RELAÇÃO EDAFO-CLIMÁTICA E SUA INFLUÊNCIA NA COMPOSIÇÃO FLORÍSTICA DO ESTRATO INFERIOR EM UMA FLORESTA OMBRÓFILA DENSA ALUVIAL, PARÁ, BRASIL

Elayne Oliveira Braga Mário Augusto Gonçalves Jardim Sobre os autores

RESUMO

Este trabalho avaliou a relação edafo-climática e sua influência sob a composição florística do estrato inferior em uma floresta ombrófila densa aluvial localizada na Área de Proteção Ambiental, Ilha do Combu, Belém, Pará. De fevereiro a abril (período mais chuvoso) e de maio a julho (período menos chuvoso) foram amostrados e identificados todos os indivíduos com altura ≤ 1 m em quatro parcelas de 20 x 20 m divididas em subparcelas de 1m2. Foi coletada uma amostra composta de solo por parcela na profundidade de 20 cm nos meses de abril e julho. Para relacionar a florística com as condições edafo-climáticas foi realizada uma análise de correspondência canônica (CCA). A composição florística dos períodos foi similar. A composição físico-química do solo apresentou variação entre os períodos. A CCA indicou correlação significativa entre a distribuição das espécies e os fatores edáficos, no entanto, a maioria das espécies não foi influenciada pelas variáveis do solo, em especial as mais abundantes. Algumas espécies apresentaram relação com o Na e areia fina, indicando a existência de sítios preferenciais para algumas espécies.

Palavras-chave:
Período chuvoso e menos chuvoso; Composição físico-química; Espécies generalistas

Sociedade de Investigações Florestais Universidade Federal de Viçosa, CEP: 36570-900 - Viçosa - Minas Gerais - Brazil, Tel: (55 31) 3612-3959 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rarvore@sif.org.br