DIVERSIDADE E ESTRUTURAÇÃO GENÉTICA DE MACAÚBA: IMPLICAÇÕES PARA AMOSTRAGEM DA VARIABILIDADE GENÉTICA

Luiz Cláudio Costa Silva Roxane do Carmo Lemos Calil Gibran Iraiore Carvalho Pedro Ivo Vieira Good-God Luiz Orlando de Oliveira Maximiller Dal-Bianco Lamas Costa Newton Deniz Piovesan Maurilio Alves Moreira Sobre os autores

RESUMO

A macaúba, Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart.), é uma das espécies nativas brasileiras com maior potencial para a produção de biocombustíveis. O objetivo deste trabalho foi analisar a diversidade e estruturação genética de macaúba para auxiliar na definição de estratégias de amostragem para bancos de germoplasma. Quarenta e seis marcadores microssatélites, dos quais sete marcadores polimórficos foram utilizados para avaliar 103 indivíduos de macaúba coletados em diferentes regiões do Brasil. Os marcadores polimórficos foram utilizados para gerar uma matriz de dissimilaridade pelo índice ponderado. A visualização da variabilidade genética foi realizada através de uma projeção 3D da matriz de dissimilaridade. Sessenta e sete destes indivíduos tiveram sua região ITS sequenciada e alinhada, e as mutações encontradas foram utilizadas para gerar uma rede de haplótipos. A distância genética média identificada entre os indivíduos foi de 76,2%, variando de 3,7 a 100%. Não foi encontrada estruturação da variabilidade genética. O sequenciamento da região ITS dos 67 indivíduos revelou quatro sítios polimórficos, definindo quatro haplótipos. Os resultados obtidos neste estudo sugerem que as populações de macaúba estiveram fortemente conectadas historicamente, indicando recente expansão populacional da espécie. Os resultados indicam que a amostragem da variabilidade genética de macaúba deve estar focada em coletas mais robustas em poucos locais, mas áreas como Caatinga e Chaco Úmido podem apresentar novas fontes de variabilidade genética, e devem ser melhor estudadas.

Palavras-Chave:
Microssatélites; Região ITS; Biodiesel

Sociedade de Investigações Florestais Universidade Federal de Viçosa, CEP: 36570-900 - Viçosa - Minas Gerais - Brazil, Tel: (55 31) 3612-3959 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: rarvore@sif.org.br