Capacidade de aprendizagem organizacional, inovação e desempenho: estudo em pequenas e médias empresas (PMEs)

Giancarlo Gomes Rafaele Matte Wojahn Sobre os autores

Resumo

Embora as relações entre a capacidade aprendizagem organizacional, inovação e desempenho organizacional têm sido frequentemente estudadas, há pouca evidência empírica para apoiar essa perspectiva em pequenas e médias empresas. Neste estudo, objetiva-se analisar a influência da capacidade de aprendizagem organizacional no desempenho inovador e no desempenho organizacional de pequenas e médias empresas (PMEs). A pesquisa foi conduzida sob a abordagem quantitativa, descritiva e causal, survey e de corte transversal. A amostra foi composta por 92 empresas da indústria têxtil. Os dados foram analisados por meio da técnica de Modelagem de Equações Estruturais (MEE). Os resultados encontrados mostram que capacidade de aprendizagem organizacional influencia o desempenho inovador das PMEs, contudo, a influência da capacidade de aprendizagem no desempenho organizacional não foi significativa. A pesquisa fornece evidência para essas relações e mostra que são significativas e positivas no contexto de pequenas e médias empresas têxteis, contexto em que a literatura empírica é especialmente escassa. Para pesquisas futuras sugere-se avaliar fatores de contingência para a inovação e o desempenho organizacional. Outros estudos poderiam analisar as diferenças de inovação entre a indústria transformação e o setor de serviços.

Palavras-chave:
Capacidade de aprendizagem organizacional; Inovação; Desempenho organizacional

Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo Avenida Professor Luciano Gualberto, 908, sala F184, 05508-900 São Paulo / SP Brasil, Tel./Fax 55 11 3818-4002 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: rausp@usp.br
Accessibility / Report Error