente e grave, mas também prevenível e tratável Artigos de Revisão

    Bastos, Marcus Gomes; Bregman, Rachel; Kirsztajn, Gianna Mastroianni

    Abstract in Portuguese:

    A doença renal crônica é considerada problema de saúde pública em todo o mundo. No Brasil, a incidência e a prevalência de falência de função renal estão aumentando; o prognóstico ainda é ruim e os custos do tratamento da doença são altíssimos. Independentemente da etiologia da doença de base, os principais desfechos em pacientes com DRC são as suas complicações (anemia, acidose metabólica, desnutrição e alteração do metabolismo de cálcio e fósforo), decorrentes da perda funcional renal, óbito (principalmente, por causas cardiovasculares) e perda de função renal. Estudos recentes indicam que estes desfechos indesejados podem ser prevenidos ou retardados se a DRC for diagnosticada precocemente e as medidas nefro e cardioprotetoras implementadas o mais rápido possível. O atual estagiamento da doença e uma descrição dessas medidas preventivas são apresentados na presente revisão.

    Abstract in English:

    Chronic kidney disease (CKD) is a public health problem worldwide. In Brazil incidence and prevalence of end stage renal failure are increasing; prognosis is still poor and costs of disease treatment are very high. Regardless of the etiology, main outcomes in patients with CKD are its complications (anemia, metabolic acidosis, malnutrition and alteration in mineral metabolism), death (mainly due to cardiovascular causes) and loss of renal function. Recent studies indicate that these outcomes may be postponed with specific treatment if the CKD is diagnosed early and renoprotective and cardioprotective measures are implemented early in the course of the disease. The current definition and staging of CKD, as well as the discussion of the main preventive measures are addressed in this review.
  • Septate uterus with cervical duplication and longitudinal vaginal septum

    Ribeiro, Sergio Conti; Yamakami, Lucas Yugo Shiguehara; Tormena, Renata Assef; Pinheiro, Walter da Silva; Almeida, Jose Alcione Macedo de; Baracat, Edmund Chada

    Abstract in Portuguese:

    No presente artigo, relata-se o caso de uma mulher de 19 anos com queixa de dismenorreia intensa desde a menarca. Diagnosticou-se a presença de septo longitudinal vaginal, duplicidade cervical e duas cavidades endometriais, separadas por um septo completo. O diagnóstico e o manejo desta rara malformação Mülleriana são discutidos junto a uma revisão bibliográfica.

    Abstract in English:

    We present the case of a 19-year-old nulligravida woman with severe dysmenorrhea since menarche; she was found to have a longitudinal vaginal septum, cervical duplication and two endometrial cavities, separated by a complete septum. Diagnosis and management of this unusual Müllerian anomaly are discussed in the context of a literature review.
Associação Médica Brasileira R. São Carlos do Pinhal, 324, 01333-903 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3178-6800, Fax: +55 11 3178-6816 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: ramb@amb.org.br